Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ideli aposenta-se no Senado

28 de dezembro de 2012 32

Espalhando-se nas redes sociais como rastilho de pólvora o ato de aposentadoria da catarinense Ideli Salvati como ex-senadora.   Publicado no Diário Oficial de ontem, que circulou hoje.  A assessoria  da ministra informou que o ato da Mesa do Senado substitui a aposentadoria de Ideli como professora da rede pública estadual.  Vai receber o equivalente a 8,35 dos subsídios dos senadores. Equivalentes a cerca de R$ 6.000,00. Brutos.

Comentários

comments

Comentários (32)

  • Giffoni diz: 28 de dezembro de 2012

    Não “alcancei” o sentido do espalhar-se como rastilho de pólvora: se a dona Ideli está sendo assim aposentada é porque a legislação assim permite. Portanto, o que iria a dona Ideli explodir com a sua aposentadoria? Sem conta que, no caso, ela está trocando uma aposentadoria (como professora), por outra, donde temos que (a) a sua aposentadoria como professora é menor que 6.000,00 e (b) que os tais 6.000,00, não são nenhum “espalha rastilho de pólvora”. A não ser para os demarenistas de sempre que, sabem as ostras, costumam aposentar-se com milhões e outras milongas mais.

  • Ivan Pimentel diz: 28 de dezembro de 2012

    Quando alguns deputados estaduais quiseram fazer valer uma lei semelhante em SC, o PT ‘caiu de pau’, fizeram o maior estardalhaço. Quero ver, agora, defenderem a aposentadoria da ministra Ideli na tribuna.

  • Zezé diz: 28 de dezembro de 2012

    A nota não está clara. Aposentadoria estadual não tem nada haver com federal… ? Que “misturança do canema” !!!

  • Lucia diz: 28 de dezembro de 2012

    Eu também quero uma regalia dessas. Aliás, ela receberá retroativos, não é? Também tenho direito a retrativos do governo estadual, que me deve o piso…Receberei? Dois mandatos? Aposentadoria de 6.000? Jesus, Maria, José…

  • angela diz: 28 de dezembro de 2012

    ISSO É UMA VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!
    NOS OUTROS PAÍSES NÃO É ASSIM!!!!!!!
    COM TANTO , QUE SUMA DA VIDA POLÍTICA , JÁ VALE A PENA DE PAGAR ESSA CONTA!!!!!!!!!!

  • Sérgio Faust diz: 28 de dezembro de 2012

    E o que é que tem de mal nisso? Sabe quantos brasileiros durante suas vidas conseguem chegar ao Senado? Façam a conta. Substituir aposentadoria por uma proporcional, que mal faz isso. Não concordo é com pensão vitalícia para governador que não completa sequer um mandato, ai sim, um absurdo. R$ 6.000,00 bruto, com os devidos descontos chega a quanto? Nada estarrecedor. O que se deve indagar é o salário de professor, que ainda é baixo e relutam para pagar.

  • Wilson Miranda diz: 28 de dezembro de 2012

    Engracado que ele pode se aposenar com 8 anos de trabalho. Numa teta dessas só mamam os sem ética. Por isso já pagamos 1 trilhao de tributos este ano.

  • Cláudio diz: 29 de dezembro de 2012

    Como membro honorário da quadrilha dos PeTralhas, nada mais justo.

    Podemos não ter visto o fim do mundo, mas com certeza veremos o fim do Brasil nas mão dessa politicalha. Todo poço tem fundo, uma hora eles chegam lá.

  • Júlio Cézar Sampaio Teixeira diz: 29 de dezembro de 2012

    È ilegal? É imoral? Se nenhum dos dois, fez o que todos fariam, pois a aposentadoria de professora certamente seria 1/5 da do Senado. Isso demonstra o grande descaso com a Educação e o enorme benefício concedido aos ex-detentores de mandatos eletivos, mesmo que por apenas 4 ou 8 anos. País Rico é País Sem Corrupção, o que infelizmente ainda não vimos.

  • kleber ghedin diz: 29 de dezembro de 2012

    PELO MENOS NÃO ACUMULA SALÁRIOS…….SERÁ? A ATITUDE DOS POLITICOS SEMPRE SÃO QUESTIONÁVESI…..

  • Rafael Araújo diz: 29 de dezembro de 2012

    Seria bom ter a confirmação do IPREV se o ato de desaposentaria foi realmente feito!

  • Lourival Afonso diz: 29 de dezembro de 2012

    Sra. Angela, há muito tempo sabemos que Vossa senhoria detesta petista é assumidamente demarenista, uma opção e devemos respeitar. Porém, como bem frisou o Sr.Giffoni, os demaristas sabem muito bem o caminho das pedras e são muito hábeis em se aposentarem precocemente e com polpudas aposentadorias. Exemplo clássico, público e notório foram as escandalosas aposentadorias da AL onde alguns se consideraram inaptos para o serviço público e no entanto gozam de boa saúde, alguns até hoje são surfistas e maratonistas. Para vossa senhoria tudo na politica atual é ilegal, imoral e lhe causa repulsa.Porém se vossa senhoria analisar a politica de nosso estado desde a ditadura, vai perceber que uma certa minoria se locupletou com o suor do povo e principalmente do funcionalismo público. Alias, tem funcionário público indo trabalhar de bengala porque embora com tempo de serviço, não pode se aposentar porque vai passar fome devido o grande número de penduricalhos no contracheque, herança dos governos passados que vossa senhoria tanto defende. Para os demaneristas vale o ditado popular ” farinha pouca, meu pirão primeiro” é só ver a origem partidária do ex presidente da AL Sr. Merisio que no apagar das luzes permitiu que ele e seus pares fossem beneficiados com ” auxilio moradia” com efeito retroativo. Enquanto que no governo “DEM” de Vilson Kleinubing o mesmo beneficio foi cortado porque causava impacto na folha de pagamento. A grande diferença é que os atuais beneficiados pertencem a elite, enquanto os ex beneficiados são os pobres funcionários público.

  • José Silva diz: 29 de dezembro de 2012

    Isto que se chama de uma quadrilha bem montada, tem até defensores muito bem pagos nas redes sociais, que defendem o indefensável, e até se justificam, baseados tão somente no que agora chamam de legalidade, na procuração pelo voto, na aceitação popular e tambem, pasmem, nos atos dos grupos antecessores, que chamam de direita, e que até então combatiam, numa lógica maquiavélica sem igual, aliás, só eles, na sua lógica insana e doentia, justificam seus atos, se é que justificam a si próprios, em algum momento de lucidez moral e ética.

  • Claudio Antonio Stiegler diz: 29 de dezembro de 2012

    É justo. Se a lei permite, concordo. Em tempos onde as decisões do STF são ovacionadas pela mídia (principalmente em relação ao mensalão), é esperado um artigo que metralhe alguém ligado ao PT. É vitrine certa.

  • Luiz Eduardo diz: 29 de dezembro de 2012

    Coisas do Brasil!!!!! Dois mandatos e aposentadoria,,,,,a lei permite,,,,agora,se fosse o partido da Sra.em questão da oposição já estariam criticando,que seria
    uma ofensa a classe trabalhadora,,,e agora que é com um membro do seu partido,,,,,,,,,,,,o que não faz o poder,dinheiro,joga-se todo idealismo,princípios
    …..o poder corrompeu o PT!!!!!!!!!!!

  • Pedro diz: 29 de dezembro de 2012

    Giffoni e Sérgio Faust…é mais uma tentativa do PIG, do Joaquim Barbosa/STF, da direita para ‘macular’ o legado do Lula…kkkk…vcs são patéticos… por isso não ganharam nenhuma prefeitura com peso político em SC. Vcs estão se extinguindo, não perceberam? Aliás, como está o processo do TCU sobre a compra das lanchas do Mnistério da Pesca? Também é invenção do PIG? De que vivem(salário) os dirigentes petistas de SC? A Ideli pediu a aposentadoria maior pq sabe q não consegue sequer
    se eleger deputada estadual, quiçá vereadora de Fpolis.

  • luiz carlos diz: 29 de dezembro de 2012

    Acho voce um tremendo sacana. Nunca falou de aposentadoria de politicos do PSDB, PMDB, DEM . e tantos outros que devem usufruir do mesmo quinhão. Agora porque e o do PT sempre tem uma notinha pra sacanear o partido. Uma coisa e certa enquanto o Sr. estiver fazendo comentário negativo sobre o PT, e porque o PT ta no caminho certo. So me preocuparei quando voce estiver falando bem do PT, ai sim estarei preocupado.

  • luiz carlos diz: 29 de dezembro de 2012

    continunado………. eu sei porque dessas notinhas pra falar do pt. e porque da ibope, e so olha ro numero de comentários que existem nas outras notinhas…………e uma questão matematica. Falar mal do PT da ibope.Pro bem ou pro mal.

  • Guyfawkes diz: 29 de dezembro de 2012

    O argumento dos Srs Giffoni, Sérgio Faust e Claudio Stiegler é:

    “Roubamos sim, fazemos falcatrua sim mas eles também fizeram e foi muito mais que nós”.
    Outro discurso comum deles é “roubamos sim, aparelhamos o estado sim, mas nós fazemos justiça social e eles não”
    O contribuinte não tem nada haver com isso. Os aspones de cada lado do espectro político ficam brigando para ver qual lado é o mais sacana e desonesto, afinal o que está em jogo é a boquinha.
    QUE SE VAYAN TODOS!

  • Zezé diz: 29 de dezembro de 2012

    Tudo a ver sim mestre Moa, com a boa pedagogia, a sua forma delicada de colocar a gente na linha. Nada haver agora a senadora do crédito que possui de fato e de direito. A falta de clareza referida é sobre o 8,35 de subsídio… fiquei a pensar se percentual ou milhões. Ao olhar-se os comentários deduzimos que a construção da democracia dá pano para manga!!! Importa se ela apareceu descabelada outro dia na televisão… ? Esse pesoal que não reconhece os próprios erros, que fica garganteando que todo mundo é ladrão é temerário! Porque ela tinha haver. Estes falastrões como rastilho de pólvora é que não têm nada a ver… foi professora e esperaríamos que a cidadã fosse uma tolóide ? Não podemos aceitar é quem rouba.

  • Sebastião Ribeiro dos Passos Costa diz: 29 de dezembro de 2012

    Ótimos comentários, em sua grande maioria. Porém, cada extravagancia que é praticada em nosso Brasil (parece-me certo, que esteja chegando ao “fim” do poço) – conforme enfatizou o Senhor Cláudio (no dia 29) – culpam-se as “Leis norteadoras de cada matéria” que sempre dão uma “valvula de escape” para um bom e astuto operador do Direito explorar.

    Falemos, de respaldo, da Lei 8.13/91 (previdenciaria) que DEFINE o “AUXILIO RECLUSÃO” a cada filho menor que tenha o presidiario, na base de +/- R$ 900.00 por mes; enquanto os filhos da vitima nada tem, salvo, se o mesmo tiver contribuido para o INSS – Instituto Nacional de “Segregação” Social e, assim mesmo conforme a sua contribuição que, na maioria das vezes é sobre SM (R$ 678,00 a partir do mes de Janeiro/2013) e, pasmem, é só um SM para todos os seus dependentes.

    Isto é que é um ABSURDO, que nada mais é do que um franco, “legal” incentivo à CRIMINALIDADE!!!!!?????.

  • Walmor diz: 29 de dezembro de 2012

    Esqueceram de citar que como ex-Senadora, vai ter plano de saúde por toda a vida, pago pelo Senado é claro, ou seja com o dinheiro de todos os contribuintes brasileiros. Enquanto isso a saúde pública encontra-se literalmente na UTI, com pessoa morrendo a espera de atendimento por causa do médico de plantão que não compareceu ao trabalho, isto aconteceu no Rio de Janeiro, Estado que vai sediar a final da Copa do Mundo 2014, e que está investindo 1 bilhão na reforma do Maracanã, mas quem vai se importar com o péssimo atendimento prestado a população nos hospitais públicos deste país, se eles tem plano de saúde completo e a qualquer problema mais sério se dirige a São Paulo para atendimento em seus Hospitais de Ponta.

  • Barão diz: 29 de dezembro de 2012

    Bem que a Exma. Sra. Ministra poderia aproveitar para se aposentar também da política e parar de fingir que representa os interesses de Santa Catarina. Se tem algo em que nosso Estado é realmente o ZERO da 101, com certeza é na influência política em Brasília. Enquanto isso, PR e RS sempre ficam melhor posicionados na divisão do bolo, mesmo com fortes lideranças de oposição (ou o que resta dela) contra o Governo. A aposentadoria dela é o de menos, pior é o pouco empenho para defender o Estado adotado por ela.

  • Liz diz: 29 de dezembro de 2012

    Olha, não vejo a notícia como algo que poderíamos nos estarrecer. Pelo amor de Deus! a aposentadoria vitalícia dos ex-governadores de SC de mais de 24 mil reais, não parece dar azo a “rastilho de pólvora” nas redes sociais. Isto sem contar que alguns como Eduardo Pinho moreira e Pavan, era vices e permaneceram nos cargos por pouquíssimo tempo. Os subsídios dos deputados estaduais, bem como seus salários aumentados de forma astronômica, também não parece estarrecer ninguém. Agora, a aposentadoria de uma ex-senadora, que juntou seu tempo de contribuição com tempo de trabalho e idade (sim, ela já tem 60 anos pelo que se consta), tanto para o governo do estado quanto para a união, é motivo para as pessoas se estarrecerem e fazerem estardalhaços. Ridículo! Tem coisa pior! É só raciocinar, se ela contribuiu para um previdência especial com o salário que ganhava (legalmente) como senadora, é óbvio que terá uma aposentadoria melhor. Que estarrecedor tem isso?! Estarrecedor seria, talvez, se ela ganhasse da fonte pagadora “estado” e da fonte pagadora “união”, e certamente teve uma postura moral e juntou os requisitos previdenciários para receber apenas da união. Lamentável! Essas notícias só são “rastilho de pólvora” quando é alguém do PT. Está ficado chata as notícias da revista escaravelho (diga-se Veja) pautada por um bicheiro. Gente, tem coisa melhor pra ler e coisas muito mais importantes a que se ocupar.

  • Eduardo diz: 30 de dezembro de 2012

    Esta mulher sempre fioi de pouco valor. Quando sindicalista era o tormento dos diretoires de3 escolla e causava náusea nos professores corretows. É possivel que gente como o sr.Giffoni tenham sido seus colegas…

  • Décio diz: 30 de dezembro de 2012

    Prezado Moacir Pereira
    Toda noticia vinculada sobre alguem do PT, logo surgem um bando de idiotas defendendo e justificando, sempre atacando seja a imprensa ou até pessoas que manifestam suas opiniões nos Blogs. Criam termos como demarenistas, para atacar pessoas com pensamentos contrarios aos seus.
    A bem da verdade a aposentadoria no Senado de IDELI SALVATI, pode ser legal mas é imoral. Não temos a menor duvida de que esta aposentadoria de R$ 6.000,00 dela no Senado logo vai mudar, com a agregação de vantagens vai duplicar ou até triplicar, alguem duvida ?

  • Curió diz: 30 de dezembro de 2012

    COM OS 16 MILHÕES 8 PARA CHAPECÓ E 8 PARA JOAÇABA ELA NA VERDADE ESTÁ APTA AGORA PARA SUBSTITUIR COLOMBO ! VAMOS QUE VAMOS ! NINGUÉM CHUTA CACHORRO MORTO ! O MAIS É ABÓBORA A DAR COM PAU !

  • Guyfawkes diz: 31 de dezembro de 2012

    Meu amigo, vai ser difícil tu emplacares essa boquinha no governo do estado mas quem sabe como assessor da futura vereadora? É o máximo que ela consegue depois de 8 anos de lambança.

    Abraço

  • leda diz: 31 de dezembro de 2012

    Para os que justificam os atos da quadrilha que se instalou no poder, fica a observação: o voto dado ao PT era para mudar o que aí estava e não para dar continuidade a safadeza.

  • Osvaldo JP FILHO diz: 1 de janeiro de 2013

    As aposentadorias especias que se concede no Estado Brasileiro por meio de emendas e acordos entre partidos são um afronto ao trabalhador de bem. A do governador, concedendo-lhe integralmente o valor recebido ad eternum, a do Congresso e do Senado, proporcionalmente ou após terem 60 anos, idem.
    No caso da Dona Ideli, que transferiu a aposentadoria de professora estadual de R$ 2.250,00 para a do Senado de R$ 6.000,00 brutos, embute-se várias vantagens indiretas. Pois, ao receber pelo senado, ela pode escolher qualquer instiuição de saúde do país e mandar a conta para a caixa do Senado, que indiretamente o povo paga. Ao contrário, quando aposentada pelo estado ela tinha suporte apenas do SC Saúde. Além disso, ao receber pelo Senado ela terá vantagens proporcionais ao 13o., 14o., 15o e certamente outros “retroativos”. Já os professores apenas o 13o. E os reajustes do salário dos aposentados do Senado certamente serão inifinitamente superiores aos dos professores que recebem pelo olerite estadual, que mal repõem a inflação.
    Por fim, os acordos intracorporis dos 90 senadores,- permite com rapidez, as vezes com votação de apenas horas-, de vantagens e aumentos exorbitantes. Já os milhares de professores lutarão por anos para acrescentarem migalhas aos seus miseros salários.

    Osvaldo JP FILHO