Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

PSDB pode fechar com PSD na Capital

30 de maio de 2012 7

O deputado José Natal Pereira terá uma reunião hoje com o ex-deputado Gervásio Silva para definir seu futuro politico. Sua decisão tende a repercutir nas eleições municipais de Florianópolis e São José. Avançam as negociações no PSDB de São José, entre Natal e Gervásio, formalizando a aliança com o PSD para apoiar a ex-secretária Adeliana Dal Pont contra o prefeito Djalma Berger(PMDB).
O candidato a vice deve ser o deputado José Natal, que deverá deixar a Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte na próxima terça-feira, 5 de junho, prazo fatal da lei eleitoral.
Articulações de bastidores visam a indicação do novo secretário. Uma das alternativas é do atual vice-prefeito e secretário de Transportes de Florianópolis, João Batista Nunes. Ele é pré-candidato a prefeito, mas a cúpula tucana já chegou à conclusão que a melhor opção seria buscar uma coligação.
Confirmada a escolha de João Batista Nunes para a Secretaria de Turismo, ele renunciaria ao cargo de vice-prefeito e o PSDB selaria coligação com o PSD e o PP, fechando com a dobradinha Cesar Souza Junior-João Amin.
As conversações são sigilosas e procuram evitar o surgimento de alguma fato novo nos próximos dias. A preocupação maior é com a candidatura do secretário Gean Loureiro, do PMDB, que não deslanchou. O prefeito Dário Berger mantem apoio a Loureiro, mas lideranças de expressão do PMDB defendem o secretário Vinicius Lummertz. Esta é uma das preferências do senador Luiz Henrique da Silveira. Vinicius Lummertz criaria dois fatos: consolidaria aliança com o PSDB, pela posição favorável do ex-governador Leonel Pavan, e racharia o a chapa do PSD, tirando todos dos liberais e até dos progressistas.
Reação
A tendência de aliança do PSDB com o PSD para respaldar Cesar Souza Junior é consequência de resistências intransponíveis a candidatura de Gean Loureiro (PMDB). O senador Paulo Bauer, presidente de honra do Diretório e maior eleitor dos tucanos, já comunicou ao comando tucano(leia-se Leonel Pavan, Dalirio Beber e Marcos Vieira) que não há a menor hipótese de subir no palanque de Gean Loureiro. Motivo: na campanha ao senado, em 2010, Gean Loureiro trabalhou pela candidatura de Cláudio Vignatti, do PT, sendo inclusive flagrado pela TV em conflito com os líderes tucanos no norte da Ilha de Santa Catarina. Além disso, que oxigenou a candidatura de Paulo Bauer na Grande Florianópolis foi o primeiro suplente Cesar Souza, o pai. Em todos os municípios da região metropolitana, Bauer foi o mais votado. E credita ao pai de Junior.
Na Secretaria de Turismo circula um documento com assinatura de 70 servidores pedindo ao governador Raimundo Colombo a promoção do atual adjunto, Ozéas Mafra, pela experiência administrativa, pela atuação ética e pelo conhecimento da máquina. Fato raro na esfera governamental.
As negociações com o PSDB devem ser encerradas esta semana.

Comentários

comments

Comentários (7)

  • Marisa Rosa diz: 30 de maio de 2012

    Quanto ao documento que circula pela Secretaria de Turismo, não é bem asim não.
    Aquilo foi iniciativa de alguns, assinado pela maioria esmagadforas do comissionados do PSDB e não significa o sentimento e o desejo dos servidores.
    O nome indicado participou nos ultimos 9 anos de todos os desvios e desmandos, cometidos na Secretaria de Turismo.

  • Giffoni diz: 30 de maio de 2012

    Caro Colunista, alguma notícia sobre o andamento do processo contra o sr. Gervásio?
    O restante da nota, sabem as ostras, mero artifício para “tentarem” algum “negócio”. No máximo, uns 300 votos.

  • Gualberto Cesar dos Santos – FLN/SC - diz: 30 de maio de 2012

    Convenhamos Moacir.
    Nada contra a tua postagem.
    Mas ao que ela se refere.
    Como ficará a cabeça das eleitoras e dos eleitores de Florianópolis e dos demais municípios da Região Metropolitana…?
    Ao lerem essa tua postagem.
    Não pelo que postas.
    Mas pelo “misto frio” das composições que estão sendo montadas com vistas ao enfrentamento eleitoral na Capital e em São José.
    Queimação total das pretensões de Gean Loureiro.
    “Cheque mate” no tabuleiro das costuras de pretensões de Dário Berger.
    E a demonstração do “poder de fogo” e de que a “vontade” e o arbítrio de LHS, vão prevalecer em todo os Estado.
    Parece que a “liderança” no processo das eleições deste ano, quanto a Raimundo Colombo.
    Fica esvaziada.
    ========================
    Quero pedir licença para dar este endereço na Internet.
    Que abriga a minha manifestação quanto à dinâmica do PT em Florianópolis. ========================

    http://www.zedirceu.com.br//index.php?option=com_content&task=view&id=15357&Itemid=2

  • Juca Mané diz: 30 de maio de 2012

    Parei em “zédirceu.com.br….”
    Esse militante quadrilheiro não tem mais salvação!

  • Doreni diz: 30 de maio de 2012

    Prezado colunista,

    comento a sua postagem, por conhecer muito bem o processo, admiro a imparcialidade e posso afirmar que as especulações em torno da não decolagem da candidatura de Gean Loureiro, é vaga tentativa de desbancá lo e já não cabe mais, pois tenho acompanhado esse jovem nos seminários do PMDB e posso afirmar que sua aceitação popular é fenomenal, e sua candidatura é irreversível. Não se iludam com velhos discursos de caciquismo, seja do PMDB, do PSD ou PSDB, a verdade que o PMDB da grande Florianópolis derrotou esses caciques, destacando se então, uma nova liderança que se chama Dário Berger, e seu apoio ao Gean se dá por ser político que procura ter as pessoas em primeiro lugar, e o Gean é hoje o pré candidato que melhor representa a sociedade. Quanto sua posição no ranking, aguardemos as próximas pesquisas, e veremos que essa frase “não deslanchou” soa como um posicionamento contrário aos ensejos dos florianopolitanos que estão ansiosos para agradecer ao melhor prefeito que Florianópolis teve, pelos serviços prestados a nossa cidade, respaldando a indicação de Dário Berger, que já está sacramentada também pelo PMDB, e é Gean Loureiro.

  • Juca Mané diz: 31 de maio de 2012

    Esse Dorrémi está, desde já, tentando manter-se nas “tetas” do herário público, e/ou influência nos seus negócios privados. Já está colocando o combalido DEM a (des)serviço desse governo, nas próximas eleições. Transcrevendo para o popular: é o símbolo do “puxa-saquismo” clássico.

  • marcelocardosodasilva diz: 1 de junho de 2012

    …cesar souza (pai da casa FELIZ$$$$$$$, não tem); oxigena campanha de ESCAMbauer; colápso da “EDUCAÇÃO CATARINENSE”!!!????