Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Florianópolis: de costa para os cruzeiros marítimos

29 de março de 2013 6

As principais companhias internacionais de cruzeiros marítimos estão batizando novos navios para cumprirem roteiros em todos os continentes.  No geral, a partir do Rio, os portos brasileiros tem melhorado. Em Santa Catarina, tirando Itajaí e Porto Belo, não se vê ação do poder público para aprimorar a infraestrutura.  A Capital, por exemplo, foi excluída este ano de todos os roteiros.   Uma pesquisa da Fecomércio revelou que o melhor terminal de cruzeiros marítimos está em Itajaí. Por ali passaram mais de 56 mil passageiros.  Cada um gastou na cidade R$ 183,50, o que representa movimento econômico superior a 5 milhões de reais.  O porto de Miami tem sete terminais. É moderníssimo.  E embarca quase 5 milhões de passageiros por ano.

Comentários

comments

Comentários (6)

  • Flávio Souza diz: 29 de março de 2013

    Trazer o Sea Trad, evento desse segmento para Florianópolis pode ajudar a mudar essa realidade. Divulgue!

  • Celso diz: 29 de março de 2013

    Moacir! Com todo respeito ao seu comentário. Não precisamos mais de crescimento. A nossa Ilha está no limite. Deixemos essa lindeza para os que já estão por aqui. Não podemos sacrificar essa beleza natural da nossa ilha olhando apenas os doláres que eventualmente estamos a perder. Estão matando a cultura dos manezinhos com o inchaço em que já se encontra a Ilha de Santa Catarina. Mesmo Itajai já está no seu limite do suportável. Nosso estado está correndo atrás de um ouro de tolo. Nossa qualidade de vida cada vez mais se deteriorando. Deixe o Rio e São Paulo viverem as suas loucuras.

  • SANTAS RENDEIRAS diz: 29 de março de 2013

    Não existis mais senão o fruto de vosso trabalho ornando os altares. Para os batizados e festas religiosas. Navios são batizados com chanpagne.
    * tive uma 51 !!! Faz um PACTO ! Encarar o problema de frente !!!
    * a empresa que ganhar a concorrência dá para o Estado a ligação ilha continente no sul e constroe seu porto internacional lá porque aqui não tem calado, só faladô. O inverso é que não pode: o governo com nosso dinheiro da segurança, saúde e educação fazer o porto, deixar sem ponte o povo e isentar de impostos… para os que tem dinheiro fazer turismo. Emprego ? Conta outra.

  • Carlos Neckel diz: 29 de março de 2013

    O cruzeiro é o grande concorrente de resort de praia. Imagina ter tudo que o resort oferece e a cada dia em uma praia, cidade diferente. E muitas vezes com preços mais acessíveis, pois o cruzeiro não enfrenta a baixa temporada ou um problema econômico local…

    Logo, enquanto o Marcondes de Matos (costão do Santinho Resort) tiver algum influência na administração catarinense e florianopolitana, podem esquecer que algum cruzeiro irá atracar por aqui, quem dirá que termos investimentos para que isso aconteça…

    Mas por outro lado, logo todo o acesso ao balneário Santinho estará duplicado…

  • Ernesto Sao Thiago diz: 29 de março de 2013

    Prezado Moacir,

    Venho mantendo um blog com o principal objetivo formar opinião sobre a importância de um terminal de cruzeiros para Florianópolis.
    Grato se puder comentar e divulgá-lo:
    http://www.ernestosaothiago.blogspot.com

    Ernesto São Thiago

  • angela diz: 30 de março de 2013

    AQUI OS DONOS DOS RESORTS, FINANCIAM CAMPANHAS E NÃO DEIXAM FAZER PORTO À ESSE TIPO DE TRANSPORTE , PORQUE NÃO INTERESSA E NÃO É CONVENIENTES À ELES.
    NUNCA VAI TER!!!!!!!