Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Homenagem ao Professor Celestino Sachet

31 de janeiro de 2012 6

De Rosângela Barreiros, via e-mail: “Hoje,dia 31 de janeiro,meu eterno professor Celestino Sachet,completa 82 anos.Gostaria muito de homenageá-lo,pois teve um grande significado,em minha minha.No ano de 1975,chegando na UDESC,conheci esse grande mestre e me encantei.Adorava,quando ele entrava na sala e nos emocionava,pelo amor a leitura e ao conhecimento.Aprendi, a gostar mais ainda, de devorar livros e conhecer um pouco,dos autores catarinenses.Toda aula dele,encostado na mesa,pois nunca sentava,era uma mágica,brilhava nossa imaginação e quando o som do sinal soava,era uma tristeza,ele iria para outras salas.Tenho guardado,com muito carinho,um exemplar do seu livro:A EDUCAÇÃO,A ESCOLA E A EMPRESA,autografado,com data de 28 de novembro de 1975.Ainda hoje,releio várias vezes,e contribui,para nos esclarecer,sobre a educação hoje,seus poucos investimentos,entre outros temas importantes.
Professor Celestino Sachet,desejo muita saúde e felicidades,meu grande mestre…Gostaria de deixar registrado, que marcou muito minha vida universitária e pessoal.Todos os anos,após,sair da universidade,lembro do seu aniversário e ligo para parabeniza-lo.Um professor atencioso,brilhante e com muito conhecimento:a gente nunca esquece.Um forte abraço dessa sua eterna aluna.
Rosângela Barreiros.”

Comentários

comments

Comentários (6)

  • Duda Vieira diz: 31 de janeiro de 2012

    Fui aluno do querido professor Celestino Sachet na UFSC, permita-me fazer eco as emocionadas palavras da colega Rosângela Barreiros. Podemos tomar a liberdade de escrever Sachet(s) pois seu irmão também foi um artesão das palavras.
    Quero desejar saúde, felicidades e deixar registrado minha admiração e gratidão pela convivência com o aniversariante.
    Nossas emissoras de rádio e tv, até mesmo os jornais entrevistam tanta gente sem história nem conteúdo, e ignoram um artista culto, denso e raro como o querido professor Celestino Sachet que fez das salas de aulas verdadeiros espaços destinados a cultura.
    A obra “Santa Catarina 100 anos de História” é fonte de pesquisa cotidiana.
    Parabéns, caro Moacir, pela relevante postagem.

    Duda Vieira

  • renoir diz: 31 de janeiro de 2012

    Fui ao médico pegar o tal atestado. Boa tarde! O que seria? – Atestado médico pra professor. – Ah, tá! 30 reais. Põe o nome aqui no caderno e é só aguardar. – Quanto tempo mais ou menos? – Cerca de uma hora e meia.(foi uma e cinquenta). Estava lotaaado de profs. Pensei até em declarar aberta a 1ª Assembleia Regional de 2012.O governo, se quer nos contratar, tem que nos proporcionar o médico. Marquei no celular: 3 minutos e pouco a média do atendimento. Como já estava puto, arredondei pra baixo, assim, 3 minutos. Consulta:10,00 o minuto. Queria relacionar com a h/aula, não consegui fazer a conta, pensei pôr a culpa no calor, mas não sou bom em matemática nem sei quanto é a h/aula. Será que médico do trabalho e advogado criminalista põem o profissional antes do ser humano? Não vou julgá-los. Queria eu ter tido a sorte de uma professora, linda, de shortinho, que ficou 7 minutos no consultório, lá estava agradável, ar geladinho. Finalmente me chamaram. Entrei, depois de cerca de 2 minutos. ele me olhou rapidamente nos olhos, fez algumas perguntas, fiquei os 3 minutos. O médico, de cabeça baixa, me deu tchau. Pedi a nota fiscal, só pra ele pagar o imposto e fui embora, puto.

  • Ari Zanella diz: 31 de janeiro de 2012

    1972. Início do curso de Letras na FURJ, agora Univille. Prédio improvisado no Colégio dos Santos Anjos. Os professores vinham de fora da cidade. Entre eles o grande Celestino Sachet que encantava a todos os alunos pela sua forma de lecionar. Bons tempos aqueles! Hoje, tomando conhecimento desta homenagem da Rosângela ao querido professor, só posso me aliar aos anjos e arcanjos para dizer amém! No meu pensar é a ele que se deve dedicar o título do famoso filme: “Ao Mestre, com carinho.”

  • Marlise diz: 1 de fevereiro de 2012

    Emocionou-me muito as palavras da Rosangela,pois também tive o privilégio de ser aluna deste mestre,deste ser humano maravilhoso e de vivenciar com tanto prazer as suas aulas maravilhosas que tanta cultura,tanto conhecimento trouxeram para minha vida.
    Obrigada professor Celestino !
    Marlise

  • Celestino Sachet diz: 29 de fevereiro de 2012

    Rosângela,

    Tua mensagem, por ocasião de mais um aninho na pilha que já está enorme, me comoveu e comprova o estoque de bondades que recheia teu coração. Desculpa o atraso em agradecer tanto carinho. Antes tarde do que nunca, não é verdade?
    Tua manifestação também rendeu palavras de afeto dos amigos Ari Zanella, meu aluno em Joinville em 1972 e Marlise, que também foi aluna carinhosa nas estradas do meu magistério.
    Muito obrigado a todos e um abraço do sempre professor, Celestino.

  • carlos miguel torres diz: 23 de março de 2012

    Quero fazer parte das pessoas que admiram o grande mestre. Celestino Sachet é uma figura admirável e acima de tudo especial. Têm pessoas que nasceram para jamais serem esquecidas e o Celestino Sachet é uma delas. Agradeço ao Arquiteto do Universo por ter colocado o Grande Pensador de Santa Catarina no meu caminho. Foi Sachet, o mestre dos mestres que deu a primeira oportunidade de trabalho e estudo na minha vida. Devo e serei grato pelo resto da eternidade a ajuda dessa memorável pessoa. Obrigado Amingo… Carlos Miguel Torres – Poeta