Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Governo está embretado pela criminalidade (09/02/2013)

09 de fevereiro de 2013 5

A nova onda de atentados que se registra em Santa Catarina deixa muito claro o objetivo dos criminosos: afrontar o governo. A população está tendo prejuízos incalculáveis, vive em total insegurança, mas os autores evitam alvejar os cidadãos. Prova disso são os incêndios, sempre precedidos de ordens ameaçadoras de abandono dos ônibus pelos passageiros.

Se o alvo é o governo, das duas uma: ou as autoridades atuam na raiz e acabam com estes ataques ou mudam os secretários para criar ao menos uma nova expectativa de acabar com a violência. O problema é que neste momento não está acontecendo nem uma coisa nem outra. O governo Raimundo Colombo foi embretado pela criminalidade.

Se ouvisse a opinião pública, o governador já teria dispensado as cúpulas das secretarias de Justiça e de Segurança Pública, nomeando novas equipes. Se ouvisse a área da segurança, dispensaria a secretária de Justiça e Cidadania, Ada de Luca, incluindo a direção do sistema prisional, onde a crise teria começado, por conta dos excessos na Penitenciária de São Pedro e no Presídio de Joinville.

A substituição de Ada e de Leandro Lima já foi proposta a Colombo. O problema é que a mudança seria interpretada como vitória das facções criminosas que lideraram os atentados. A partir daí – esta a leitura de setores do governo – qualquer ação mais enérgica ou corte de regalias dos presos seria motivo para novos ataques.

Dramático é que, nos dez primeiros dias, Colombo não fez um único pronunciamento firme e contundente, declarando guerra à criminalidade. A secretária Ada simplesmente desapareceu. E o secretário Cesar
Grubba, da Segurança, um diplomata, também não tem este estilo.
Um cenário que deixa a população ainda mais insegura.


Na campanha eleitoral, o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) prometeu abrir mais de 3 mil vagas em creches nos quatro anos de mandato em Blumenau. Ontem, no Centro de Educação Infantil Thiago Anzini, ele anunciou que a prefeitura vai conseguir ampliar em 200 o número de vagas antes dos cem primeiros dias de governo.


O novo adjunto
Sady Beck Júnior é o novo secretário-adjunto de Justiça e Cidadania. Ele era diretor do Departamento de Administração Socioeducativo e substitui Maria Elisa Caro, que pediu demissão na quinta-feira. Beck é advogado e servidor público, lotado na Procuradoria Geral do Estado.

Coletivos
Ao contrário do que ocorre em Joinville e Chapecó, onde prevalece acordo entre motoristas e donos de empresas de ônibus sobre medidas de segurança, em Florianópolis ocorrem conflitos. Dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores lançaram panfleto contundente acusando os empresários e a prefeitura de não priorizarem a proteção dos motoristas e cobradores.

As reações
De acordo com a versão do Sintraturb, os motoristas queriam parar todas as atividades no dia em que ocorreu o incêndio de um ônibus no Bairro de Saco dos Limões, alegando falta de segurança. E que os dirigentes sindicais é que seguraram a greve geral, montando um calendário de segurança, com horários de circulação de coletivos pré-fixados

Na folia
O governador Raimundo Colombo confirmou presença em Joaçaba neste sábado. Vai assistir o desfile das escolas de samba. O presidente da Assembleia, Joares Ponticelli (PP), também prestigiará o evento. Vai, também, ao Carnaval de Laguna. Este ano, Joaçaba e Laguna disputam o título de melhor Carnaval de Santa Catarina.

Parques
O secretário Nacional de Políticas do Turismo, Vinicius Lummertz (PMDB), passa o Carnaval em Florianópolis, mantendo contatos com o trade e com autoridades do setor. Trabalha, no momento, no planejamento do litoral, o que inclui a faixa catarinense. Tratou da ativação do Plano de Gerenciamento Costeiro com o secretário estadual Beto Martins (PSDB).

Propaganda
Começou o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV em Criciúma visando a eleição do novo prefeito. O candidato favorito, ex-vice-prefeito Márcio Búrigo (PP) tem 12 minutos três vezes por semana, contra seis de Ronaldo Benedet (PMDB). Nos dias sem programa eleitoral, serão exibidas apenas as inserções de 30 segundos.

UCE protesta
A União Catarinense dos Estudantes (UCE) emitiu nota de protesto contra decisão do prefeito interino de Criciúma, Itamar da Silva (PSDB). Enviou projeto à Câmara de Vereadores reduzindo de forma drástica o número de benefícios com estágios, bolsas carência, bolsa deficiência e bolsa atlética. Um retrocesso! Deve ser a tal “prioridade para a educação”.

A Procuradoria da República no DF (PR/DF) e o Ministério Público de Contas do DF (MPC/DF) entraram na campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”.

O TRE/SC concedeu ao prefeito de Brusque, Paulo Eccel (PT), o direito de ficar no cargo até que o TSE julgue o recursos contra a cassação de seu mandato.

Comentários

comments

Comentários (5)

  • guilherme diz: 9 de fevereiro de 2013

    Falou tudo!

  • Paulo Roberto diz: 9 de fevereiro de 2013

    Moacir,

    enquano o governador cai na folia.”Na folia
    O governador Raimundo Colombo confirmou presença em Joaçaba neste sábado. Vai assistir o desfile das escolas de samba. O presidente da Assembleia, Joares Ponticelli (PP), também prestigiará o evento. Vai, também, ao Carnaval de Laguna. Este ano, Joaçaba e Laguna disputam o título de melhor Carnaval de Santa Catarina.” Nós catarinenses ficamos a mercë do crime.
    Já que o governador não toma providëncias, nós catarineneses temos que tomar. Então, impeachment desse governador, urgente!!!!

    Cadë a oposição? Cadë a OAB? Cadë a Associação de Imprensa? Cadë os sindicatos? Cadë a Assembléia Legislativa? Cadë MP? Cadë o TJ? Todos omissos? Cadë a sociedade civil organizada?

  • harry Correa Filho diz: 10 de fevereiro de 2013

    Esse governador será conhecido no futuro como Governador Trapalhão, indeciso, hesitante, ausente, negocia com bandidos mas não negocia com funcionários públicos, é desmentido por ministro Federal e coloca Santa Catarina em Jornais internacionais como exemplo da falência do Estado, Dr Jorge deve estar profundamente arrependido de te-lo indicado para o governo

  • Décio diz: 10 de fevereiro de 2013

    Prezado Jornalista
    O momento vivido pela população Catarinense o que menos interessa é a interpretação do ato, interessa sim é que a incompetente ADA DE LUCA seja exonerada. Esta mulher é um engodo sem condições morais, administrativas e politicas para o exercício do cargo. Só o governador COLOMBO, e a facção PMDB de Santa Catarina não veem isso.

  • pedro costa diz: 10 de fevereiro de 2013

    Francamente Seu Moacir, você definitivamente é apenas um repassador de notícias. Não faz nenhum comentário ou análise dos fatos. Todo mundo sabe que o Governador não tira a Ada porque vai desmontar a pirâmide na asssembléia. Ela reassume como deputada e o primeiroba dançar é o Edson Andrino e mais uma turma. Fácil e você não vê, ou não quer se indispor com o Governador? Cadê o jornalista autentico que não se vende