Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Justiça gaúcha manda Tarso Genro pagar piso aos professores

07 de março de 2012 17

       Do site da CNTE: “Em meio a uma ameaça de greve dos professores, a Justiça gaúcha determinou que o governo do Rio Grande do Sul cumpra a lei do piso nacional do magistério. No ano passado, o Ministério Público havia unificado milhares de ações individuais no Judiciário local contra o governo por causa do descumprimento da norma. Hoje, o salário mais baixo para professor no Rio Grande do Sul está em R$ 791 por 40 horas semanais, quase metade da remuneração mínima estabelecida pelo Ministério da Educação (R$ 1.451).

Salário mais baixo para docente está em R$ 791 por 40 h/semana, contra R$ 1.451 estabelecidos pelo MEC

Governo gaúcho afirma que vai recorrer de decisão e que impacto do cumprimento seria de R$ 3 bilhões anuais

Em meio a uma ameaça de greve dos professores, a Justiça gaúcha determinou que o governo do Rio Grande do Sul cumpra a lei do piso nacional do magistério.

No ano passado, o Ministério Público havia unificado milhares de ações individuais no Judiciário local contra o governo por causa do descumprimento da norma.

Hoje, o salário mais baixo para professor no Rio Grande do Sul está em R$ 791 por 40 horas semanais, quase metade da remuneração mínima estabelecida pelo Ministério da Educação (R$ 1.451).

Levantamento publicado pela Folha de S. Paulo no último dia 5 mostra que a remuneração básica gaúcha é a pior dos 25 Estados pesquisados. Na sexta-feira (2), professores da rede estadual anunciaram estado de greve como forma de protesto.

Na segunda (5), houve nova reunião entre o governo de Tarso Genro (PT) e o sindicato da categoria, mas não se chegou a um acordo.

Tarso, na semana passada, chegou a criticar o ministro Aloizio Mercadante por conta da lei do piso – disse que ele tinha uma “opinião furada” sobre o assunto.

A decisão da Justiça gaúcha, expedida por um juiz de primeira instância de Porto Alegre, também manda o Estado desembolsar, de modo retroativo, o valor que deixou de ser pago aos profissionais desde 2009. Aposentados foram incluídos na sentença.

O Estado também deve incluir previsão de pagamento do piso no orçamento de 2013.

A decisão é da última quinta-feira, mas só foi divulgada ontem. Não é fixada punição.

Como cabe recurso à sentença, o Estado não precisará começar a pagar o piso salarial imediatamente.”

Comments

comments

Comentários (17)

  • Jonas de Jesus Rosa diz: 7 de março de 2012

    Moacir meu caro! Segundo os DIREITOS HUMANOS, somos todos iguais em direitos e deveres. E as leis, são feitas para uma classe distinta da população ou para todos? Entende-se que as leis são para todos sem distinção. Como alguém que descumpre uma lei pode recorrer a lei para não cumprir determinada lei ? Isso é inácreditavel…

  • Nunes diz: 7 de março de 2012

    Que enganador. Que hipócrita é esse tal de Genro. Pior do que ele só aquele governador do Ceará que levou a sogra para passear às custas do dinheiro público.
    Isto que o Tarso era tido, por muitos, cumpridor da Lei do Piso. Vergonhoso…

  • Lucas diz: 7 de março de 2012

    Parabéns ao Poder Judiciário do RIO GRANDE DO SUL, terra linda, abençoada e como cita Oswaldir e Carlos Magrão, dona do ” Lago verde e Azul que na América do Sul DEUS botou pra bebedouro”. O Brasil é um país tão próspero, tão rico, auto suficiente, precisamos que as leis sejam duras, rigorosas, e que atinjam todos, desde cidadãos comuns, até pessoas e autoridades, que ousam descumpri-las. ASSISTAM, SENHORES GOVERNADORES, AUTORIDADES EM GERAL, O FILME “ADORÁVEL PROFESSOR” e vejam o depoimento que a Governadora faz ao seu professor. PARABÉNS JUSTIÇA GAÚCHA.

  • Elvis diz: 7 de março de 2012

    Este Tarso Genro é um imbecil! Um sujeito contraditório e fraco.

  • Jucélio Euzébio de Campos diz: 7 de março de 2012

    Esse é o verdadeiro Governo do PT, não respeitam ninguém ou então não sabiam que existe o piso, só quando eles voltarem a ser oposição. Tem professores que doutrinavam alunos nas Universidades, que estão iguais ao cachorros quando caem dos caminhões de mudança, não sabem para onde ir, pois tudo que pregavam, foram trocados por cuecas…

  • Stanislaw Machado diz: 7 de março de 2012

    Vamos nos preocupar com Santa Catarina. Temos o mesmo problema. O governo LHS empurrou com a barriga e o Colombo só pagou porque foi obrigado. Mesmo assim, fez umas lambanças com os salários do professores que ninguém entende. Tenho duas irmãs professoras. Uma teve aumento significativo de salário e outra recebeu somente alguns trocados a mais. Ninguém consegue explicar. O problema dos gaúchos é deles. Não temos como interferir. Não adianta ficarmos malhando o pau no Tarso Genro ou no PT. Isso não resolve. Além do mais, quem mandou os gaúchos elegerem um genro para governador.

  • LILIANA diz: 7 de março de 2012

    EH,EH,EH, GENRO DO COLOMBO! Vc não é digno de seu cargo! FORA, FORA, FORA! Peça pra sair! Gostaria de saber ´para onde ele está mandando o dinheiro que é para o pagamento do piso/ Tem ele alguma secretaria como o CO lombo e lhs tinham???
    Cabe a sociedade riograndense dizer a ele onde ele deve gastar o dinheiro do FUNDEB.
    SC JÁ FEZ ISSO e continuará fazendo pois dinheiro da EDUCAÇÃO DEVE SER GASTO COM A EDUCÃÇÃO , isso é dinheiro de FUNDEB!

  • Cláudio diz: 7 de março de 2012

    Agora vamos esperar a divulgação do piso nacional da saúde e da segurança. Srs. Governadores, preparai vossos orçamentos.

  • Rose diz: 7 de março de 2012

    Pede pra sair governador…..

  • Fredy diz: 7 de março de 2012

    Pois é, quando era da oposição o PT vivia pregando a valorização dos professores. Agora o discurso mudou´. Mas o que vejo de positivo em isso tuso, é que o Tarso está tirando a carapuça e mostrando aqueles professores que cultuavam o PT que partido pólítico e polítcos são tudo a mesma coisa. O negócio é chegar ao poder. Depois o discurso muda, a ideologia vai para o saco, e os eternos inimigos se tornam os melhores amigos para que exista a tal da governabilidade. Tudo em nome dela e dos companheiros que agora não querem e nem pensam mais em fazer greve, já que tem o seu empreguinho garantido e estão curtindo a vida numa boa. GREVE PARA QUE. PISO SALARIAL PRA QUE, QUALIDADE NO ENSINO PRA QUE. E os professores do RGS estão mesmo mais perdidos do que cachorro em caminhão de mudança. Perderam a bússola. Quem sabe dessa vez nossos MESTRES aprendam e vejam que o OT não são as flores que eles sempre ajudaram a manter. Estão provando do pr´prio veneno. Já fui profesor e sofri na pele o que muito professores PETISTAS faziam quando não queríamos entrar em greve. Era uma luta. Hoje o discurso mudou e muitos daquekes que me tiravam das salas de aulas a força, não tem nem a coragem de olhar na minha cara. Estão envergonhados e o discurso de todos aqueles anos foi pro água abaixo. Os argumentos não existem e o pior é que o governo PETISTA da maioria desses professores, pois foram eles que ajudaram a eleger o tal do TARSO os trata como se fosem cachorros, ou pior do que cachorros. Uma humilhação total. Onde está o sindicato agora. Se fosse em oputras épocas já estariam nas ruas de porto Alegre infernizando a vida de todos. Com certeza os líderes do sindicato têm sedus rabos presos com o governo e estão na fase PAZ E AMOR.

  • ANTONIO MACHADO diz: 7 de março de 2012

    É NA LEI DO PISO SALARIAL E DA FICHA LIMPA , QUE CONSTATAMOS O QUANDO NOSSA LEGISLAÇÃO É PERMEADA DE MAZELAS… SE FOSSEM SÉRIOS OS POLITÍCOS QUE REDIGIRAM E VOTARAM, NÃO HAVERIAM TANTOS QUESTIONAMENTOS.
    SERIA FÁCIL SE:
    DÊ-SE CIENCIA E CUMPRASSE!!!

    ANTONIO MACHADO

  • aurelio pereira diz: 7 de março de 2012

    Parabens ao judiciário gaucho! Espero, que o judiciário de todo o Brasil tambem o faça, pois, se é lei, tem de ser para o país inteiro! Espero, que o Sinte de SC aprenda que a greve é um RECURSO EXTREMO, que deve ser debatido com toda a comunidade escolar, de fato e de direito e não por alguns personagens, já bastante CARIMBADOS e sem sustentabilidade política, pois seus DISCURSOS não enganam mais! O PISO É LEI e não se discute mais, portanto, governador PAGUE!

  • leda diz: 7 de março de 2012

    Vê se tem algum professor das universidades federais insatisfeito. NÃO! Porque o PT, sabiamente, elevou os salários do ninho da intelectualidade, onde sempre encontrou respaldo e apoio. Aí sempre tem recursos. Agora, a Escola Pública continua com professores mal remunerados, desmotivados e os prédios caindo aos pedaços sem manutenção.
    Dois pesos e duas medidas!

  • VELOCIDADE,PROFISSIONALISMO,PARABÉNS!!! diz: 7 de março de 2012

    encantamento,humanos,reconhecimento de campo.

  • lIA diz.. diz: 8 de março de 2012

    Será que a justiça gaucha não poderia fazer uns serviçinhos por aqui em SC, já que por aqui a justiça parece que é uma lesma em sono profundo. espero que os gauchos Tchê, arrebentem os tentos, pois não podemos se entregar pros homens!

  • MARCELO SPECK DA ROSA diz: 8 de março de 2012

    PAGA AÍ O VELHACO!

  • Vera Telles diz: 19 de março de 2012

    Boa tarde,

    VERGONHA é o que está faltando ao Governador Tarso Genro. Assinou qd Ministro o Piso Nacional e até sugestões deu aos Estados que diziam n/ dispor de recursos. Mas, ele que lembre bem de sua antecessora que perseguiu a categoria e ficou totalmente queimada.Com essa postura ABSURDA e absolutamente desrespeitosa com os professores mais mal pagos do BRASIL ele não se elegerá NUNCA MAIS. Nem prá SÍNDICO DE PRÉDIO!!!! Sempre é bom lembrar ao governador e deputados que o assunto é tremendamente abordado nas redes sociais.