Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

A bagunça se alastra

31 de dezembro de 2012 1

Da jornalista Maria José Baldessar, sobre a situação caótica reinante em vários pontos de Florianópolis:

“”Moacir Pereira, passa na beira-mar agora e verifique a invasão de camelos – vendendo de tudo. Nao tem como circular nas proximidades do Trapiche…..”

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Celso diz: 1 de janeiro de 2013

    Pior se fosse trombadinha, nobre jornalista! Deixa as pessoas trabalharem, lutarem pela vida. Ou vc acha que os cara tão ali por que são ricos e poderosos? Será que um deles tem apartamento de frente para a Beira Mar? Aprender a olhar o outro lado da história pode ser um bom começo para iniciar um bom ano agradecendo a Deus pelas coisas boas que a vida nos proporciona e ver que pessoas com barraquinhas vendendo mesmo bugigangas, churros, pipoca são pessoas que querem levar o seu pãozinho pra casa e que nada nesse mundo nos pertence apenas levaremos a lembrança das pessoas que nos vêem com a bondade no coração… Vamos deixar o povo trabalhar pq senão daqui a pouco eles podem escolher viver do outro lado da história e ai nós não iremos gostar mesmo….