Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Médicos solidários com os professores

28 de junho de 2011 19

Reunidos em Balneário Camboriú no 14º Fórum das Entidades Médicas de Santa Catarina (FEMESC),os médicos trataram de vários temas relacionados com a saúde pública e hipotecaram solidariedade aos professores da rede estadual de ensino, hoje empenhados na busca de remuneração pelo piso nacional da categoria. “A busca por melhores condições de trabalho e remuneração é fator básico para o desenvolvimento de uma categoria que influi diretamente na construção da sociedade. Entendemos que os professores, assim como todos os profissionais que contribuem para o desenvolvimento das nossas cidades, estados e nação merecem trabalhar e sobreviver de forma digna e decente. Da mesma forma que, ajustados esses parâmetros, devem cumprir com seu papel de formadores de um futuro promissor”, comentou o médico Cyro Soncini, presidente do Sindicato dos Médicos de Santa Catarina (SIMESC).

A Moção:
Os médicos catarinenses, reunidos no XIV FEMESC manifestam apoio aos professores que atuam em Santa Catarina, hoje empenhados na busca de remuneração pelo piso nacional da categoria, por entenderem que a educação é uma área essencial ao desenvolvimento humano que deve ser contemplada com boas condições de trabalho e digna remuneração aos seus profissionais.

Comentários

comments

Comentários (19)

  • IARA REGINA CORRÊA diz: 28 de junho de 2011

    Nossa greve é mais que legal, sabemos que não ganharemos tudo o que é de nosso direito, mas sabemos que nossa categoria adormecida, acordou faminta pelos seus direitos…
    Hoje mais uma vez me senti orgulhosa desta brava profissão: professores, independente de sexo, idade, grau de instrução, enfrentaram frio, BR e tudo para virem até Florianópolis e bater no peito e gritatrem: Estou em greve, mesmo descontando meu “pobre”salário!!!
    ônibus têm sim que pararem, comercio tem que baixar as portas,saúde e policias tem que cruzarem os braços e todos gritarem num só tom: Fora Colombo, Florianópolis tem que deixar de respirar por minutos, horas… Nossos filhos, alunos estão em casa, as escolas vazias e onde está o srº governador, buscando títulos, honras…!!???? Coloquem um trapo no rei, sacudam e façam enxergar que seu reinado está acabado, desde que iniciamos nossa greve está assinando o papel de incopetente!!!!
    Está na hora do rei arrumar sua trouxa e sair a la francesa…Nosso estado terá memoria nas proximas eleições!!!

  • gilson diz: 28 de junho de 2011

    Moacir,

    Acho que só o governo ainda não se atentou para a importância desta questão
    O Governador está “viajando” enquanto a casa pega fogo. Ele deve pensar: “Vamos esperar. Daqui a pouco eles se cansam. Daqui a pouco eles voltam para a sala.” Mas Ele está enganado. Nunca houve tamanha determinação a esta classe. Ele está com a faca e o queijo para por fim à greve. Todos sabem que o Estado tem dinheiro. Todos concordam que os professores precisam ser melhor remunerados. Uma proposta com datas definidas não é um bicho de sete cabeças. As aulas excedentes e a regência de classe não vão comprometer o governo dele. A opinião pública pede uma proposta descente. A lei pede isso. Será que os interesses obscuros são mais fortes e mais importantes que uma solução para a educação? Será que a contraprestação aos apoios e os favores políticos são mais fortes que isso ?
    A conferir pelo resultado das “negociações” desta noite.

  • Priscila Kuster diz: 28 de junho de 2011

    Tenho 16 anos estou no 3º ano do ensino médio, e como muitos apoio os profosseres, para que assim tenhamos um ensino de qualidade, tenho um documento que gostaria que postasse mais preciso que me passe seu e-mail, pois não estou achando outro jeito.
    Neste documento mostra o que nós alunos estamos achando e o que queremos.

  • Marcos diz: 28 de junho de 2011

    CAROS LEITORES…
    GOSTARIA QUE VCS TODOS VISITASSE ESTE BLOG… TEM UM VIDEO OTIMO… DIVULGUE
    UM ABRAÇO… PROFESSORES DE LAGES FIRMES NA GREVE…
    http://lagesnareal.blogspot.com/

  • Erica diz: 28 de junho de 2011

    Simples e tão somente OBRIGADA Dr. Cyro.

    Graças a Deus a sociedade nos compreende e nos apoia.

  • Ana Lucia diz: 28 de junho de 2011

    EXTRA EXTRA

    TEM DINHEIRO SIM…………..

    OS CARGOS DE CONFIANÇA TIVERAM UM BOM AUMENTO EM SEU SALARIO !!!!!!!!!

    PROFESSORES TIVERAM DESCONTO NOS SALARIOS!!!!!!!!!!!

    COLOMBO= POLITICA DITADURA/CORONELISMO

  • Marcos diz: 28 de junho de 2011

    Prezado Moacir e leitores…
    já que o estado vinha distribuindo o dinheiro para os poderes ilegalmente, não custa esses poderes abrirem mão de alguns troco pra normalizar a situação dos professores… ou talvés seria interessante o sinte entrar com uma ação judicial pedindo o dinheiro que vem sendo desviado deste 2002 devolta para a educação… isso seria o correto… estou errado?
    prof marcos

  • Reginaldo Carriel de Lima diz: 28 de junho de 2011

    É notório que todas as classes profissionais existentes no mundo, necessitam do professor como mediador das habilidades que serão despertadas nos educandos. Infelizmente, nosso ilustre governante não percebera que mexer no nosso plano de carreira é condenado por todos. Trabalho na penitenciária e até lá surgiu uma idéia de caixinha de dos presos para ajudar os professores. GOVERNADOR tem idéia do que é isso além dos doutores até o que é considerado uma parte ruim da sociedade nos apóia.

  • Luís diz: 28 de junho de 2011

    Olá Moacir!

    Importante manifestação desta categoria. Agrega valor à nossa causa. Temos certeza que, para qualquer profissão, “quando os parâmetros são justos”, as possibilidades de cumprimento dos papéis sempre serão os objetivos principais.

    Abraço.

  • Reginaldo Carriel de Lima diz: 28 de junho de 2011

    Não menosprezo o apoio dos médicos e muito menos os reeducandos, pelo contrário como educador sinto-me lisogiado em poder participar do desenvolvimento de todos os seres humanos. Só exijo o que é de direito meu adquirido por muitos anos de luta. Eu gosto de lecionar e não desejo parar por mais que nosso governante queira!

  • Reginaldo Carriel de Lima diz: 28 de junho de 2011

    retifico lisongiado

  • Ivone diz: 28 de junho de 2011

    Muito obrigada pelo apoio.

  • ANA MARIA diz: 28 de junho de 2011

    A SOCIEDADE ENTENDE E RECONHECE O VALOR DO EDUCADOR, PENA QUE NAO SOUBE VOTAR E, NOVAMENTE, ELEGEU UM REPRESENTANTE QUE ENVERGONHA O POVO BARRIGA VERDE. LAMENTAVEL!!!!! E AINDA FALTA 3 E 1/2 ANOS.!!!!! O QUE NOS ESPERA????!!!!!

  • José Afonso Costa diz: 28 de junho de 2011

    Simplesmente, em nome de toda a classe de professores deste estado:
    MUITO OBRIGADO!

  • Ana Bárbara diz: 28 de junho de 2011

    Não poderia esperar outra manifestação desta categoria, pois como tal sabem a importância do estudo e muito o fizeram para chegar onde estão. Obrigada pelo apoio.

  • Vitor Marcelo Vieira diz: 28 de junho de 2011

    Obrigado senhores médicos, pelo reconhecimento. Em Maravilha e no oeste, estamos firmes na greve

    Vitor

  • ELVIS diz: 28 de junho de 2011

    Quem sabe o Colombo não coloca um médico, parece que são mais sensíveis a luta, como secretario de educação, porque estes engenheiro tão se mostrando uns “zé ruelas”.

    O ideal mesmo era um professor!

  • Jaime Estvão Bernardi diz: 28 de junho de 2011

    Obrigado!

    SÓ ESTE GOVERNO QUE NÃO ACREDITA. VALEU ESTAMOS COM VCS. PARABÉNS. A LUTA CONTINUA. ATÉ QUE O GOVERNO PAGUE O QUE NOS DEVE.
    ABRAÇOS!

  • Mauri Daniel Marutti diz: 29 de junho de 2011

    Bom dia!

    Importantíssimo o apoio destes profissionais que também possuem interesse na correta aplicação dos recursos na área da saúde. O que esperavamos era um maior apoio por parte do empresariado catarinense, coisa que até o momento, não ocorreu!