Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Auditoria na reforma do CIC

30 de setembro de 2011 6

            A  controvertida reforma do Centro Integrado de Cultura foi investigada por auditoria do Tribunal de Contas do Estado, que constatou 11 irregularidades, incluindo 302 mil reais em obras não executadas.  Estão envolvidos a ex-presidente da Fundação, Anita Pires, o ex-diretor do Deinfra Romualdo França, o e-secretário de Turismo Gilmar Knaesel, entre outros.  O processo está transformado em tomada de contas especial.   O deputado Knaesel informou que toda a contratação e todos os pagamentos  foram feitos diretamente pela Fundação e que sua Secretaria não teve qualquer participação.  E o teatro do CIC fechado há mais 2 anos.

Comentários

comments

Comentários (6)

  • Tais diz: 30 de setembro de 2011

    A cultura em Santa catarina vive momentos de abandono pela classe política e além de tudo, temos pessoas desqualificadas e corruptas gerenciando a verba destinada arte catarinense….É triste viver com isso, é triste ter que aturar isso… Espero que o Poder Judiciário apure e tome uma atitude exemplar, condenando essas pessoas criminosas e inúteis para a sociedade…

    Tais

  • Gualberto Cesar dos Santos diz: 30 de setembro de 2011

    Nomes contumasmente citados, e, que, contumasmente, negam.

  • Luiz Caros Schneider diz: 30 de setembro de 2011

    O que esses nomes têm em comum? Mais um nome: Luiz Henrique da Silveira!

  • Pedro diz: 30 de setembro de 2011

    Não adianta, virou e mexeu e lá está o nome do sr. Knaesel metido em mais uma encrenca que, logicamente, ele nega. Aliás, negar é o que mais se escuta nesse Brasil de hoje. Ou nada sabem, ou negam. No entanto, gostaria de saber qual a razão para o TCE-SC só agora ter se dignado a auditar as obras se, pelo menos há um ano, a matéria é recorrente sempre que se fala em corrupção. Está me parecendo mais um “bode”, afinal, trezentos e poucos mil e nada seriam quase a mesma coisa: quase todos pagariam se fossem efetivamente cobrados. Mas, com certeza, há muito mais…

  • sikeira diz: 30 de setembro de 2011

    O ex DEINFRA e ex SECR. REGIONAL agora na vida academica(academia de ginastica), começou a aparecer na area de auditoria. Vem mais coisa por ai.

  • Walmor diz: 1 de outubro de 2011

    A situação das obras públicas no Brasil é um mistério que ninguém consegue desvendar. Por que as obras públicas nunca terminam nos prazos previstos nos contratos, sem contar a pouca qualidade das obras e os preços que sempre terminam acima do contratado inicialmente. Se fosse fazer uma lista das obras que nunca acabam ou que se prolongam por muito tempo, ia ocupar um grande espaço da sua coluna. Mas cito algumas, a conclusão da duplicação da BR 101 lado sul, a Arena Multiuso de Florinópolis, a Beira Mar continental, essa reforma do CIC e a conclusão do acesso ao aeroporto da Capital. Em Balneário Camboriú existe um Teatro que está em obras há praticamente cinco anos, e ainda não concluiram essa obra de apenas duas lajes, nas proximidades, só para comparar, foi erguido um Edifício Residencial com mais de 40 andares, que iniciou bem depois do referido Teatro. Será que tem alguma explicação lógica para esses casos listados?