Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

16 milhões para 2 hospitais de SC

30 de dezembro de 2012 5

Ministra Ideli Salvati vai dar plantão no Palácio do Planalto no dia 31 de janeiro.  Passa o domingo com familiares, celebrando o segundo aniversário do neto Lucas.  Nos últimos dias, conseguiu empenhar 16 milhões de reais no Ministério da Saúde. Serão 8 milhões para o Hospital Regional de Chapecó e outros 8 milhões para o Hospital de Joaçaba.

Comentários

comments

Comentários (5)

  • Julio Moreira diz: 30 de dezembro de 2012

    O Governo Dilma tentando ajudar Santa Catarina e o Colombo na contra -mão da história segue Terroristamente Sucateando a Segurança, a Saúde, o Turismo, os Bombeiros, a Epagri e Cidasc, é contra baixar tarifa da luz e de quebra entra na justiça para não valorizar o Magistério.
    O Colombo dá aulas de administração terrorista em SC, e absolutamente nada é publicado na RBS, interessante.

  • Giffoni diz: 30 de dezembro de 2012

    Mesmo que tais verbas sejam necessárias – e são, dá nojo ver a inexistência de qualquer política pública em qualquer nível no Brasil: se alguém é “amigo” ou “apadrinhado” ou “cupincha” ou “interesse politiqueiro”, arruma-se dinheiro; se não for do “grupelho”, não consegue nada. Dá nojo em lesma.

  • Valter diz: 30 de dezembro de 2012

    Com certeza ela vai aproveitar para comemorar esta aposentadoria como Senadora, pois como professora já era …

  • Celso diz: 30 de dezembro de 2012

    O Julio Moreira deixa de ser radical. O Governador está trabalhando bastante e a Ministra Ideli está fazendo o seu papel. O Brasil está bombando e os funcionários publicos sempre reclamando. Vem trabalhar como nós povo estamos fazendo produzindo e gerando riquezas para a nação. Se não tá contente com teu emprego pede a conta que o que não falta é emprego.

  • Valdemir Nicoletti diz: 1 de janeiro de 2013

    Aqui em Blumenau sentimos no dia a dia o descaso do governo Colombo, principalmente na área da segurança.
    Chega a ser revoltante ver o governo do estado fazendo publicidade falando de um tal de pacto por Santa Catarina, enquanto na realidade não vemos isso.