Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Secretaria emite nota sobre negociações com Sinte

30 de maio de 2012 22

Nota oficial lançada pela Secretaria da Educação dá informações sobre o resultado das negociações com os dirigentes do Sinte. Confira: “A Secretaria de Estado da Educação informa que a Coordenadoria Executiva de Negociação e Relações Funcionais do Estado de Santa Catarina (CONER) estendeu o calendário de negociações entre Governo e Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte). Dois assuntos pautaram o encontro desta quarta-feira, 30: calendário de reposição das aulas e ajustes na tabela salarial sugerida pelo Governo em abril. A proposta apresentada pelo Governo, em relação à reposição, permite cada escola elaborar o seu calendário e encaminhá-lo para análise da Secretaria de Estado da Educação, que fará a avaliação visando ao cumprimento dos 200 dias letivos e 800 horas previstos em lei. Em relação à tabela salarial, foram mostrados os critérios utilizados para os ajustes nos valores apresentados na última proposta do Governo. A Mesa de Negociação continua nos dias 5 e 13 de junho, às 14h, na Secretaria de Estado da Educação.”

Comentários

comments

Comentários (22)

  • Eliana – Mafrerno diz: 30 de maio de 2012

    Agora temos a lei da informação. LEI, o governo tem é que divulgar, assim que pedido qual é a quantia exata que tem para a educação. Agora não tem mais “barriga me doi”
    Sinte, vamos exigir os numeros divulgados. Aí veremosse o Estado não tem como honrar os compromissos assumidos no ano de 2011.

  • leda diz: 30 de maio de 2012

    “Em relação à tabela salarial, foram mostrados os critérios utilizados para os ajustes nos valores apresentados na última proposta do Governo.” Somente palavras evasivas.
    Onde está o avanço visualizado pelo Sinte?

  • Adriana Duarte diz: 30 de maio de 2012

    No meu particular, quanto a reposição das aulas, é não a reposição. O desconto já veio, a falta do dinheiro está sendo agora então voto pela não reposição…. depois… não quero mais dinheiro!!!!! Danem-se os 200 dias letivos!!!!!!

  • Prof Ed diz: 30 de maio de 2012

    Vai pra junho….depois agosto….e por ai vai….

    Promessas e mais promessas vazias….

    Isso tem nome ENROLAÇÃO E MÁ VONTADE….

    O governo não quer negociar nada, eu como varios companheiros de magistério não acreditamos em mais em nada. Chegamos no fundo do poço, agora e ir para sala de aula, com as 60 horas semanais para conseguir sobreviver ate o final do mês, e se conformar com caos que esta instalado neste estado…

    NUNCA PENSEI QUE IRIA DIZER ISSO MAIS DEPOIS DE 10 ANOS DE SALA DE AULA E DUAS PÓS GRADUAÇÕES SINTO VERGONHA DE SER PROFESSOR….

  • Lucia Helena diz: 30 de maio de 2012

    E a luta continua…
    Cada dia me apavoro mais com os absurdos deste secretário. Este homem deveria ser preso por provocar um desgaste tão grande numa categoria e destruir toda uma proposta de Educação e o pior nossos sonhos por uma educação cada vez melhor para nossos alunos … Estou juntando todos os meus atestados médicos desde o ano passado, os calmantes que passei a tomar depois da greve e vou colocar este secretário do Bauer na justiça e acho que TODOS os servidores em licença médica deveriam fazer o mesmo( ação coletiva por danos morais) . Eles não querem pagar o PISO e estão gastando o dobro com tantas licenças médicas: COLOMBO este homem vai colocar a Educação do ESTADO, que já esteve entre as melhores do país, como uma das piores…a falta de professores habilitados MOacir nas escolas é uma vergonha pública e o Ministério Público não toma nenhuma providência ( tem que DETERMINAR ABERTURA DO CONCURSO PÚBLICO)…Jesus que Estado é este?…Desviam nosso dinheiro, não pagam o que é lei, contratam pessoas sem habilitação para tapar os buracos nas escolas e ninguém faz nada… Tanto professor ACT excelente saindo das escolas para trabalhar em outros locais porque NINGUÉM quer mais passar por tantos constrangimentos…Chega a ser humilhante…Colegas de trabalho. Vamos começar a botar nossa cara na rua contra TODOS estes políticos covardes que nada fazem para resolver esta situação.

  • Elizabete diz: 30 de maio de 2012

    Sim, mas e como vai pagar a reposição? Vai continuar descontando nos próximos dois meses? Será que é muito dificil explicar isso? Por favor, o minimo de competência é o que se pede.

  • sandra diz: 30 de maio de 2012

    Meu Deus, será que essa diretoria do sinte, nao percebe a enrolação?…..essas pseudo reunioes com governo virou piada! fico imaginando, o quanto os “negociadores do governo”, nao ficam rindo quando a reuniao termina e os diretores do sinte vao embora. devem rir muito! Pois já falaram que nós professores somos iguais a ratos, basta bater o pé que todos saem correndo. Que vergonha de ser professor!

  • Ivana diz: 30 de maio de 2012

    Já sabemos o final disso tudo,o governo ditando e os professores e Sinte obedecendo,o blá blá é o mesmo de sempre, nunca tem dinheiro para a educacao.Em 30 anos de carreira recebi aumento de salario só através de muita luta e nao vai ser diferente dessa vez… cruzamos os bracos ano passado com a volta para as salas de aula e agora temos que nos calar,certo, ou temos algo mais a fazer??

  • Daniel – Laguna diz: 30 de maio de 2012

    Taí algo que gostaria profundamente de ver, os critérios usados e suas justificativas.
    Concordo Ieda apenas evasivas.
    São dívidas que iniciaram com a famosa ADIN, seguiram com o furto realizado em 2011 e se perpetua com a não aplicação do correspondente a 22,22% sobre toda a carreira do magistério, a partir do extinto plano de carreira, ou devo dizer, da moribunda carreira do magistério e do falecido plano de cargos e, salários do magistério. Não posso considerar avanço, motivação, revitalização e melhoria o frankstein criado por um columbiforme, assessorado por um eletricista e confirmado por uma assembleia de asseclas politiqueiros.

  • Daniel – Laguna diz: 30 de maio de 2012

    E aí Sr. Moacir o que achou do relatório das contas do estado apresentadas pelo TCE?
    A maioria dos itens destacados por vários comentaristas deste blog foram mais uma vez embasados pelas ressalvas do TCE.
    Estamos recebendo estes relatórios anualmente com as mesmas ressalvas por um longo período, pergunto, nada acontece? Descumprir a CF e LDB não gera consequências? E mesmo assim o TCE recomenda aprovação? Cheguei a conclusão que este órgão, TCE, é inoperante ou totalmente desprezível para os gestores, apenas cumprimento de praxis.

  • Professor Indignado diz: 31 de maio de 2012

    Enquanto isso o SC Saúde continua uma verdadeira MERDA…Continuamos pagando um preço alto por consultas e exames na Região Oeste de SC especialmente na cidade de São Miguel do Oeste. De descontar isso ninguém lembra…mas pagar por exames médicos preços exorbitantes e o ressarcimento só acontece se o servidor estiver com os dois pés no cemitério!!! Como dizia um determinado jornalista: ISSO É UMA VERGONHA!!!!!!!!

  • verdadeiro diz: 31 de maio de 2012

    Secretario e governador de bost… !!!! Greve já e por tempo INDETERMINADO !!!!

  • Wime diz: 31 de maio de 2012

    Pois bem Moacir!
    Lembra dos comentários de que a greve foi precipitada!!!! Que o Governo estava disposto a negociar!!! Pois bem, O que o Governo fez após o final da greve. Retalhação, Palavras de ordem e imposição de decretos. Mais as negociações continuam, não é mesmo. E a proposta que o Secretário afirmou neste blog que estaria apresentando nesta quarta-feira, onde está????? Quando seremos realmente tratados como professores? Saiu algumas pessoas indigestas entrou outras ditadoras. E agora!!!!

  • Professor Indignado diz: 31 de maio de 2012

    Falando em SC Saúde liguei no SC Saúde pedindo o ressarcimento de R$ 420,00 de uma consulta e de um exame médico e me informaram que o ressarcim,ento só acontece se o paciente estiver muito mal ou em péssimas condições de saúde. Quer dizer…quando eu estiver morrendo…prá que vou precisar ser ressarcido!!! E agora quem poderá nos defender??????

  • ALVICIO diz: 31 de maio de 2012

    Professor Ed,são 33 anos atuando como professor e nunca me senti tão humilhado,desrespeitado,ignorado quanto agora.O futuro da educação dos catarinense nunca foi tão protelado,veremos nos anos vindouros. Deste governo,educador nenhum sentirá saudade.Quanto as negociações,não teremos avanço algum,o governo vai empurrar com a barriga,vai esquecer do piso no plano de cargos e salários,estamos no mato sem cachorro.

  • ALVICIO diz: 31 de maio de 2012

    A indignação dos professores é enorme,estão sendo tratados como coisas,mas não justifica usar palavras de baixo calão para expressar sua indígnação,vamos manter a boa educação.O governo nos trata com indiferença,vamos dar o troco de forma elegante,uma boa hora de nos vingar é não promover festas para arrecadar dinheiro para reformar escola,comprar equipamentos,etc.

  • A MESA DE NEGOCIAÇÃO É DE PEROBA & CANELA diz: 31 de maio de 2012

    SEM COMENTÁRIOS

  • E o salário, óh! diz: 31 de maio de 2012

    E a mídia que nos chamou de precipitados, de radicais por entrarmos em Greve e não negociar antes, o que dizem agora? Vão ficar só emitindo notinha do governo? Não vão cobrar nada do governo como nos cobraram a volta às salas de aula? Está cada vez mais claro por que as escolas recebem tantos exemplares de jornais!!!

  • Estela diz: 1 de junho de 2012

    A respeito dos comentários sobre o SC Saúde… Sou moradora de Campos Novos. Precisei fazer um procedimento (ressonância magnética) e fui prontamente atendida pelo SC Saúde.

  • Professor São Tomé, SÓ ACREDITO VENDO… diz: 1 de junho de 2012

    MAQUIAVEL FAZENDO ESCOLA NO CENTRO ADMINISTRATIVO!!!

    CUIDADO…

    Com essas normativas PUNITIVAS de descontar os dias parados e não dar autonomia as escolas para as reposições das aulas, o governo quer mostrar aos professores que estavam receosos de aderirem a greve [[OLHA O QUE PODE ACONTECER COM VOCÊS SE ENTRAREM EM GREVE!]].

    ISSO É PEDAGOGIA DO MEDO E DO TERRORISMO…

    E essas negociações ENGODOS que andam em círculos, não se iludam, **se** houver algumas mudanças serão paliativas e ínfimas, que não alterarão a situação do achatamento da carreira, QUE O PRÓPRIO GOVERNO E SEUS LACAIOS DA ALESC COM A VERGONHOSA PLC/026 enfiou goela abaixo no magistério.

    No magistério catarinense o clima é de frustração, desalento, raiva, desesperança, omissão, descaso, humilhação…

  • rita de cassia diz: 4 de junho de 2012

    Meu Deus que horror!!! Quanta frustacao e desanimo, categoria desvalorizada, Governantescolocam mentiras na midia, deixa a educacao falir de vez….isso que os governantes querem povo ignorante, povo infeliz. gOVERNO MENTIROSO. tristeza total, Sinte que nao esta nas escolas??????? Sinte que vive do salario dos professores????? TRISTEZA. lAMENTACAO, DIRETORES QUE SAO ALIADOS DO GOVERNO E CONTRA OS PROFESSORES.Qual a saida?????? Sair do magisterio.

  • sonia maria vale diz: 10 de junho de 2012

    Meu conselho para quem está iniciando ou pensa em ser professor: CAI FORA ENQUANTO HÁ TEMPO!!!! Tem tantas outras profissões q são valorizadas…. Só vão valorizar o professor qdo NINGUÉM mais quiser ser……….