Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Kennedy deixa PP de SC

29 de abril de 2011 1

     Deputado estadual Kennedy Nunes comunicou oficialmente sua desfiliação do Partido Progressista.  Está divulgando carta em que responsabiliza o PP de Joinville pela situação e pela saída. Ficou atrelado demais ao governo Carlito Mers, do PT. Confira:  

    “É com tristeza que anuncio minha saída do Partido Progressista. Um partido ao qual estou filiado desde 1997 e pelo qual participei de cinco eleições, uma a vereador, duas a prefeito e duas a deputado estadual, tendo vencido em três delas. Saio triste porque sempre acreditei em sua ideologia e em seus ideais e foi com base neles que reverberei meus propósitos e desejos ao eleitor de Joinville e de Santa Catarina. Eleitor que entendeu meu recado, me fazendo o mais votado do partido em Santa Catarina nas últimas eleições.

Saio porque fiz uma composição com o Partido Trabalhista, do hoje prefeito, Carlito Merss, sob a promessa de que futuramente faríamos a diferença. Não foi isso que aconteceu. Nosso partido tinha convicções e propostas nas quais eu ainda acredito, que foram aceitas por Carlito e jogadas fora em seguida. Qual a atitude do PP em relação a isso? Rasgou suas convicções para não romper com o prefeito. Eu rompi. No entanto, agora não posso mais romper com ele, rompo, pois com o Partido Progressista de Joinville.

Tenho muito bom relacionamento com o partido estadual. Minha decisão tem a ver com os desmandos do diretório municipal, tem a ver com a infidelidade não só para comigo, mas para com os eleitores de Joinville que acreditaram em nossas propostas. Cito pelo menos duas de grande relevância, o subsídio das passagens no transporte coletivo de Joinville e o preço da água. Duas já sabidas facadas no peito do cidadão joinvilense.

Depois desse episódio, eu fiz um único pedido ao Diretório Estadual e não fui atendido. Eu pedi ao diretório estadual que intervisse em Joinville para que o partido saísse do Governo Carlito. Hoje ainda, o PP é aliado e ocupa cargos na prefeitura de Joinville. Mais do que isso, a Executiva do partido em Joinville tem como presidente a chefe de gabinete do vice-prefeito, tem como vice-presidente local o secretário da infraestrutura da Prefeitura, e tem como tesoureiro geral o Secretário do Desenvolvimento Econômico de Joinville. Resumindo,  as reuniões da Executiva do Partido mais parecem reuniões do colegiado de Carlito.

Por último, mas certamente não menos importante, vejo o Prefeito de Joinville lançar 60 itens que não bastasse ser uma ação tardia, é absurdamente panfletário. Um joguete para iludir a população. Não posso aceitar um tipo de ação como essa que fala em enxugar a máquina e não tem sequer um texto de lei pronto. Uma ação que quer antecipar a cobrança do IPTU e usar o fluxo financeiro de 2012 em 2011. Se eu tinha alguma esperança nesse governo após a divulgação desses 60 itens foi o tiro de misericórida.

Sei que a pergunta que ouvirei nas próxima semanas será “Qual seu destino?”. Respondo antecipada e sinceramente que não sei. Minha decisão foi tomada ouvindo as vozes da rua e do meu coração. Hoje, tenho certeza de que o momento chegou. Que meu futuro está na filiação a um novo partido não há dúvidas, mas posso dizer sem medo de errar, esse novo partido não será um partido que apoie o PT em Joinville.

Por fim, sou um político com um importante partrimônio político, a palavra, e por defesa desta que tomo esta atitude.”

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Antonio Luis Pereira diz: 1 de maio de 2011

    É no mínimo estranho o Deputado Kennedy, alegar que sua saída do PP é por não estar seguro e confortável com executiva do partido.
    Foi ele próprio quem articulou os nomes para esta nova executiva, a maioria de quem esta nesta atual executiva eram seus aliados, a maioria dos nomes foram indicados e reivindicado por ele, Nelson Trigo, Zilnete Nunes “sua Irmã”, ele mesmo fazia parte como secretario geral, a própria presidente Carmelina já estava endeusado, o deputado e fazendo vários movimentos para o projeto de 2012 ele estava com uma interatividade muito forte com todos, este camarada reclama do PP do município, mas sempre usou e abusou, inclusive por diversas vezes insultava os filiados do partido pessoas quem o ajudou em muitas vezes, com a seguinte frase; não preciso de vocês e do partido, as pessoas votam em mim, não no PP não por causa de vocês, e mesmo com esta soberba sempre tinha a palavra final, era por isso que algumas pessoas se sentiam triste com sua postura.
    Sempre convidávamos ele para os eventos do partido mas como sempre nunca aparecia, muito menos mandava alguém para representa-lo.
    Inclusive a atitude que ele teve de sair do governo (Carlito) foi uni lateral, não chamou ninguém da, executiva e do diretório, para informar o que estava ocorrendo e do porque queria que o partido desembarcasse, tenho certeza absoluta se estivesse feito isso todos teriam lhe apoiado.
    O camarada informava suas decisões aos seus companheiros de partido pela imprensa, entendo que esta não é postura de um político, e sim postura de um ditador (É isso que ele será se tiver mais poder) “ Nicolau da vida”

    Desejo sucesso ao deputado, porem espero que agora ele aprenda ser mais humilde e menos soberbo, entendo que poderá enganar alguns por algum tempo mas não enganara a todos por todo tempo.

    Confesso que particularmente fiquei contente com seu anuncio, afinal não terei que engoli suas falácias e suas hipocrisias.

    Aos que estão recebendo este presente deixo uma mensagem “Nem tudo que reluz é ouro”

    Aos amigos que eventualmente possa estar triste por sua saída (certamente não o conheciam) lembro que; “Nem tudo que se perde tem valor”.

    Antonio Luis Pereira;
    Menbro do Diretório Municipal
    Suplente de Deputado Federal.