Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Greve continua

07 de junho de 2011 46

A assembléia dos professores terminou no Clube 12 de Agosto, totalmente lotado, com a decisao de prosseguimento da greve. Nova assembleia da Grande Florianopolis vai ser realizada amanhã.

Comments

comments

Comentários (46)

  • Sérgio Fernando diz: 7 de junho de 2011

    Temos que fundar outro sindicato! O atual representa as elites!

  • Maria diz: 7 de junho de 2011

    Espero que nossos representares do Sinte, realmente nos se deixem enrolar por este governo amanhã.
    Queremos o Piso pago integral, prêmios educar e jubilar, incorporados em forma gradativa e não SUMIDOS. a regência de classe mantidas em 40% e 25%, direitos adquiridos não se discutem!!!
    Obrigadão Moacir, pela sua dedicação e atenção a classe sofrida e manipulada do magisterio de SC.

  • lucimar madel diz: 7 de junho de 2011

    Boa Tarde Moacir:
    Acredito que todo o Estado clama pela continuidade da greve, pois não mudou nda ou muito pouco essa proposta do governo.
    Ela vai continuar.

  • ana diz: 7 de junho de 2011

    O que escutei de um Engenheiro: Eu sou engenheiro e sou obrigado a falar com voces professores. Se voltarem para as aulas com um aumento de um pouco mais de R$ 100,00, voces merecem este salario quase de fome. E quero lhes dizer que uma secretária do lar recebe 2 salarios minimos aqui na capital e vale transporte. Agora eu pergunto para voces, se é isso que voces merecem? outra coisa qual é a serventia de um diploma? e o reconhecimento de um profissional com terceiro grau? se voces não se valorizarem, os outros é que não vão!!! Estava quase encerrando e me lembrei de uma coisa que sou obrigado a falar com voces o SINTE é sindicato dos professores ou é Sindicato do Governo Estadual de Santa Catarina, que sindicato é este que sugere uma pausa na greve? Se voces pararem é claro que não voltam ou no minimo voltam com a categoria dividida. Eu nunca acreditei em sindicato e ai esta mais uma vez a confirmação.
    “é isso ai pessoal não podemos voltar para a sala sem a regencia completa e o piso salarial”.

  • Édio Mazera diz: 7 de junho de 2011

    Parece-me que os professores tem mais bom senso que o comando da greve. Vamos continuar em greve. Não queremos migalhas. PIJO é lei e não pode ser negociado. Se o governo não tivesse caixa para pagar o Governo Federal teria dado ajuda. É incrível como se pode ter tão mau entendimento, abra a caixa preta da educação e respinga muito dinheiro.

  • Édio Mazera diz: 7 de junho de 2011

    Devemor acreditar no SINTE. E se não representarem a vontade da maioria, então destituimos o comando da greve e elegeremos outro, mas A GREVE DEVE CONTINUAR.

  • gilson diz: 7 de junho de 2011

    Tenho informações de que mesmo com acórdão favorável ao 1/3 de carga horária para hora atividade o governo não vai cumprir. Vai querer esperar nova votação no STF. Que a greve continue!

  • Adilson diz: 7 de junho de 2011

    Aqui em Chapecó a assembleia decidiu pela continuidade da greve

    Aceitar uma proposta que está reduzindo o salario da maioria seria ridiculo

    O governo que apresente uma tabela justa e não essas mentiras

  • FABIANA DOS SANTOS VIANA diz: 7 de junho de 2011

    Com certeza a greve continua. Estamos a mais de 20 dias parados por uma causa, para que se faça cumprir a lei do piso, e não para ganhar migalhas de 100,00. É UM ABSURDO PENSAR QUE RETORNAREMOS AS AULAS DE CABEÇA BAIXA NA SEGUNDA-FEIRA…..

  • Elaine Cristina de Souza diz: 7 de junho de 2011

    O governo ainda não entendeu que não somos idiotas?
    Não estudamos pra burro, não!
    A greve terá fim quando a manipulação de números que não saem do lugar avançar, ou então estaremos pagando para trabalhar!

  • valmire de aguiar diz: 7 de junho de 2011

    iSSO MESMO ELAINE, SÓ VOLTAMOS QDO TIVERMOS DE VOLTA NOSSA REGENCIA COMPLETA, E PREVISÃO DE IMPLANTAÇÃO DO PISO NA CARREIRA.

  • Priscila diz: 7 de junho de 2011

    Amanhã tem audiência com o Governador, e é preciso que nossos representantes mostrem para o SR. Colombo que não somos analfabetos. Ele está lidando com professores. Sabemos ler a Lei, e sabemos fazer contas.
    A vergonhosa proposta da medida provisória, onde meu vencimento era de 1187,00 – igual ao do ensino médio – me dava uma remuneração total de 1815,00 porque não excluía o prêmio educar e mantinha a regência de 25%. E foi rejeitada! Altamente rejeitada!
    A nova proposta que eleva meu vencimento para 1380,00 me dá uma remuneração total de 1746,00.
    Não faz o menor sentido.
    Sabem quem terá aumento real com a NOSSA greve? Os puxa-sacos da Secretaria de Educação, que não mexem um dedo sequer a nosso favor. Isso porque o vencimento deles aumenta junto com o nosso, mas eles não perdem nada, nós perdemos o prêmio educar.
    Quer dizer que eu tenho 387,00 de aumento, mas perco um prêmio de 200,00. Eles recebem 387,00 reais de aumento e não perdem NADA! E a gratificação deles no próximo mês vai chegar a 1500,00 (e que é de apenas 60% das gratificações dos outros órgãos!)
    A Greve precisa mesmo continuar porque não somos palhaços.
    Estamos cansados sim, queremos voltar para as salas sim, mas não vamos deixar que nos enrolem.
    Que fique claro para a população que se a greve continua, a culpa é do Governo que não quer cumprir a lei e só faz propostas miseráveis quanto ao salário – e sobre o restante, nem proposta faz.
    A greve precisa continuar porque não somos marionetes que eles podem manipular como desejam. Temos vida própria, temos opinião e somos seres pensantes. E formamos seres pensantes. E talvez seja exatamente isso que o governo não queira. Ter eleitores que pensam, que julgam, que criticam. Então para que melhorar a educação?
    Façam propostas decentes. Ninguém aqui é imediatista, não exigimos a tabela ou a hora atividade para amanhã. Mas queremos propostas, datas, porcentagens. Queremos o compromisso do governo. Infelizmente, só a palavra não basta. Porque deixamos, há muito tempo, de confiar em palavras. Queremos por escrito.
    A greve tem que continuar porque não estamos de brincadeira, e é melhor o nosso governo começar a nos levar a sério!

  • Itamar Favetti diz: 7 de junho de 2011

    Preciso tirar o chapéu pro cara da secretaria de administração que montou esse esquema da nova tabela…agora os cras do sinte querer cair nessa…
    Sai fora …

    É agora que o bicho vai pegar…hi..acho que sei oque vai acontecer…vai sobrar para os alunos e comunidade escolar….

  • Priscila diz: 7 de junho de 2011

    Boa noite Moacir.
    Estou doente e não pude ir na assembléia, por isso acompanhei as informações neste espetáculo de blog que vc faz.
    Poderia me dizer se a assembléia de amanhã em Floripa será novamente no Clube 12?

  • IARA REGINA CORRÊA diz: 7 de junho de 2011

    Subestimamos nosso governador, está tendo estratégia: dividir a categoria, fazer o movimento perder força. Talvez esteja errada mas, o maior número de professores em greve são os ACTs, quem sai ganhando os que não tem nivel superior e quem está cursando.
    Quem sabe a Dilma não faça um programa para o salario dos professores”nossa escola, nossa vida, nosso salario”… não que o povo de Blumenau não mereça, mas a educação, há anos vem sendo atingida por enchentes, terremotos, grandes raios, e ninguém faz nada…
    Até mesmo um direito nosso, não querem nos dá!!!
    Os direitos das crianças fala em moradia e também educação.
    Professores precisam (tbm) de casas pois tem famílias, são seres humanos e fazem a Educação!!!
    Professores, meu lema ainda é o mesmo: A hora é agora!!
    Quem sabe iremos até a Dilma… Vamos afundar Florianopolis nesta 5º feira na Assembleia Estadual, que venham todos!!
    E façamos um único grito: O piso é lei!!! e que a impressa divulgue à todo o Brasil, que nem sempre nossa Santa Catarina é Bela!!
    GREVE!GREVE!

  • Júlio César da Silva diz: 7 de junho de 2011

    São José e Florianópolis foram unânimes… Com o Clube 12 lotado decidimos pela continuidade do movimento. Ganhos reais é nossa busca até lá força as pressões que virão.
    Gostaria de saber o posicionamento das demais regionais. Favor informar nos comentários.

  • Adauto Jorceli de Melo diz: 7 de junho de 2011

    Caro Moacir Pareira sou professor de história da rede a 15 anos, graduado, pós graduado em minha área de atuação.
    Enquanto aguardava a exposição de motivos do governo para os representantes do sinte, no chamado dia D para o magistério de SC, ansioso sem saber ao certo qual manobra sinistra o governo iria nos propor, um filme bem recente me passava pela mente. A tragédia de Realengo (RJ), onde crianças foram mortas a tiro a queima roupa dentro de uma escola. Logo me veio à tristeza. Pensei comigo, naquela escola havia professores trabalhando, todo um grupo de trabalhadores da educação estavam ali naquele momento terrível. Foram eles os primeiros a impedir uma tragédia ainda maior. Nenhum deles teve destaque na TV, nenhum recebeu condecoração. De repente os homenageados foram os três militares consagrados pela mídia e pelo governo do estado como heróis. E os professores que ali estavam o que receberam? Nada. Como sempre NADA, foram ignorados, só se fala do bandido, das crianças e dos possíveis traumas que elas poderiam sofrer. E dos professores que ali trabalhavam o que falavam? NADA. Será que é isso mesmo que significamos, Nada?
    É assim que como professor me senti quando analise a tabela que a equipe técnica do governo elaborou para nos fazer voltar para a sala de aula. Lá em Realengo (RJ) o descontrolado atirador, atirou varias vezes e matou 10 inocentes. Aqui o governo Raimundo Colombo em cada mesa de negociação vem matando nossa ESPERANÇA, a esperança de muitos professores de terem um salário digno e nossa auto estima recuperada, pelo menos em parte, porque o que estão fazendo com nós professores é uma falta de respeito sem limites já visto na história desse país.
    Caro governador reflita sobre a seguinte frase e veja quando ela foi escrita: “Nada é tão difícil que, à força de tentativas, não tenha solução”. Terêncio (195-159 a.C) dramaturgo latino.
    Professor Adauto Melo.

  • Éverton diz: 7 de junho de 2011

    Priscila, a assembléia será no hall de entrada da assembléia legislativa, amanhã as 14h.

  • Patricia Reis diz: 7 de junho de 2011

    Acabei de vir de uma assembléia em Araranguá onde 100% dos professores são favoráveis a continuarmos em greve. Acredito que esse não é o momento para criticarmos o sindicato! É hora sim de muita calma e reflexão, hora de união, de munir-se de coragem para a luta que teremos pela frente. A verdadeira greve acaba de começar!

  • Luiz Antonio Farias diz: 7 de junho de 2011

    Professores companheiros, o SINTE somos todos nós….nós professores é que decidimos se aceitamos ou não a proposta do governo, se ontem o SINTE já não aceitasse sairia como vilão e que não negocia….O governo quer que percamos força. Principalmente quando vir a folha de pagamento quase zerada pelas faltas, mais do que nunca teremos que unir força e mostrar o quanto podemos ir longe.

  • Veraneide Pressi diz: 7 de junho de 2011

    As regionais de Maravilha e Palmitos votaram em unanimidade pela continuidade da GREVE.
    E que seja feita nossa justiça. Piso já! E vamos em frente!

  • Silvana diz: 7 de junho de 2011

    A regional de Xanxerê por unanimidade decidio pela continuidade da greve.

  • leda diz: 7 de junho de 2011

    Pessoal

    O Colombo e seu secretariado, provavelmente, matavam a aula de matemática…
    Todos na assembleia amanhã para mostrar nossa força e determinação pela continuidade da GREVE!!!

  • Wagner Ferrari diz: 7 de junho de 2011

    Boa noite a todos!
    Entramos nesta luta e não desisteremos assim tão fácil a assembléia de São Miguel do Oeste também quer que continuemos lutando.

  • Marilu Antunes diz: 7 de junho de 2011

    A Assembléia Regional de BLUMENAU, também decidiu pela CONTINUIDADE DA GREVE!

    A HORA É AGORA pessoal! Não vamos deixar o movimento enfraquecer! Hoje um professor em sua comunicação falou que está pronto para voltar em AGOSTO, se preciso for! E é assim que tem q ser! Todos nós temos contas a pagar, mas como muitos já falaram acima, NÃO SOMOS BURROS! Se o governo está esperando o enfraquecimento da greve, vai dar com os burros na água. Todos sabem muito bem o que está acontecendo!
    E outra, também sentimos o pessoal do sindicato fraquejar aqui, voltaram com o rabo entre as pernas.. o que foi q aconteceu em Florianópolis que os fez voltar assim? Não sabemos, mas agora é hora de nós, PROFESSORES, nos UNIRMOS, COM SINDICATO, OU SEM SINDICATO!!!
    NÃO VOLTAREMOS AS ESCOLAS COM ESSAS MIGALHAS SR. RAIMUNDO PINÓQUIO COLOMBO!

  • Marilu Antunes diz: 7 de junho de 2011

    A Assembléia Regional de BLUMENAU, também decidiu pela CONTINUIDADE DA GREVE!

    A HORA É AGORA pessoal! Não vamos deixar o movimento enfraquecer! Hoje um professor em sua comunicação falou que está pronto para voltar em AGOSTO, se preciso for! E é assim que tem q ser! Todos nós temos contas a pagar, mas como muitos já falaram acima, NÃO SOMOS BURROS! Se o governo está esperando o enfraquecimento da greve, vai dar com os burros na água. Todos sabem muito bem o que está acontecendo!
    E outra, também sentimos o pessoal do sindicato fraquejar aqui, voltaram com o rabo entre as pernas.. o que foi q aconteceu em Florianópolis que os fez voltar assim? Não sabemos, mas agora é hora de nós, PROFESSORES, nos UNIRMOS, COM SINDICATO, OU SEM SINDICATO!!!
    NÃO VOLTAREMOS AS ESCOLAS COM ESSAS MIGALHAS SR. GOVERNADOR!

  • José Rogerio diz: 7 de junho de 2011

    Realmente, se as aulas forem retomadas com esse ” AUMENTO” todos merecem um atestado de burrice, menos o governador e o secretário da educação, é claro!!!! Rídicula essa proposta, ridícula mesmo…

  • LEANDRA LUISA BERTUZZI diz: 7 de junho de 2011

    É isso aí professores, a greve acabou de começar.
    Se queremos valorização, precisamos começar por nós mesmos.
    Lutar até o cumprimento do pagamento do piso.
    Estamos decididos de ir até o fim.
    Não é por nada que esse é o maior movimento de greve da história do magistério catarinense.
    Então, façamos valer nossa força e com ela conquistaremos dignidade e valorização.
    Governo, não brinque mais com a educação, porque nós, educadores, estamos falando sério:
    A GREVE CONTINUA: PISO SALARIAL NO PLANO DE CARREIRA, JÁ!!!

  • Karla Goularte diz: 7 de junho de 2011

    Caro Moacir,
    Tenho Mestrado em Educação e trabalho em uma escola em Araranguá. Com a nova proposta do Governo terei o piso de 2.006,00 e uma remuneração final de 2.241,00. Tenho 29 anos e se a referida proposta “dar pé” certamente trabalharei em outra área enquanto ainda há tempo. Quando entrei em greve, o magistério estava buscando o PISO e agora estamos negociando nossa regência!!! Vi na web conferência o secretário Tebaldi falando em tirar o uniforme das crianças para “transformar” em vale alimentação para os professores!!! Isso é o fim! Fiz mestrado sem tirar licença, pois estava em estágio probatório; quase fiquei louca de tanto estudar pois sempre tive fé que algum dia seríamos valorizados… pois bem… aí estão nossos governantes pintando e bordando com nosso dinheiro, fazendo o que bem entendem.

  • Denise R. F. Scheid diz: 7 de junho de 2011

    Hoje na Assembleia o clima ficou tenso, uma vez que a maioria da categoria não vê os avanços noticiados pela diretoria do Sindicato e considera a proposta do governo insatisfatória.
    Obviamente não aceitamos a redução das gratificações, como a regência de classe. Outro ponto forte é que a greve não acaba sem a previsão do cumprimento da Lei do Piso integralmente, contemplando todos os níveis do plano de carreira. Ficou claro que esse é um assunto para agora, a ser discutido com 90% da categoria que está em greve, e não com o grupo de negociações.
    A greve deve radicalizar de ambos os lados… Devemos sofrer maior pressão do governo e também da sociedade. Mas esta greve não começou para terminar com barganhas e migalhas. Conhecemos os nossos direitos e não podemos permitir que continuem roubando a nossa dignidade! Continuaremos na luta!!!

  • Karla Goularte diz: 7 de junho de 2011

    Na assembeia em Araranguá decidimos continuar em greve! Regência não é negociável!!!! Não vamos perder nossas conquistas ao longo de tantos anos! A GREVE ESTÁ APENAS COMEÇANDO! Vamos até o fim para provar que somos uma classe unida!!!

  • Alessandra diz: 7 de junho de 2011

    Moacir,

    Em primeiro lugar gostaria de lhe pedir desculpas pelas falas impensadas de alguns hoje durante a assembléia regional em Florianópolis, ao citar você como sendo nosso “inimigo”. Com tudo que tenho lido em seu blog, não posso ter dúvida de que você é solidário à nossa luta.
    Colegas do Magistério, não podemos desistir de lutar, não podemos aceitar tais propostas, mas temos que nos manter lúcidos e firmes no propósito da categoria, não é o momento para discussões pautadas em divergências políticas, não vamos usar a força do movimento para outro fim que não seja o do cumprimento da lei do piso por parte do governo de SC!!!
    Moacir, espero que possamos contar sempre com seus esclarecimentos e com o espaço cedido à nós no seu blog.

  • Jordeval Fernandes diz: 7 de junho de 2011

    Boa noite Moacir. Gostaria de estar te agredecendo pelo ótimo trabalho jornalístico que estás realizando nesta nossa greve de reinvidicação de nossos direitos garantidos constitucionalmente. Aqui na regional de Laguna a greve continua. Uma questão que até agora não foi levantantada. Como fica a regência dos anativos? Este Governo que governa o governo ( Nome do programa deste governo que coloca as pessoas em primeiro lugar. Pessoa com cara, coração e endereço) será que vai alterar direitos adquiridos? Se isso acontecer, vamos ter dois planos de Cargos e salários em Santa Catarina. Um para os ativos e outro para os já aposentados? A greve continua com um diferencial, agora teremos 100%. Abraço.

  • Leila Bambino diz: 7 de junho de 2011

    Aqui em Blumenau, a assembleia decidiu pela GREVE!!!!

  • José diz: 7 de junho de 2011

    Em Curitibanos, infelizmente, vemos show de milagres em terça de descarrego ao invés de real entendimento da nossa causa. Muito provável que voltarão segunda. Mas sabe-se que só se conquista o que se merece, fora disso que se viva com migalhas.

  • mabel diz: 7 de junho de 2011

    Boa noite Moacir, boa noite companheiros.

    Estive na Assembléia de hoje e me assustei com algumas falas. Não podemos permitir que nossos direitos, adquiridos ao longo dos anos, sejam leiloados em negociações onde o principal objetivo deveria ser exigir a aplicação de uma lei federal.
    A greve continua. E, para quem acha que a categoria está perdendo a unidade, está muito enganado.
    Exigimos respeito e que a justiça seja feita.

  • Lucimara Martins Barzan diz: 7 de junho de 2011

    A ASSEBLEIA DA REGIONAL DE CRICIUMA, COM MAIS DE 90% DAS ESCOLAS FECHADAS..VAMOS CONTINUAR EM GREVE…
    É GREVE ATÉ O COLOMBO PAGAR TUDO QUE NOS DEVE…
    OS PROFESSORES NA ASSEMBLÉIA DECIDIRAM POR CONTINUAR NA LUTA….
    IREMOS A FLORIANÓPOLIS QUINTA FEIRA PARA FAZER UM ATO E UMA GRANDE MOBILIZAÇÃO…
    QUEM SABE NÃO ENCONTRAMOS A PRESIDENTA POR LÁ…
    GRANDE ABRAÇO A TODOS NÓS PROFESSORES VITORIOSOS, QUE ESTAMOS FIRMES NESSA LUTA…

  • guilherme diz: 7 de junho de 2011

    Caros Colegas!!!
    São Miguel do Oeste fez uma Assembleia exemplar! A GREVE continua, Os governantes ou seus representantes pensam que os professores podem ser manipulados. Espero que o sinte represente bem nossos professores, A luta continua e nossa bandeira será a equiparação salarial com os professores da UDESC, já que o vale alimentaçao é para entrar apenas depois da formaçao do grupo de trabalho.
    Vale alimentação da UDESC: 386,00reais
    Professor de ensino Médio e fundamental:132,00reais Nos comemos menos ou maios que eles????????

    DEIXEMOS de ser OTÄRIOS

  • Orlando Arno Zaro diz: 7 de junho de 2011

    Boa Noite Moacir
    Nós Professores agradecemos a este espaço para poder desabafar perante esta situação caótica que se encontra a Educação em nosso Estado. Nós Professores aqui da Regional de Xanxerê decidimos continuar com a greve até que o Governo apresente uma proposta decente, pois esta última é uma piada. Gostaria também de alertar aos colegas Professores que esta vai ser uma greve longa, mas temos que ficar firmes, neste momento não podemos fraquejar. Parece mesmo que o Governo pensa que somos uns idiotas que não sabemos fazer contas, como que vamos aceitar uma tabela salarial onde alguns professores vão receber menos que recebiam antes? isso no mínimo é uma palhaçada.

  • Marilu Antunes diz: 7 de junho de 2011

    Boa Noite, Moacir,

    A Regional de BLUMENAU, também decidiu pela CONTINUIDADE DA GREVE…
    Não vamos deixar o movimento enfraquecer! Todos nós temos contas a pagar, mas como muitos já falaram acima, NÃO SOMOS BURROS! Também sentimos o pessoal do sindicato fraquejar aqui.. o que foi q aconteceu em Florianópolis que os fez voltar assim? Não sabemos, mas agora é hora de nós, PROFESSORES, nos UNIRMOS, COM SINDICATO, OU SEM SINDICATO!!!
    NÃO VOLTAREMOS AS ESCOLAS COM ESSAS MIGALHAS!

  • Claudia Oliveira diz: 7 de junho de 2011

    A Assembléia acontecerá na quarta ou quinta-feira???

  • clercio diz: 7 de junho de 2011

    além de não aceitarmos a redução das regencias, onde foi parar o premio educar, também não podemos abrir mão, visto que desde 2008 estamos a mingua, 200 reais fazem muita diferença, não entendi o porque do sinte incorporar ele, porque no meu caso e de outoros tantos mil professores o que se percebe que ele simplesmente sumiu, olhando a tabela do governo, ele evaporou, nem sinte e nem governo podem dizer que foi colado junto ao vencimento, a propria tabela do governo desmente isso, a lei é clara o piso é 1187 limpo de qualquer coisa, se fosse para incorporar ao piso o vencimento ficaria 1387, o que não ocorre, então quer dizer que o sinte devolveu 200 para o governo?! o sinte fez essa absurda contra proposta sem consultar em assembleia, sendo que na grande primeira assembleia ficou decidido não alterar o educar e se o fosse seria 1187 +200 piso de 1387
    Professor com formação de Magistério que atua nos Anos Finais do EF e EM – 1 A

    Vencimento inicial
    Reg. de Classe 25%
    Premio Educar
    Remuneração Total

    Situação Atual

    609,46
    152,37
    200,00
    1.093,83

    Situação Nova
    06-06
    1.187,00
    201,80 (17%)
    00
    1.388,80 (26,9%)

    Situação com Piso do
    MEC
    1.187,97
    296,99
    200,00
    1.684,96

    prestem atenção que o educar na segunda opção simplesmente sumiu, tomou doriu, porque se ainda fosse colocado junto ao piso teria que ser 1387 e não 1187, ou seja é justo devolvermos 200 p o desgoverno, que já desviou o fundeb, quer reduzir regencia, enrola desde 2008 e sequer vai pagar um retroativo, vamos prestar atenção, ficar sem 200 do educar enm pensar.

  • edgard diz: 7 de junho de 2011

    REGIONAL DE LAGUNA COM 90% PRESENTES.

    POR UNANIMIDADE A GREVE CONTINUA….NÃO QUEREMOS MIGALHAS, QUEREMOS O PISO NA INTEGRA COMO DIZ A LEI….

    O RESTO E PAPO FURADO DE POLITICO DEMAGOGO…

    A GREVE NÃO VAI TER FIM, ENQUANTO NÃO PAGAR O QUE NOS DEVE……

  • Maria Claudete Rodrigues diz: 8 de junho de 2011

    Boa noite companheiro!
    Sai da Assembléia no clube 12 hoje emocionada com a força da nossa categoria, clube lotado e todos com o mesmo pensamento, a greve continua. Li um comentário: quando sair nosso contra cheque, vamos nos assustar com as faltas, é verdade. Faça uma lembraça de alguns anos atrás. Nós já ficamos 3 meses sem salário, não por conta de uma greve, mas por falta de responsabilidade do governo na época, conseguimos sobreviver, não vai ser agora que vamos deixar nossa luta enfraquecer, somos guerreiros e vamos até o fim. A GREVE CONTINUA.

  • Gabriela da Silva diz: 8 de junho de 2011

    NOS DESENVOLVIMENTOS DAS COMPETÊNCIAS COMO O SABER, O SABER FAZER E O SER, TEMOS A MISSÃO NÃO SOMENTE DE ENSINAR PELA TEORIA, MAS RELACIONÁ-LA A PRÁTICA. A GREVE E UMA FORMA DE MOSTRAR AO NOSSO ALUNO O QUE ELE APRENDEU NA TEORIA, QUE PRECISAMOS EXIGIR, LUTAR POR DIREITOS E ACIMA DE TUDO POR UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA. GOSTARIA DE AFIRMAR COMO FIZ NA ASSEMBLEIA REGIONAL EM TUBARÃO AFIRMEI QUE ESTOU DE GREVE E NÃO PARADO, POIS PARADO SÃO MEUS COLEGAS QUE CONTINUAM TRABALHANDO DE BRAÇOS CRUZADOS SEM SE PREOCUPA NO QUE O GOVERNO PRETENDE FAZER COM NOSSA CATEGORIA, E REALMENTE FALTA DE COERÊNCIA E DE ÉTICA PROFISSIONAL, E DIZEM QUE TEMOS QUE RESPEITÁ-LOS, E O RESPEITO CONOSCO QUE ESTAMOS MOBILIZADOS E LUTANDO POR TODOS E TODAS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO. GOSTARIA DE CONCLAMÁ-LOS PARA SE ENGAJAR NESTE PROCESSO. NÃO FICAR NO FRONTE ESPERANDO O RESULTADO. E SOBRE A TABELA, ACHO VERGOLHOSO TERMOS QUE DISCUTIR TABELAS, POIS ACHO QUE O GOVERNO REALMENTE CONSEGUIU O QUE QUERIA, CONFUNDIR A CABEÇA DE TODOS E COM CERTEZA DA SOCIEDADE SE PASSANDO POR VÍTIMA DA GRAVE E QUERENDO NEGOCIAR, NEGOCIAR O QUÊ? TABELA…QUEREMOS SIM A APLICABILIDADE DO PISO E COM CERTEZA O QUE O MEC PREVÊ, MESMO QUE ISSO SEJA REALIZADO EM PERCENTUAIS ATÉ NOVEMBRO, MAS COM CERTEZA O QUE NOS É DE DIREITO. ETÁ GOVERNO DE CONTINUIMOS, E SE ACHA DEMOCRÁTICO POR RECEBER O SINTE…ABRAÇOS E VIVO DO SALÁRIO DE PROFESSORA, MAS SE PRECISSAR TER QUE NEGOCIAR COM O COMÉRCIO MINHAS DIVIDAS COM CERTEZA ISSO FAREI, MAS NÃO VOLTO ENQUANTO NÃO RECEBER O QUE É DE DIREITO…ABRAÇOS