Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Secom confirma cortes no governo

30 de janeiro de 2013 14

Nota distribuida pela Secretaria de Comunicação do Governo dá mais detalhes sobre as decisões do governador sobre a não reposição salarial do funcionalismo e o corte nas despesas. Leia:

“Além do impedimento da concessão do reajuste geral, o Governo de Santa Catarina definiu, nesta quarta-feira, 30, a programação financeira e o contingenciamento dos órgãos públicos. Do orçamento total para 2013, que é de R$ 19,3 bilhões, serão contingenciados R$1,5 bilhão, o que equivale a 7,6% do orçamento total e 28,2% do orçamento de custeio e investimento do Executivo. Esse ano estão sendo excluídas do percentual as dotações financeiras de financiamentos e convênios, ou seja, valores sobre os quais o Governo não tem efetivo controle, pois dependem do cumprimento de uma série de burocracias até serem contabilizados.

Programação financeira – O orçamento do Estado é construído com base na folha processada até o mês de julho do ano anterior, mais as estimativas para fechamento do ano, pois precisa ser entregue à Assembleia Legislativa até o mês de setembro. Já a programação financeira, publicada agora no final de janeiro, após a sanção do Orçamento, leva em conta o ano anterior fechado e oferece uma base mais realista sobre o que deve efetivamente ocorrer no ano seguinte. A Fazenda, por meio da Diretoria do Tesouro, faz a análise de todas as fontes de recursos, constrói a programação financeira de cada órgão e determina o quanto cada um pode gastar.

Contingenciamento – O contingenciamento é um bloqueio de despesas previstas no Orçamento. Esse procedimento é empregado para assegurar o equilíbrio entre a execução das despesas e a disponibilidade efetiva de recursos. No ano passado, esse mesmo contingenciamento foi de 32% no início do exercício fiscal.”

Comentários

comments

Comentários (14)

  • Cláudio diz: 30 de janeiro de 2013

    Cortes nos comissionados, cortes nas sdr’s, cortes nas diárias da assembléia, cortes nos auxílios moradias (indevidos) cortes nos carros oficiais (cada um que ande com o seu) corte nas verbas de gabinete dos nossos nobres parlamentares, Onde mais querem cortar? A carne do servidor não vale como opção, pois estamos na pele e osso.

  • Cláudio diz: 30 de janeiro de 2013

    Quanto cada um pode gastar? Então tá, só não avisaram o legislativo e o judiciário sobre os limites.

  • Camile diz: 30 de janeiro de 2013

    Desculpas, Desculpas, mentiras e mais mentiras…

    FORA COLOMBO!!!!!
    VOCÊ É UMA VERGONHA O PIOR GOVERNO QUE SC JÁ VIU, MESMO DEPOIS DE LHS E PAVAN, VOCÊ CONSEGUIU SUPERAR SEUS AMIGOS!!!!

  • Maicon Leite diz: 30 de janeiro de 2013

    Camile, vai chorar pitanga em outro lugar, o governador tá fazendo o que pode com a verba que tem, não é louco de pagar mais do que recebe… Tá sendo administrador, coisa que nenhum dos outros foi… Não tem um escândalo com o nome do governador. Vai xibngar a Dilma pela gasolina.

  • raul diz: 30 de janeiro de 2013

    relamente a campanha fora colombo ja começou no estado FORA

  • JULIO CESAR diz: 30 de janeiro de 2013

    CORTA O SALÁRIO DO GOVERNADOR..QUE TAL ??????

  • Maria diz: 30 de janeiro de 2013

    Qual o corte que o Colombo vai fazer no seu salário?

  • Eduardo diz: 30 de janeiro de 2013

    Meu Deus do Céu !!!!
    SERÁ QUE NINGUÉM FARÁ NADA ?????? QUER DIZER: PRIMEIRO ELES REAJUSTAM O PEQUENO SALÁRIO DOS PROMOTORES E JUÍZES DE DIREITO EM 100% IMPLANTAM AUXILIO MORADIA E AGORA VEM DIZER QUE TEM Q CORTAR GASTOS ????
    ESTÃO NOS ASSALTANDO EM SILÊNCIO !!! MIDIA E JORNALISTA0 POR FAVOR REAJAM POR NÓS!!!!

  • Rose… diz: 30 de janeiro de 2013

    Sento muito….
    este anúncio em janeiro…???
    será que é porque a data base de reajuste do piso do magistério é janeiro???
    isso já estava sendo anunciando em 2012…em 2013 não temos dinheiro…estava só se prevenindo…
    Sr. Colombo se não está dando conta: pede pra sair…pede pra sair…

  • Rose… diz: 30 de janeiro de 2013

    Outra coisa: e as SDR’s continuam em funcionamento…os gastam estão aí…
    e o mais importante que no dia 19/12 foi aprovado o auxílio moradia pra deputados e mais muita gente dos poderes aí da Capital de R$ 4.300.00 por mês e ainda retroativos à 09/2011, ou seja 4 meses de 2011 + 12 meses de 2012= 16 meses x 4.300= 68.800.00….por cabeça…são quantas as cabeças…
    e não vi esta notícia ser feita aqui neste blog…me desculpe se foi feita…não acesso mais todos os dias como antes…sei lá as coisas mudaram por aqui…
    só em 2011 vi aqui a notícia do abano natalino que eles se deram…pois havia sobrado dinheiro em caixa…me recordo que era de até 4 mil reais…
    é obrigado mesmo este ESTADO não ter dinheiro…

  • Alcides Jr diz: 30 de janeiro de 2013

    Sem dúvida o pior governo da história de SC, os lageanos sentem vergonha dele. Essa miséria de 6% não é nem reajuste, seria apenas a reposição da inflação de 2012. A arrecadação do estado aumenta proporcionalmente com a inflação, mas os salários tem que continuar congelados. A única coisa de útil que esse governo fez ano passado foi criar a data-base e agora descumpre uma lei que ele mesmo fez. Empresas privadas tem o dissídio, mas no poder publico só quem é digno de aumentos generosos são o legislativo e judiciário Pro auxílio IMORALDIA ninguém questionou se o governo teria dinheiro. Ei, Colombo, pede pra sair. Na próxima eleição até o Tiririca se candidatar vence.

  • Rebelai-vos! diz: 30 de janeiro de 2013

    Pois o Colombo com essa foi longe demais e ultrapassou os limites. O orçamento não é transparente nem isonômico. Não houve demonstrativos claros. Chega de mentiras.

  • Observador diz: 30 de janeiro de 2013

    Desgoverno do Raimundo nāo limites.
    Deveria “cortar” os esquemas políticos que estāo levando nosso estado a falência.
    Acreditar em marqueteiro, entregar a secretária da fazenda pro esquema de Chapecó é um dos tantos esquemas que estāo quebrando nosso estado.
    È claro que convidar donos de TVs pra cafés, almoços e dar informaçāo previlegiada ajuda a abafar os escândalos tipo a licitaçāo da Secom .

  • Valter diz: 30 de janeiro de 2013

    Parabéns ao povo catarinense que elegeu esse senhor! Parabéns!!! E que venham mais quatro anos levando lambadas… agora com o poio do PP… Cadê a oposição? Cadê os questionamentos? Cadê o SINTESPE? Pior do que o Colombo é o SINTESPE que nem muito barulho faz! Enfim… Isso é resultado de desarticulações… Desarticulação da sociedade que votam em medíocres, desarticulação dos servidores públicos que viram massa de manobra nas mãos do SINTESPE… Um brinde ao Colombo e à Lages!!! Ah, e um brinde à imprensa que adora brindar nos cafés, almoços e jantarzinhos oferecidos pela Secom na Casa da Agronõmica!!!