Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cesar Junior divulga os últimos dois secretários

28 de dezembro de 2012 2

O prefeito eleito da Capital, Cesar Souza Junior (PSD), completou agora há pouco seu secretariado. O pessedista anunciou que Rafael Hahne será o secretário de Habitação e José Luiz Coelho o de Finanças.

Hahne é o atual diretor de obras da Secretaria de Obras da Capital. Coelho é o diretor financeiro da Câmara de Vereadores de Florianópolis.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Giffoni diz: 28 de dezembro de 2012

    Como eu ia dizendo, caro Colunista, mais do mesmo. Desde sempre. Depois, querem que a população acredite em futuros milagres. Nada disso: mais do mesmo, sabem as ostras, é menos. Muito menos.

  • Luciano diz: 30 de dezembro de 2012

    Prezado Moacir, antes de tudo, te desejo um bom fim de ano.
    Estou preocupado com os destinos da nova adiminstração municipal. Os eleitores optaram por não dar continuidade a administração do atual prefeito, rejeitando o candidato por ele indicado. Até entendo que aproveitar um ou outro da atual administração poderia não alterar muito os ojetivos do novo prefeito, mas manter pessoas da administração anterior em pontos chave na nova administração frustra as expectativas de mudança que o eleitorado optou. Chega a ser um contra senso ter tantos candidatos a prefeito com gastos altíssimos com campanhas eleitorais. Uma candidatura única com todos os partidos existentes já encaixados seria uma coisa muito mais honesta para com o eleitor. As pessoas podem dizer que seria um atentado contra a democracia, mas eu te pergunto que tipo de democracia é esta que o eleitor faz a opção pela mudança mas o candidato eleito por causa do desejo de mudança faz a opção pelo continuismo?
    Da forma que esta nominata de secretários está montada, mais parece um lotamento de cargos entre partidos, inclusive chamando partidários do atual prefeito para ocupar pastas ou mantendo-os em pastas já ocupadas. Talvez eu esteja com miopia política, mas parece que César Jr quer garantir a governabilidade a qualquer custo. Continuando com a minha miopia política, penso que seria muito mais barato para o novo prefeito buscando um partido fora da coligação para aliança.
    Outra coisa, aqui mesmo no teu blog, postaste que o prefeito César optaria por ter técnico ao invés de politicos ocupando pastas. O que é que estamos vendo? O nascido e criado na ilha João BAtista Nunes ocupar a pasta de secretário do Continente, o professor Rodolfo voltando a ocupar a sec municipal da educação, não entro no mérito da competencia do professor, mas eu pergunto aos prefeito César, não haveria gente dentro dos quadros do psd e do pp com competencia para ocupar a pasta da educação? No caso do João Batista eu compreendo que ele apoiou o César, e seria natural acomodá-lo em algum órgãod prefeitura, mas ele não é do continente, não mora lá! Quanto ao professor Rodolfo, foi candidato a vice da chapa do Gean Loureiro. isto seria motivo mais do que suficiente para não ser sequer cogitado para qualquer cargo na nova administração, e isto sem revanchismo, mas por opção politica que foi a de mudar, e no meu entendimento mudar é renovar!
    Eu sou contra voto nulo, mas já estou cogitando este tipo de atitude, pois se o candidato eleito como alternativa, mudança e renovação não respeita a vontade do eleitor em muda, resta a anulação do voto para os próximos pleitos, pois esta não faz conchavos com ningúem!