Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Novo partido politico em SC

31 de outubro de 2012 14

Fernando Ritter envia e-mail para comunicar que deu-se inicio ao processo de fundação do PAN-Partido Aliança Nacional em Florianópolis. Em novembro vai ser realizada a assembleia geral que oficializará a criação da entidade.

Comentários

comments

Comentários (14)

  • Gualberto Cesar dos Santos – FLN/SC diz: 31 de outubro de 2012

    Há meses postei aqui que um passarinho havia me dito que nasceria uma nova legenda aqui, em SC.
    Está no BLOGUE.

  • Cláudio diz: 31 de outubro de 2012

    Nos Estados Unidos da América existem mais de setenta partidos políticos, muito mais que aqui. O nosso problema não está na quantidade e sim na qualidade.

    Alguns exemplos de partidos políticos norte americanos:

    Partido Democrata
    Partido Republicano
    Partido Verde
    Partido Libertário
    Partido da Reforma
    Partido da Constitituição
    Partido “Nós, o povo”
    Partido dos Trabalhadores do Mundo
    Partido Trabalhista dos Estados Unidos
    Partido das Famílias Trabalhadoras

  • Matheus Madeira diz: 31 de outubro de 2012

    Mas não existe um PAN? Partido dos Aposentados da Nação?

  • Upiara Boschi diz: 31 de outubro de 2012

    Sem falar que não há horário eleitoral gratuito.

  • MENDONÇA diz: 31 de outubro de 2012

    POR ACASO, FUNDAR PARTIDO VIROU UM BOM NEGÓCIO, COMO FUNDAR UMA IGREJA?????????

  • Dr. Lemos diz: 31 de outubro de 2012

    Sugiro que na próxima eleição, o horário eleitoral gratuito seja de 02:00h. Um passarinho também me contou que em 2016 para a prefeitura, este novo partido terá “Dário Expulso de Floripa e São José Berger” como candidato a prefeito em Floripa.

    A escolha do vice está concorrida, pois terão os seguintes déspotas esclarecidos: Mário Cavalazzi, Wilson Rosalino, Gui Pereira, Mário Cavalazzi, Paulo Afonso, Djalma Berger, Pinho Moreira e Ideli Salvatti.

    Que time, em…..Meu Deus!!!

  • sergio diz: 31 de outubro de 2012

    Mais um PSD. vem afirmando que é novo, com figurinhas carimbadas na política e aliado aos dinossauros…Durma com mais essa…Ufaaaaaaaaaaaaaaa

  • José Silva diz: 31 de outubro de 2012

    Caro Colunista, confesso que eu preferiria ler nesta coluna, não somente notas de assessorias de partidos, análise de politicos e notas dirigidas, mas uma analise mais profunda do processo eleitoral, que acabou de mostrar dados inéditos, registrando uma das maiores abstenções e votos nulos e brancos, dar espaço e questionar o Tribunal Eleitoral, que emita uma analise do significado e das consequencias destes numeros, quem sabe tambem nos esclarecer tambem uma duvida elementar sobre de onde sai e saiu os custos milionários desta eleição, saber quem e quais as empresas investiram em cada um dos canditatos da capital e qual o montante afinal disto, saber tambem qual o valor total do dinheiro público que foram gastos, neste pleito, nos veiculos de comunicação, principalmente nas televisões, quais os numeros dos custos do tal horário eleitoral gratuito (?), se estes recursos que vem do governo são divididos igualmente com todos os veiculos de comunicação. Mesmo sabendo que a coluna tem sua própria linha editorial, considere como sugestões, pois são temas que considero interessante para o maior entendimento da industria da democracia brasileira, que, em geral, só permite ao cidadão comum o direito do voto no dia do pleito, e o exclui do processo de participação, acompanhamento e fiscalização dos poderes delegados pelo voto …como se fosse, apenas e tão somente uma final de campeonato, onde os protagonistas são os representantes de grupos economicos e de associações de classe e sindicatos, e a população, em geral, são só meros figurantes…saudações

  • João Vianei diz: 1 de novembro de 2012

    Isso é reflexo direto da lei de fidelidade partidária. Os mandatos, como todos sabem, são dos partidos, não dos eleitos. Ai os insatisfeitos em seus partidos, criam um novo partido e escapam das garras da lei, haja vista que é o único modo de sair do partido no qual foi eleito e não perder o mandato. Pelo andar da carruagem em breve teremos no Brasil centenas de partidos…

  • Metheus diz: 1 de novembro de 2012

    Moacir!

    Vão mamar com o recebimento de COTAS (DIM-DIM) oportunas para LEGENDAS de Partidos Políticos.

    Isso é igual a ABERTURA de Igreja/Tempo/Terreiro, entre outros.

    Vem grana boa Moacir, além do Loby, é CLARO.

  • angela diz: 1 de novembro de 2012

    É A MANEIRA QUE ENCONTRAM ,DE MAMAR NAS TETAS DOS TROUXAS!!!!!!!!!
    NÃO SE CRIAM MAS RECEBEM!!!!!!!!!

  • Wladimir Crippa diz: 1 de novembro de 2012

    Caro Moacir,

    Aproveito tua nota para informar que também em Florianópolis, dia 23 de novembro, será realizada a Assembleia Estadual para eleger a primeira coordenação estadual do Partido Pirata (PIRATAS).

    O Partido Pirata foi fundado no dia 28 de julho, em Recife, em convenção que reuniu 115 pessoas, de 15 estados brasileiros. Defende os direitos e as liberdades civis, ameaçados pela indústria do copyright e das patentes; a transparência na atividade política e na gestão do Estado, utilizando-se as ferramentas da tecnologia da informação; os direitos humanos, das mulheres, a diversidade e a ação do Estado para assegurar estes direitos.

    É um movimento que surgiu em 2006, na Suécia, onde foi fundado o primeiro partido pirata por Rick Falkvinge, que esteve inclusive na nossa convenção, e já se espalhou por quase 50 países.

    Conta com dois deputados no Parlamento Europeu, 43 deputados estaduais na Alemanha, um prefeito no mesmo país, outro na Suiça e elegeu há duas semanas um senador na República Tcheca.

    Todos e todas que acreditam que o atual sistema representativo está falido e precisa ser radicalmente modificado, introduzindo elementos da democracia participativa e mesmo democracia direta, estão convidados a somar nesta construção. Mais informações em http://www.partidopirata.org e http://www.piratasc.org

    abraço,

    Wladimir Crippa, Executiva Nacional do Partido Pirata

  • José Marques diz: 8 de novembro de 2012

    Eu gostaria de obter mais informações sobre este novo partido.