Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Merísio e a greve dos professores

31 de maio de 2011 3

Presidente Gelson Merísio colocou-se francamente favorável à exclusão dos recursos do Fundeb no cômputo da arrecadação global do Estado para efeito de repartição entre os poderes. Defende que a receita integral seja destinada à educação, sem computar na base de cálculo as transferências do Fundo de Educação. O parlamentar esteve reunido com o governador Raimundo Colombo e disse ter constatado otimismo na solução da greve dos professores, o que poderá ocorrer depois da audiência com o ministro Fernando Haddad.

Comentários

comments

Comentários (3)

  • Douglas diz: 31 de maio de 2011

    Os Deputados aparentam demonstrar muito maturidade e comprometimento com o assunto. Isto precisa ser levado em consideração por todos.

  • EDUARDO diz: 31 de maio de 2011

    independente de qualquer coisa, NUNCA ESSE DINHEIRO DEVERIA SER GASTO EM OUTRO LUGAR QUE NÃO FOSSE NA EDUCAÇÃO, É MUITA SUJEIRA JUNTA

  • Adriano Silva diz: 31 de maio de 2011

    Demorou, é um absurdo, escolas sucateadas,professores com remuneração baixa e o dinheiro da educação desviado para outros fins.