Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Aeroporto

30 de dezembro de 2009 4

O aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, deverá registrar um aumento de 10,16% no número de passageiros este ano, em relação a 2009. Informação da superintendente Maria Edwirges Madeira, durante reunião com autoridades e empresários.

De janeiro a novembro, desembarcaram 884.764 passageiros nacionais e 47.798 internacionais, o que totaliza 932.562 nos onze meses.

No ano passado, foram 957.424 desembarques nacionais e 80.638 internacionais, totalizando 1.038.062. A superintendente anunciou várias obras de melhoria das atuais instalações.

Sobre o novo terminal, inadiável e indispensável para o desenvolvimento da Capital, o governo federal nada anuncia. E a representação política do Estado?

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (4)

  • Carlos Alberto Riederer diz: 30 de dezembro de 2009

    É sabido que a condição para a construção do novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz é a construção do acesso, conforme protocolo existente.
    A representação política do Estado aprovou a emenda de bancada de nº 7126 0016 que incluiu recursos no orçamento da União para o biênio 2008/2009, para a “Interligação Aeroporto Internacional Hercílio Luz – Via Expressa Sul” nos valores: R$ 21.342.347,00 para 2008 e R$ 19.900.000,00 para 2009 !
    Acontece que a verba nem foi requerida !

  • herculano diz: 30 de dezembro de 2009

    Todos os passageiros embarcaram e desembarcaram sob sol e chuva. Nada a comemorar. Nenhum finger. Melhoria, todos os anos, nesta mesma época, ao anunciarem “balanços positivos”, se renovam as promessas. O acesso ao aeroporto é dramático. O drama começa na Via Expressa para quem mora ou se desloca para a Grande Florianópolis, o Sul (principalmente), Serra e até parte do Norte e do Vale do Itajaí, com o sucateamento do Aeroporto de Navegantes. Algo precisa mudar, e logo.

  • Sergio Luiz da Silva diz: 30 de dezembro de 2009

    A representação política está em férias faz muito tempo: alguns em Miami, outros em resorts, e assim por diante…

  • Azulino Voador diz: 30 de dezembro de 2009

    Os da representação política utilizam os aeródromos de Navegantes, Curitiba e Porto Alegre, para não serem vaiados no Hercílio Luz. Ou então usam acomodações exclusivas no hangar das autoridades em Florianópolis, e voam de helicópteros e jatinhos particulares. Quem paga as despesas? Seriam aqueles que se guerreiam no empurra-empurra do Hercílio Luz?