Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Colombo: assessores

16 de novembro de 2010 1

            Colombo viajou para Brasilia acompanhado de três assessores. Eles devem ter presença  no futuro governo.  Lauro Pruner, fiel escudeiro de Vilson Kleinubing na Secretaria da Agricultura, depois no governo do Estado e como senador, terá cadeira cativa como principal assessor especial.  José Carlos Oneda foi secretário de Finanças de Colombo na Prefeitura de Lages.  É um dos colaboradores no Senado. E Celso Calcagnotto, ex-secretário de Obras e de Administração.  Outro que está nalista é consultor jurídico André Agostini, presente na restrita equipe de transição, na SC-Parcerias.   Na Casa Militar devem atuar dois oficiais que colaboraram com o governo Luiz Henrique:  o major Luiz Carlos Vitório e o capitão José Eduardo.   O jornalista Francisco Alves, que fez a cobertura da campanha, já trabalha na assessoria do novo governador.

           O vice Eduardo Moreira chega hoje de Nova Iorque e vai se reunir com a bancada estadual do PMDB.  Colombo retorna quarta e começa a ouvir líderes do PSDB e PMDB.  Deve anunciar novos nomes do secretariado.

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Pedro diz: 16 de novembro de 2010

    Teríamos – nós leitores e eleitores – como saber quem está pagando todas essas contas? E no caso do Oneda, quem irá nos explicar a duplicidade do cidadão: executado pelo BESC e do conselho fiscal do BADESC, ao mesmo tempo?