Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Turismo Improvisado

31 de dezembro de 2009 2

O trânsito travou. Nas estradas do norte e do sul da Ilha de Santa Catarina. A água faltou e continua escassa em Ponta das Canas, Santinho, Ingleses, Cachoeira do Bom Jesus e arredores. A energia oscila como eletrocardiograma em vários balneários do norte e do sul. Se queimar aparelhos, a Celesc não indeniza ninguém. Segue o trem. Faltou luz nos Ingleses. Um dos shoppings da cidade ficou às escuras. Assaltos a residências se multiplicam na cidade.

A iniciativa privada cumpriu seu papel. Hotéis, bares, restaurantes, muitos de qualidade, estão prestando serviços. Não faltam produtos nos supermercados, que nunca venderam tanto. Mas o poder público continua sem planejamento,na base da improvisação. Convida os turistas para virem a Floripa, mas não planejam nada. Nem o abastecimento d’água.

A Ilha de Santa Catarina, a mais linda porção de terra rodeada de água por todos os lados, tem um trapiche público municipal fechado há mais de dois anos. Nas praias públicas e na Beira-Mar não há sequer uma rampa para descer veleiros ou pequenas embarcações. Nas praias mais movimentadas, exceção à Joaquina, não há sequer um chuveiro para tirar o sal do corpo depois de um bom banho de mar.

E viva a Capital Turística do Mercosul.

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Ézio diz: 2 de janeiro de 2010

    Não há cidade para veraneio no mundo que consiga evitar transtornos com a superpolulação sazonal.

  • Herbert diz: 1 de janeiro de 2010

    Oba!! Finalmente alguém com coragem e compromisso com a verdade sobre os problemas do turismo em nossa maravilhosa cidade.