Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Uma nova tríplice, à esquerda

31 de outubro de 2012 24

O senador Luiz Henrique (PMDB) já tem mostrado seus planos para a nova tríplice aliança aos mais chegados. Raimundo Colombo (PSD) seria candidato à reeleição, o PMDB seguiria com o cargo de vice-governador (mantendo ou não Eduardo Pinho Moreira na vaga) e Ideli Salvatti (PT) disputaria o Senado — todos apoiando a reeleição de Dilma Rousseff (PT).

E o PSDB? Fora do barco, tocando o projeto presidencial do senador Aécio Neves (PSDB-MG). E o PP? A primeira suplência do Senado, se quiser.

Comentários

comments

Comentários (24)

  • sergio diz: 31 de outubro de 2012

    Caso o Ponticelli seja agraciado com a presidencia da Assembleia, acho bem provável que o PP , e aqui entende-se po PP(PONTICELLI_ PONTICELLI) se curvar aos planos de LHS.Pois até o 15 ele já colocou no peito nesta última eleiçâo.Com certeza os inimigos da educaçâo estarão todos juntos por Santa Catarina..Ave Maria………

  • Gualberto Cesar dos Santos – FLN/SC diz: 31 de outubro de 2012

    Corroboro, porque tem tudo a ver com as postagens que venho efetuando aqui. Uma leitura que se pode fazer ao longo de anos antes e, que são aplicáveis para o futuro, até “Deus Permita”.

  • Pedro Paulo de Miranda diz: 31 de outubro de 2012

    Boa tarde!

    Organizações Tabajara.

    Abraço!

  • Sérgio diz: 31 de outubro de 2012

    Pelo que estou lendo Moacir, em Santa Catarina não havera mais oposição, tudo situação, caso único no mundo. Levando em conta o esquema que Lula e o Planalto estão montando, oposição só com o ¨sem motivação ex governador mineiro, Aécio Neves¨.

  • eliana-mafra diz: 31 de outubro de 2012

    nesse caso, é melhor o PMDB se preparar para ter uma redundante derrota. Já que o Mandrião-mor não consegue administrar o Estado. Coisa vista e comprovada.

  • Dr. Lemos diz: 31 de outubro de 2012

    Na Ideli eu não voto.

  • Observador diz: 31 de outubro de 2012

    Está mais para a famosa AST do Amin/Jaison na década de 90.
    Como dizia Osnar Cunha: Tudo farinha do mesmo saco…

  • Osvaldo Peixoto diz: 31 de outubro de 2012

    Oposição é quem fica de fora do acordão. Estatutos, ideologias etc já eram…
    Antigamente o slogan era – o negócio é ser cliente do Besc – lembram ???
    Hoje o negócio é se manter no poder a qualquer custo.

  • walmor diz: 31 de outubro de 2012

    Com essa grande coalizão esses senhores querem montar, só estão ajudando ao PT no seu projeto de poder a longo prazo. Quem imaginaria que um dia o pessoal que saiu do DEM para fundar o PSD, fosse se aliar ao PT. Não consigo imaginar o Dr. Jorge num mesmo palanque com a Ideli e cia pedindo votos para o candidato do PT a Presidente. E nós eleitores e filiados aos partidos nunca somos ouvidos ou consultados sobre essas alianças esdrúxulas, tudo se resolve em salas fechadas com pequenos grupos, com vistas apenas a se aproximar do poder e de suas benesses. Querem dizimar a oposição e criar o Partido Único, ou seja o Partido do Governo-PG. Só que já vivemos isso num passado recente, a população se cansou de tudo e deu vigor ao PT que na época era oposição forte ao sistema vigente. Com essa grande coalizão que querem montar, sem querer estão ajudando a preparar um novo substituto para o PT de antigamente, e esse partido vai acabar sendo o PSOL, que representa a parte mais a esquerda que sobrou do velho PT, e que tem se destacado na oposição, tendo inclusive eleito já um Prefeito de Capital. O resultado dessa arriscada manobra política para o futuro da democracia brasileira é uma icógnita, só o tempo dirá quem estava certo. Por essas e outras, é que o país está necessitando de uma profunda reforma política, para que os partidos voltem a representar a vontade de seus filiados e eleitores, e não só a vontade da cúpula dirigente como acontece hoje.

  • E o salário, óh! diz: 31 de outubro de 2012

    Leva ele Ulisses!!!

  • joao gabriel rempel diz: 31 de outubro de 2012

    Caro Moacir eu li este artigo e penso que esta aliança só irá demonstrar um principio atribuido a Maquiavel: “Os fins justificam os meios”. Não admitir essa coligação é um absurdo. Não dá pra aceitar e nem sequer chamar essa aliança de esquerda. Ora, percebemos que ambos os partidos estão muito mais alinhavados com projeto liberal do que socialista.

  • Sobrenatural diz: 31 de outubro de 2012

    Esse manda.

    Quem não obedece, Roda.

  • sergio diz: 31 de outubro de 2012

    A admiradora do Colombe e anti-petista ainda não se pronunciou sobre os abraços e beijos de PSD e PT e PMDB..Aguenta coração porque a razão está doente……..

  • Altair Lisboa diz: 31 de outubro de 2012

    É tudo que o Amim quer pra voltar ao poder, pois esse “boca mole” do Colombo não se elege nem pra síndico do prédio dele e o PMDB não tem ninguém pois o Pinho “coitado” é outro fracasso. E desse forma o governo cai no colo do Amim ou Pavan, coisa horrorosa! Tamos mal de polícos mesmo.

  • Alexandre S. diz: 31 de outubro de 2012

    Esse povo do PSD está conseguindo se “vender” como esquerda e socialista, e com a contribuição da imprensa.

  • cesqr dos santos diz: 1 de novembro de 2012

    caros, estamos diante de uma corja que apenas quer poder e dinheiro, e nada mais. Parmem, até prece que o Governo esta bom, sem problemas. Esse nogo partido psd é para seus caciques juntar dinheiro, pois no governo só passam projetos milionarios onde tem dedo do psd, podem verificar. Esse colombo, vai ser apelidao de colombina logo logo, pois é um banana, tudo ele aprova. Fazem gato e sapato dele. Estamos ferrados mesmo. Tomara logo surja um novo lider politico, do nada, tipo uma Dilma da vida, mas claro, que não seja do PT, muito menos de PMDB, PSD, PP ou PSDB, esses partidos de politicos velhos, sujos e ricos nao kerecem mais o poder. Força pequena oposição, criem um lider para afrongar estes partidos que so querem poder e dinheiro. Eu apoio essa ideia!!!!!!!

  • andre souza de lima diz: 1 de novembro de 2012

    Essa cacalhada se merece!!!

  • Leon diz: 1 de novembro de 2012

    Mas aí quem seria a oposição? Do jeito que as alianças estão acontecendo em SC, não haverá mais oposição, todos serão situação. Se PSD, PT, PMDB e PP estiverem juntos, só resta o PSDB de partido grande, que não terá força para eleger ninguém. Ou seja, esse quarteto aliança de Luís Henrique já está eleito. Quem terá peito para disputar vaga com eles? Sinto muito, mas prefiro coligações menores, onde não haja tanta mistura de princípios e interesses.

  • Fernando G Trindade diz: 1 de novembro de 2012

    Com satisfação leio a notícia da possibilidade de uma coligação formada por PSD/PMDB/PT para as eleições majoritárias em 2014 em Santa Catarina. Espero que dê certo.
    O Brasil só seguirá mudando se for consolidada uma forte aliança de centro-esquerda, sem radicalismos.
    Por outro lado, o PSDB demonstrou que tem força em SC. Veja-se a eleição em Blumenau e pode formar uma chapa competitiva com DEM e PPS.

  • Gilmar bnu diz: 1 de novembro de 2012

    Senhor Moacir, no brasil tem tantos partidos politicos, que os proprios integrantes não sabem para que serve o seu partido.

    A eleição no brasil democratico de direito, deveria proibir qualquer coligação antes da eleição, para isso existe a legenda partidaria, isso é uma incontituicionalidade moral, se juntar para vencer, e deveria ser abolida pelo STE.
    Após a eleição dos candidatos nos referidos partidos, fazer acordos de governabilidade, é o correto,faz parte do processo, mas antes da eleição, é uma trapaça com os votos dos brasileiros, e quem não tem capacidade de andar sozinho numa eleição, que não se estabeleça !!!

    Peço para os SENADORES e DEPUTADOS FEDERAIS, que se faça um projeto que os partidos não possam trapacear com o voto do eleitor brasileiro, pois estão manipulando o voto do eleitor, ilegamente… pois ele vota em alguém indiretamente que ele não quer !!! E isso é inconstitucional com o direito de votar em quem se escolhe, precisamos que alguém faça alguma coisa, para que eu possa exercer o meu direito de votar em quem eu quero.

    Um abraço senhor Moacir sempre admirei a sua carreira de jornalista.

  • professor José Germano Cardoso diz: 1 de novembro de 2012

    O Congresso Nacional não tome providências para uma reforma ampla e irrestrita político-partidária ou teremos em um futuro brevíssimo um novo partido… PIB! Partido da Ira Brasileira !!! Já atua na clandestinidade e ninguém quer ver o tipo de ousadia criminal generalizada em todo território nacional… Não é só reforminha de pesquisas com quer LHS, tem que ser reforma de cabo a rabo… e para valer em 2014. Está em risco copa, olimpíades ( vergonha aprovarem alcool dentro dos estádios! ), reeleição de Dilma…

  • angela diz: 1 de novembro de 2012

    ISSO NÃO É TRÍPLICE , SEU MOACIR!!!!!!!!!!!
    É TRIPA, CHEIA DE ………..

  • Murdok diz: 2 de novembro de 2012

    Tai o MDB abrindo as pernas pra ARENA.

  • Anderson diz: 2 de dezembro de 2012

    Caso ocorra mesmo tal coligação do PSD com PT o governador perdeu meu voto.Vejo que esta fazendo um bom governo, só não ve alguns professores chorões que não tem amor ao que fazem e só pensam no financeiro! se acham ruim o que ganham, vão trabalhar no comercio pra ver! idem ao pessoal da saúde…