Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Auto-escolas voltam a funcionar

31 de outubro de 2012 2

Deputado Darci de Matos(PSD) prevê para esta semana o funcionamento dos 93 Centros de Formação de Condutores (CFCs) que estavam impedidos de aceitar novos alunos.
– Isto acontecerá porque o Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Santa Catarina (Sindemosc) solicitou ao Tribunal de Justiça a desistência da ação civil pública e do agravo de instrumento que move desde 2011 contra as escolas credenciadas depois da publicação da lei que regulamentou o setor – disse o parlamentar.
Completou: “O Tribunal deferiu o pedido e agora há a possibilidade da normalidade voltar às auto-escolas enquanto a Assembleia Legislativa discute o Projeto de Lei 319/2011, que está em tramitação, e que regulamenta definitivamente os CFCs. Eu tenho acompanhado esta questão desde o início e o nosso objetivo é manter um serviço de qualidade na formação dos motoristas.”

Comentários

comments

Comentários (2)

  • walmor diz: 1 de novembro de 2012

    Auto-escolas, transporte coletivo e box do mercado público, como é difícil realizar licitação, mesmo que prevista em Lei. Assim foi com a sucessão nos Cartórios, mesmo a Constituição de 1988 prevendo o concurso público e o STF ter se manifestado pelo cumprimento da Constituição, o assunto mereceu muitas ações na justiça e liminares, e somente agora depois de mais de vinte anos parece que o assunto está resolvido. Como é difícil neste país acabar com algumas capitanias herediárias existentes.

  • Paulo diz: 2 de novembro de 2012

    Ontem, dia 01 de novembro viajei 500 km pra participar da Audiencia Publica realizada pelo Detran/SC em Florianopolis que visava discutir sobre o procedimento da tal licitacao. Decepcao total, o que todos que se fizeram presentes apenas viram a leitura de um edital que já está pronto desde 2010, quando este mesmo foi impugnado pelo TCE/SC. Meu deus, até quando essas pessoas responsaveis por esse setor no DETRAN vao insistir com um a coisa que novamente nao vai dar certo?
    O comentário do Sr Walmor acima, cita o concurso dos cartórios que demorou um tempo mas saiu, por que nao fazer concurso publico pra esse servico tbm?
    No edital falasse sobre “MELHOR TECNICA”, ora, melhor tecnica nao seria melhor conhecimento/dominio do assunto?
    Entao se fazendo concurso publico se classificariam as pessoas mais preparadas, ou nao?
    Seria tao simples, ou tem gente grande que tá com medo de nao passar e ter que sair do mercado?