Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Museu Fritz Plaumann terá hoje acesso asfaltado

31 de março de 2012 Comentários desativados

O governo Raimundo Colombo vai lançar em abril um novo e ambicioso pacote de obras rodoviárias em várias regiões de Santa Catarina. No dia 9 de abril será a vez do “SOS Rodovias”, programa que atacará na primeira etapa 17 pontos críticos das rodovias estaduais. Estão entre os 127 identificados nos estudos da Policia Militar Rodoviária. Eles são responsáveis por 70% dos acidentes. Serão investidos mais de 2 milhões de reais. Há obras de rápida e fácil execução, como correção de pequenas curvas, mas também de complexidade, como cortes em rochas para evitar acidentes.
O anúncio sobre este novo pacote foi feito pelo secretário da Infraestrutura, Valdir Cobalchini, durante visita a RBS-TV, no Morro da Cruz, em Florianópolis. Ele deu uma panorâmica dos projetos em execução, dos que estão pendentes e dos principais gargalos de infraestrutura rodoviária, aeroviária e ferroviária.
O secretário confirmou que hoje o governador vai entregar o acesso pavimentado ao distrito de Nova Teotônia, em Seara, no oeste catarinense. Além de facilitar o escoamento da produção agrícola, a obra tem um extraordinário potencial turístico-cultural e científico. É na exuberante paisagem de Nova Teotônia que está instalado o Museu Entomológico Fritz Plaumann, o maior acervo de insetos da América Latina e dos mais qualificados em todo o mundo. Nascido na Alemanha, Fritz Plaumann mudou-se para Santa Catarina em 1928, instalando-se no oeste. Seu trabalho científico tem prestígio internacional.
No mês de abril, Colombo inaugurará a ligação asfáltica de acesso a Chapadão do Lageado, no Alto Vale do Itajaí e, finalmente, em setembro, Paial, na região de Chapecó. Santa Catarina, a partir daí, será o único estado do Brasil com todos os municípios ligados com asfalto.
O pacote governamental incluirá também os programas de revitalização e de conservação das rodovias estaduais. A conservação será executada com recrutamento de 500 presos em regime semiaberto.

Comentários

comments

Não é possível comentar.