Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O prefeito e a greve dos servidores

30 de abril de 2013 Comentários desativados

De nota da Prefeitura de Florianópolis sobre a greve dos servidores:

“A prefeitura de Florianópolis apresentou na manhã desta terça-feira um balanço da adesão à greve convocada pelo sindicato dos trabalhadores do serviço público municipal. Os números mostram que até o momento a paralisação é parcial nas áreas da saúde e educação. São 35 creches, 9 escolas municipais e um posto de saúde com os serviços totalmente paralisados nesta terça-feira.

O prefeito Cesar Souza Júnior reafirmou a disposição da prefeitura em continuar a debater as propostas com os servidores e também o compromisso de implantar um novo plano de cargos e salários (PCS).

De acordo com Cesar, caso a prefeitura implemente o PCS elaborado no ano passado a administração ficará inviabilizada.

“O plano de cargos e salários, da forma como está, quebra a prefeitura, literalmente”, sublinhou o prefeito, para depois completar:

“Nós não estamos dizendo não ao plano de cargos e salários, o que desejamos é elaborar, em conjunto com os servidores, um plano de cargos e salários que possa se sustentar em bases reais”.

Conforme já informado pela prefeitura, o plano de cargos e salários elaborado no ano passado apresenta graves distorções e foi produzido por uma empresa que nunca havia feito trabalho semelhante antes.

O prefeito classificou a paralisação como “um ato de violência contra a população”, já que, segundo destacou, a greve acontece com as negociações em andamento.

Uma nova rodada de negociações está marcada para as 17h desta terça-feira na Secretaria da Administração.””

Comentários

comments

Não é possível comentar.