Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Agora é cobrar e fiscalizar

30 de setembro de 2011 3

             A boa notícia de ontem foi dada a uma expressiva representação estadual,  numa sala de reuniões do Ministério das Relações Institucionais, no Palácio do Planalto, presentes Ideli e Bezerra, deputados federias e estaduais e 40 prefeitos catarinense.

          O governo já havia liberado 13 milhões de reais, transferidos com elogiável rapidez para o governo e para os municípios castigados pelas cheias. E agora concede mais 100 milhões de reais, sendo 19,5 milhões  para os11 municípios e 69,5 milhões de reais para o governo.  Todos destinados à recuperação de rodovias e vias urbanas.   Estão previstos também outros 25,5 milhões para a contrapartida de financiamento da agência Jica para as obras de contenção de cheias no Vale do Itajaí, além de outros 5 milhões para assistência direta à população.

          Fernando Bezerra também revelou competência e agilidade nas ações do Ministério da Integração Nacional.  Não só na definição dos recursos. Também no encaminhamento de soluções práticas.  Recomendou aos prefeitos que se reunissem com os técnicos para receberem a orientação sobre os planos de trabalho. “Vamos garantir agilidade nos repasses”, disse.

          Ideli Salvatti reafirmou que o BNDES abriu uma linha de crédito de 300 milhões de reais para os empresários do Vale do Itajaí, com juros subsidiados, carência e prazos longos para pagamento.  O Ministério da Previdência também está disponibilizando outros 65 milhões do INSS para aposentados e pensionistas.     

            Os prefeitos também estão recebendo verbas extras do Ministério da Educação para reconstrução de escolas infantis e compra de equipamentos danificados pelas enchentes.

            A mobilização dos prefeitos, da área parlamentar e do poder político precisa continuar.  Para que os recursos venham mais rapidamente. E, sobretudo, para que sua destinação seja racional, priorize as principais necessidades e, sobretudo, seja honesta.

Comentários

comments

Comentários (3)

  • Gualberto Cesar dos Santos diz: 30 de setembro de 2011

    Graças a Deus que está tudo indo às mil maravilhas. Ninguém compreendeu que demorou um pouco em face dos preparativos que a Presidente Dilma teve que em face da sua ida em Representação a ONU. Não que isso tenha sido mais importante. Mas representou bastante, para as relações internacionais e para a balança comercial do Brasil, frente à crise mundial.
    E agora só elogios, isso é muito bom.
    Em que a imagem do Governo Dilma/Temer PT/PMDB/Aliados, fique plantado na mente das catarinenses e dos catarinenses. E que a mídia opinativa, de informação e de reportagem, cumpra o seu sagrado, e correto dever de bem formar a opinião pública, sem ser injusta, com insultos e tudo mais, contra Ideli Salvatti.

  • Odir Caldas diz: 30 de setembro de 2011

    Prezado Moacir.
    Assim agindo, a Ministra Ideli, se comporta a altura dos anseios e dos compromissos assumidos com a gente catarinense. Sempre defendi que governantes, em todos os níveis, ajam em conformidade ao interesse público sem utilizar sómente as cores partidárias. A fase pós enchentes é gravíssima e Santa Catarina agradece à Ministra Ideli a agilização na liberação dos recursos.
    Êste é o verdadeiro papel político que se espera dos nossos representantes.
    Oldir Caldas de Floripa Capítal cultural e turistica do Mercosul para o Mundo.

  • Gualberto Cesar dos Santos diz: 30 de setembro de 2011

    Odir Caldas continua com o mesmo conteúdo ético e respeitoso: vejo pela tua postagem. Hoje com a mesma leveza de quando era político. Hoje com a qualidade do bom advogado. Eu enquanto Petista, prezado Caldas. Fico feliz, com a tua manifestação. Porque há, umas semanas antes, por amor de Deus. Era um sacrilégio. Postagens a favor de Ideli Salvatti aqui: recebiam insultos e palavras agressivas, pauladas de todos os pontos cardeais. Minha admiração e o meu respeito a tua pessoa.