Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Goetten espera ser liberado em 2012

31 de dezembro de 2011 6

     Um dos mistérios insondáveis deste ano está na prisão do ex-deputado Nelson Goetten de Lima, ex-presidente do Partido da República em Santa Catarina, preso há sete meses, sob acusação de prática de pedofilia.  Não impetrou habeas corpus, porque deseja ver o processo julgado no mérito pela Justiça. É o que alega seu advogado,  Roberto Brasil Fernandes.  Goetten permanece preso no Presídio de Itapema.  Em entrevista a Rádio Educadora de Taió, terra do ex-parlamentar, foram dadas informações novas.  Confira:  

“Como o processo corre em segredo de justiça, o Dr. Roberto se limitou a responder algumas perguntas, para que não atrapalhe a investigação. Nelson continua na mesma rotina e o último livro que leu foi O Código da Vida. “O Nelson está otimista, afinal passamos pra ele tudo o que ocorre com as testemunhas do processo dele. O processo está chegando no fim e terá final feliz” afirmou o advogado.

Sobre uma possível soltura do ex-deputado, dr. Roberto alegou que Nelson não está se preocupando com a sua própria soltura. Ele se negou a sair com habeas corpus, pois quer sair apenas quando o processo provar a sua inocência. “Não quero sair e voltar. Não quero ser um criminoso. Quero afirmar a amigos e parentes que sou inocente” confidenciou Goetten ao seu advogado logo nos primeiros dias após a sua prisão.

Sobre a repercussão do seu próprio caso, Nelson faz questão de estar por dentro de tudo o que acontece, além de falar diariamente para o seu advogado sobre a política de todo o Brasil. Goetten acompanha diariamente os noticiários e está antenado em tudo o que acontece no âmbito político.

Sobre a continuidade de sua prisão no período festivo, onde vários presos são libertados, o advogado explicou que como Nelson ainda está em prisão preventiva, não desfruta desse privilégio. “Se ele fosse condenado, o juíz teria deixado ele passar o Natal em casa. Mas vários familiares e amigos foram à prisão passar o Natal e passarão o Ano Novo com ele” afirmou dr. Roberto.

Para finalizar, o advogado de defesa de Nelson Goetten deu uma forte declaração: “Está nos meus planos passar o ano de 2012 com o Nelson fora da cadeira. Tenho certeza que em 2012, o Nelson estará junto conosco” disse o advogado, confiante na absolvição do ex-deputado.”


Comentários

comments

Comentários (6)

  • Miriam Nirs diz: 31 de dezembro de 2011

    Jornalista Moacir Pereira
    É lamentável termos como última notícia do ano de seu blog esse destaque.
    Um político que usou seu mandato e poder para seduzir jovens deve ficar por muito tempo preso isso sem falar na cara de pau dele em entrevista ao uma TV explicando como usava as verbas para roubar.
    Cheio de processos por desvios de verbas desde os tempos da Assembléia era de conhecimento da comunidade de Rio do Sul e do Alto Vale seu modo de agir.
    O destaque deveria ter sido:
    Parabéns a promotora e todos que participaram da ação de colocou esse bandido na cadeia, mas no “BRASIL” é assim quem tem dinheiro tem bons ADVOGADOS e logo sai da cadeia.

  • Luis diz: 1 de janeiro de 2012

    Moeda Verde, Pavangate, as mil e umas da administração Berger, me diga um escândalo político nos últimos anos que tenha prosperado além da denúncia, além da única e exclusiva sentença da exposição pública??? Leis mal constituídas? Bons e “bem relacionados” advogados? Dinheiro? Falhas processuais e investigatórias com dolo? Conivência de promotores e juízes? Vá lá saber, vá lá misturar tudo isto mas, o resultado prático é a mais pura e revoltante impunidade.

  • Giffoni diz: 1 de janeiro de 2012

    Caro Colunista, “insondável mistério”, com certeza, é o propósito de tal desnotícia, agora no apagar de 2011. Seria interessante informar-se melhor sobre o trâmite do processo que o cerca, para bem informar aos seus leitores. Por favor, sua credibilidade merece coisa melhor.

  • Giffoni diz: 2 de janeiro de 2012

    Caro Colunista, desculpe-me por voltar ao assunto, mas, todos sabem que alguém só fica preso durante a fase de instrução do processo por dois motivos: ou porque a autoridade judicial entende que o réu pode obstruir o processo (principalmente em relação às testemunhas – e principalmente em relação as suas) ou que existe a possibilidade de fuga do mesmo. Portanto, se o sr. acusado ainda está preso é porque, no caso, não cabe HC. Não que ele não queira, mas porque não conseguiria. Qualquer pedra de beira de estrada sabe muito bem que ninguém fica preso além da fase provisória eou preventiva. No caso dele, continua preso porque a autoridade judicial entende que ele – desde já – é nocivo à sociedade e à normal condução do processo a que responde. De outro lado, o tempo em que está preso já conta para o futuro prazo de condenação. Então, já que não caberia o HC, fica preso já descontando o tempo que deverá ficar recluso após a condenação (criminal). Mas, também sabem as pedras, se houver condenação, ainda em 2012, em primeiro grau, ele não se tornará “ficha suja” e, portanto, deverá ser candidato a prefeito em sua terra de estimação: e com grande chances de ser eleito. A campanha, ora, já começou pela entrevista, segue pelo “discurso” do advogado (a se valer do “segredo de justiça”, ou seja, nem o MP, nem a Justiça virá desconsiderá-lo em público) e pela sua postagem. Será?

  • Ramon Alvarez diz: 18 de setembro de 2012

    Parabéns a Justiça de SC, este homem além de bandido e mafioso, alicia menores desde seus tempos de ACAF(Associação de Amparo da Família Catarinense),onde explorava a pobreza com promessas de ajuda, em troca de orgias sexuais.É um pervertido e um psicopata, que apodreça na cadeia canalha,vc é doente e precisa de tratamento de choque.Sobre a reportagem , é lamentável que um jornalista do quilate de Moacir Pereira se dê ao trabalho de fazer uma reportagem tão parcial,favorável ao bandido, dando a entender que está preso pq quer provar sua inocência……” não aceito o habeas corpus pq sou inocente”, vá se tratar Nelson, vc é doido!

  • Edeney diz: 28 de novembro de 2012

    Muitas vezes as pessoas colocam a emoção no lugar da razão, por isso a pena de morte no brasil seria um tragédia,veja meu amigo o caso da elisa e do goleiro bruno, o seu comprarsa o macarão vai ficar apenas dois anos na cadeia por fazer tudo o que fez, e tantos outros caso no brasil de morte aconpanhada de esturpo sem condenação,; não venham dizer que tem meninas se 16 anos que são inocentes e todas são virgens,tudo isso vem da familia que só se perocupa de ter lucros financeiros e esquece de educar suas filhas, num mundo insentivado por idolos como xuxa que tem filha sem ter uma familia, porém tudo isso passaria em branco se não fosse um politico o envolvido que cultiva ao longo de sua vida muito mais inimigos que amigos.