Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A ministra Ideli e a doação de campanha

30 de março de 2012 10

A assessoria da ministra Ideli Salvati divulgou nota em Brasilia sobre as noticias de doação de 150 mil reais da empresa Intech Boating à campanha da ex-senadora ao governo em 2010. Diz:
“A respeito de reportagem publicada no jornal O Estado de São Paulo, no dia de hoje, sob o título “Pesca contrata empresa e cobra doação ao PT” a assessoria de comunicação da SRI tem a informar:
1 – A doação no valor de R$ 150 mil registrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) feita pela empresa Intech Boating foi destinada ao Comitê Financeiro do Partido dos Trabalhadores (PT) em Santa Catarina e não à candidata Ideli Salvatti;
2 – A candidatura de Ideli Salvatti ao Governo de Santa Catarina conforme consta no site do TSE recebeu em doações R$ 3.572.376,65 e a maioria dos recursos foi repassada pelo Comitê Financeiro do Partido dos Trabalhadores (PT). É importante ressaltar que as contas da campanha foram aprovadas pelo TSE;
3 – A competência jurídica pela prestação de contas dos recursos arrecadados pelo Comitê Financeiro do Partido dos Trabalhadores durante o pleito de 2010 e apresentada ao TRE/SC e ao TSE é de responsabilidade do presidente estadual do PT;
4 – Não há qualquer ligação entre a ministra Ideli Salvatti e a empresa Intech Boating, pois a doação questionada pelo jornal O Estado de São Paulo, não foi feita para a candidatura de Ideli Salvatti ao Governo do Estado.
5 – É preciso esclarecer ainda, que o contrato firmado entre a empresa Intech Boating e o Ministério da Pesca para a aquisição de lanchas, que está sob investigação do Tribunal de Contas da União (TCU), foi assinado em 2009, ano em que Ideli Salvatti era senadora da República e não ministra da pasta.”

Comentários

comments

Comentários (10)

  • Osvaldo Peixoto diz: 30 de março de 2012

    Os mortais acreditam que basta ser amigo do rei. Pois vos digo, os íntimos são os primeiros sacrificados, eles são colocados como boi de piranha. Ideli fez seu
    papel, tudo como combinado. Agora a Camara quer sua cabeça a rainha vai degolar e como íntima vai ficar quieta, pois o ex-marido, apesar dos apelos, continua e dali sai o jabá. Os barcos, bem os barcos naufragaram, assim como o cupim comeu os móveis, estão lembrados ??? Alô senador Alcides Ferreira !!!

  • Décio diz: 30 de março de 2012

    Prezado Moacir Pereira
    Todas as vezes que governantes do PT são relacionados em atos suspeitos de corrupção, vem a tona o mesmo bordão tão difundido no Governo LULA – NINGUEM VIU NADA, NINGUEM SABE DE NADA, NINGUEM CONHECE NINGUEM, todas as denuncias são frutos do acaso. A Ministra IDELI SALVATI EX Ministra da Pesca autorizou o pagamento de mais de 5 milhões a Empresa fornecedora das embarcações mesmo assim ela autoriza mas não conhece a Empresa, não sabe a que se refere o pagamento, por favor Ministra IDELI a Senhora merece o troféu PINOQUEO.
    Ela não sabia que a contribuição de R$ 150.000.00 para a sua campanha ao governo de Santa Catarina era de uma Emprêsa que tinha vendido embarcações para o Ministério da Pesca!!!!! Por Favor Ministra pare de brincar com a inteligência da População Catarinense e Brasileira. Se as investigações forem aprofundadas sobre a Ministra IDELI SALVATI……ela não se salva. De Santa esta Senhora não tem nada.
    E ainda fica lançando nota oficial querendo justificar o injustificavel ?

  • Gualberto Cesar Santos diz: 30 de março de 2012

    Postei no Estadão:
    Quantas empresas de SC. Grandes grupos, empreiteiras e demais empresas de outros objetivos empresariais. Ajudaram a campanha de Raimundo Colombo. E nenhum comentário se tem por conta daquilo. Incrível. Há um “apenso” que sem timidez fica, sempre, a favor dos ventos que são de popa, a os \ “governamentais” no poder em SC. E uma posição feroz, sempre contra o PT. Por isso eu tenho me batido dentro das “hostes” do PT de SC, para que mude a linguagem e a mensagem. Na comunicação, com os meios que nos são antagônicos. Pela natureza da ainda vigente, oligarquia, perseguidora. Mesmo que no presente uma parte venha na direção do PT. Querendo parecer torcer por parcerias eleitorais. É necessário que haja realmente em SC. O movimento que se faz a nível nacional. \ “Regulação da Mídia\”. A parcialidade declarada, não escondida não é justa. Do “PCR”. “A boa Mídia é aquela que sempre leva na contra partida com responsabilidade, o contrário, para não ferir suscetibilidade. E nunca se notabiliza a informação a favor de quem quer que seja, sem que haja, reais motivos.” O diz que disque focando uma situação inusitada. Sempre nesse caso. Visa sim, colocar um “pitado” de duvida ao PT.

  • Pedro diz: 30 de março de 2012

    E qual a diferença em doar para a candidata ou ao comitê de campanha? O fim não foi o mesmo? O comitê não usou o dinheiro para pagar despesas de campanha?

  • Aloisio Antoni diz: 30 de março de 2012

    Nobre ministra: a velhinha de Taubaté foi a óbito em 2005 . Enquanto não surgir uma nova criatura destas, peça à sua Assessoria moderar-se nas justificativas, pois ninguem , fora alguma nova criatura do Luiz Fernando, acreditará nas singelas mentirinhas do toma=lá e dá-cá.

  • Pedro Rocha diz: 30 de março de 2012

    Esse é o velho pt de guerra. Não passa uma semana sem aparecer mais um figurão envolto em sérias acusações de falcatruas, e fica tudo por isso mesmo. No reino petista, o roubo está literalmente banalizado.
    E essa ideli, que de catarinense não tem nem a cara, continua a macular a imagem política da terra de Lauro Muller, e tantosd outros políticos filhos dessa terra, que foram orgulho e exemplo de trabalho, dedicação e probidade administrativa.
    Essa senhora deveria ser banida de dentro das divisas catarinenses, ou pelo menos proibida de falar em nome de SC. Ela que junte-se aos seus; os da mesma laia.

  • Mara Silva diz: 31 de março de 2012

    Como cidadã apartidária, aliás a política partidária praticada hoje nesta República, não das bananas, mas sim de bananas, me provoca urticária a ânsia de vômito, fico arrepiada não só com a bandalheira reinante, quando os cabos eleitorais, ops, os acessores da Dona Ideliza vem a público dizer que a fracassada campanha dessa senhora foi bancada pelo comite estadual de seu partido e que o dim-dim doado, com amor pelo estaleiro que fez os barcos para fiscalização da pesca não foi feito pra ela, mas sim para o comite do partido. Isto é uma confissão cara de pau sem tamanho pois, se a grana foi para o tal comite e se este segundo o Estadão bancou 80% da fracassada campanha dessa ilustre AVE DE ARRIBAÇÃO que quer a todo o custo ser governadora deste nosso Piauí do Sul, a conclusão é uma só. A grana foi destinada a ela e pronto. Bom senso e caráter nunca é demais. Será que é complexo de avestruz? Só mesmo esse democrata albanes de nome Gualberto para defender a malfadada “regulação da mídia”, nome pomposo para designar “CENSURA”. Sugiro a ele e aos seus seguidores, uma viagem só de ida é claro, a paradisíaca ilha do caribe de nome Cuba, onde tudo, não só a mídia, é regulada. Mas vai logo, antes que acabe e, antes que eu me esqueça, leva junto teus ídolos como o Zé Dirceu, os aloprados e todos os políticos safados, seja de que partido for desta pobre República de Bananas, é por que nosso povo ainda é muito pacífico e cordato. Não esquece tbem de levar colete a prova de bala, pois as democracias que gostam de regular a mídia também são chegadas em tiro ao alvo nos paredões de fuzilamento, e ainda mandam a conta das balas disparadas para a família pagar. Não esqueçam, assim, de levar um porquinho com moedinhas para fazer frente a este gasto, eles não aceitam cheque ou cartões de débito ou crédito, muito menos financiamento com “bolsa balas”.

  • Gualberto Cesar Santos diz: 1 de abril de 2012

    Este espaço é tão democrático…?
    Mas não deveria permitir chatices, em registrar tipos esses, de comentários.
    A redação dela prima por excelência de verbalização, ortografia e gramática.
    Redige bem.
    Mas ela deve ter algum problema emocional, pelas palavras que foram postadas?
    Mostra bem o seu talento emotivo.
    Se não é TPM, deve ser “desmenorréia”.
    Será …? ?
    Usa um “vulgo”, para esconder seu verdadeiro nome?
    Sinceramente!
    Não, sei?
    Poderia ter escrito algo bem mais elegante, consistente e convincente.
    Tem, pela redação, perfil compulsivamente e “frenético”.
    E ela mostra “raiva”, tomara que não seja “hidrofobia”.

    ==============================
    Mara Silva diz: 31 de março de 2012
    Como cidadã apartidária, aliás a política partidária praticada hoje nesta República, não das bananas, mas sim de bananas, me provoca urticária a ânsia de vômito, fico arrepiada não só com a bandalheira reinante, quando os cabos eleitorais, ops, os acessores da Dona Ideliza vem a público dizer que a fracassada campanha dessa senhora foi bancada pelo comite estadual de seu partido e que o dim-dim doado, com amor pelo estaleiro que fez os barcos para fiscalização da pesca não foi feito pra ela, mas sim para o comite do partido. Isto é uma confissão cara de pau sem tamanho pois, se a grana foi para o tal comite e se este segundo o Estadão bancou 80% da fracassada campanha dessa ilustre AVE DE ARRIBAÇÃO que quer a todo o custo ser governadora deste nosso Piauí do Sul, a conclusão é uma só. A grana foi destinada a ela e pronto. Bom senso e caráter nunca é demais. Será que é complexo de avestruz? Só mesmo esse democrata albanes de nome Gualberto para defender a malfadada \”regulação da mídia\”, nome pomposo para designar \”CENSURA\”. Sugiro a ele e aos seus seguidores, uma viagem só de ida é claro, a paradisíaca ilha do caribe de nome Cuba, onde tudo, não só a mídia, é regulada. Mas vai logo, antes que acabe e, antes que eu me esqueça, leva junto teus ídolos como o Zé Dirceu, os aloprados e todos os políticos safados, seja de que partido for desta pobre República de Bananas, é por que nosso povo ainda é muito pacífico e cordato. Não esquece tbem de levar colete a prova de bala, pois as democracias que gostam de regular a mídia também são chegadas em tiro ao alvo nos paredões de fuzilamento, e ainda mandam a conta das balas disparadas para a família pagar. Não esqueçam, assim, de levar um porquinho com moedinhas para fazer frente a este gasto, eles não aceitam cheque ou cartões de débito ou crédito, muito menos financiamento com \”bolsa balas\”. ================
    =======================================================

  • Adeolar Cappela diz: 1 de abril de 2012

    Sr.Gualberto Cesar – Seus comentários são fanáticos em favor do PT. Você infelizmente só enxerga deuses nesta tua sigla. Voce, como pessoa inteligente deveria com calma e desapaixonadamente fazer uma análise da política atual.Há de convir comigo que jamais houve neste país tanta corrupção como nos anos dourados do sr.Lula, independente de partidos (aliás tenho nojo de todos os atuais partidos, incluindo o PT).As nomeações de ministros são feitas para corromper partidos.Aliás podemos sem dúvida de errar afirmar que quase todos os atuais ministros são totalmente alheios às suas funções( incluindo sua amiga Idelí).Tenho impressão que o Brasil precisa um choque de moralidade, caso contrário isto virará uma verdadeira zona: quem oferece mais leva. Você já imaginou o verso desta história: O PT na oposição e qualque outro partido na situação? Seria um país ingovernável, pois os Sidicatos, CUT, CGT. Força Sindical e outros, que hoje são pagos régiamente para ficarem quietos e baterem palmas, fariam gritaria infernal pedindo impeacment até do motorita do caminhão de lixo? Pense um pouco nisto e deixe o radicalismo partidário de lado pensando no contexto Brasil e não na capelinha PT.

  • Gualberto Cesar Santos diz: 2 de abril de 2012

    Adeolar Cappela
    Registrado, obrigado.
    Sua opinião é sua, alguns podem corroborar.
    Mas continuo com minha posição em defesa do Governo Nacionalista do Brasil.
    PT e Aliados.
    Nunca antes neste País.
    Tantos saíram dos porões da miséria e foram colocados no patamar da ação e promoção social.