Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vergonha!

30 de setembro de 2010 1

    A desastrada,casuística e lamentável decisão do Supremo Tribunal Federal de dispensar o título de eleitor, sepultando sua importância para a cidadania, revela a distância entre o sentimento popular de fortalecimento da Democracia e o isolamento do Judiciário. 

     Pela deliberação inoportuna valem como documentos para votar neste domingo:

Carteira de identidade (RG)

Identidade funcional (identificação profissional, de entidade de classe)

Certificado de reservista

Carteira de trabalho

Carteira de habilitação com foto

Passaporte

Comentários

comments

Comentários (1)

  • ELPIDIO NEVES diz: 30 de setembro de 2010

    ESTÁ CORRETÍSSIMO O STF. QUANDO O ELEITOR OU ELEITORA PROVAR QUE É ELE/ELA MESMO. O MESÁRIO BUSCA NA URNA PELO NOME E LIBERA A VOTAÇÃO. NÃO HÁ NADA DE IRREGULAR. O MESMO VALE PARA CONCURSOS PÚBLICOS.