Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O heróico sargento de SC

29 de fevereiro de 2012 1

“Prezado jornalista Moacir Pereira,

Joaquim António Santiago, meu pentavô, manezinho nascido na Ilha de Santa Catarina em 1794 (tenho a certidão de batismo), foi quem, em 1819, às margens do Rio Uruguai, na condição de humilde, mas bravo, sargento do memorável Regimento Barriga Verde, realizou a prisão do general Andresito Artigas, que liderava mais de 2.000 soldados, fato que marcou o início do fim da chamada Guerra dos Artigas no contexto das Guerras Cisplatinas.

Basta consultar a monumental obra “Memória Histórica da Província de Santa Catarina”, do patrono do IHGSC, Manoel de Almeida Coelho e ver o que o autor escreveu em 1856 (data de publicação original), sobre o fato de tal feito não haver sido devidamente reverenciado já à época…

Para registro, o general Andresito Artigas, mesmo tendo nascido em São Borja (RS) é herói de guerra na Argentina e no Uruguai, pelas invasões que liderou contra nós (ou contra-invasões, na opinião dos hermanos. Vide http://es.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9s_Guazurary ).

Quanto ao sargento brasileiro, que em defesa do território luso-brasileiro fez a prisão do general Andresito, coube o quase total anonimato (como se dá com os verdadeiros heróis), não fora Joaquim de Almeida Coelho…

Está na hora de o Governo reparar esta injustiça histórica.

Fraternal abraço,

Ernesto São Thiago.”

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Ernesto São Thiago diz: 29 de fevereiro de 2012

    Leia-se Manoel de Almeida Coelho e não “Joaquim de Almeida Coelho”. Perdão pelo erro.