Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prefeitura quer implantar sistema biométrico nos táxis de Florianópolis

31 de julho de 2013 11

A prefeitura de Florianópolis está estudando a implantação de sistema biométrico nos táxis da Capital. Com os sistema, os taxímetros seriam ligados apenas com a digital de condutores cadastrados.

Os diretores de planejamento e operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, Vinicius Cofferri e André Luiz Curcio, estiveram em Belo Horizonte este mês para conhecer o sistema implantado na capital mineira, considerado referência no país sobre o assunto. O objetivo é implantar aqui a identificação biométrica de condutores e permissionários nos 470 veículos do município. O projeto está em fase de estruturação.

Com a biometria, o taxímetro só poderá ser ligado com a digital de motoristas cadastrados, inibindo o uso por pessoas não autorizadas. Será possível também mapear os locais de maior demanda e a extensão dos percursos, trazendo para a população um serviço com mais qualidade e confiabilidade. Assim será possível para a Secretaria de Mobilidade Urbana saber quais locais necessitam de mais pontos e fazer estas instalações.

Outra inovação é quanto à condição do táxi, se o luminoso estiver verde, por exemplo, indicará aos clientes que o veículo está livre, amarelo significa que está em atendimento.

Comentários

comments

Comentários (11)

  • Cláudio diz: 31 de julho de 2013

    Piada! Se médico do estado já usa dedo de silicone com a digital gravada para registrar o ponto eletrônico dos colegas, imaginem o que não vão fazer os taxistas.

  • Eduardo diz: 31 de julho de 2013

    Ao mesmo tempo deve ser ampliada a fiscalização, pois a leitura biométrica apenas libera o taxímetro, mas não impede que o veículo rode e pegue passageiros, caso em que a cobrança poderia ser feita em valor previamente definido!

  • gualberto cesar dos santos – fln.sc - diz: 31 de julho de 2013

    TIC-Tecnologia de Informação e Comunicação.
    Porque a Prefeitura não faz um acordo de embriologia e desenvolvimento de sistemas aqui mesmo em Florianópolis?
    Como são desatentos os vereadores da nossa Cidade.
    Dei a ideia a Dário Berguer no inicio do primeiro mandato ainda em S.José. De criar um instituo de desenvolvimento de Software – Sistrema – Público.
    Absorvendo conhecimento tecnológico em Hard & Soft – potencial de criatividade diretamente das nossas faculdades em SC.
    Porque o Prefeito não usa o potencial das nossa faculdades ao invés de pagar uma empresa de fora?
    Amizades de fora influenciando aqui na Capital pelo capital?

  • Ronaldo Daniel Bastos diz: 31 de julho de 2013

    Falta um World e corretor ortográfico na empresa; “os taxímetros serriam”.

  • Ronaldo Daniel Bastos diz: 31 de julho de 2013

    Sou mais a implantação de sistema de rastreamento em cada táxi, ligada a uma central de monitoramento central, com turnos, horários e itinerários ligadas a cada endereço do motorista cadastrado, além de dar uma segurança aos taxistas.

  • João diz: 31 de julho de 2013

    Já a tempo, sabe-se que da para tirar uma cópia da digital com silicone.

    O Governo também tá gastando uma fortuna, com a biometria, para facilitar a fraude nas eleições.

  • alan diz: 31 de julho de 2013

    Esse negócio de fazer biometria para taxista eu acho que é só para gastar tempo,e dinheiro o que a prefeitura tem que fazer é um remanejamento de taxi, para as areas que estão faltando taxi porque foram colocado mais 110 taxi e não resolveu o sitema continua faltando taxi na cidade esta na hora de liberarem mais placa d taxí . ou fazer as que foram sorteadas trabalharém que teve muito profissional liberal que foi sorteada mas os carros não estão,circulando eles só usam para passeio eflorianópolis precisa de mais taxi rodando é preciso também criar mais ponto livre.

  • Leonardo diz: 31 de julho de 2013

    Não demora muito implantarem a Biometria no bokarra.

  • marcelo diz: 31 de julho de 2013

    tem que criar é um pega alho, quanto o passageiro entrar no taxi e o carro entrar em movimento o taximetro ligar automaticamente assim vai acabar com a mafia principalmente no verao. e quanto ao monitoramento dos condutores é facil uma web cam monitorando o interior do carro 24h assim se a prefeitura ou nucleo precisar fiscalizar seria gravado ou online. e com a mesma web vai trazer segurança para o motorista.

  • Carlos Pereira diz: 1 de agosto de 2013

    Para ver que esse sistema não funciona nem em BH basta dar uma pesquisada na internet. Segue a notícia de BH.
    http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/05/10/interna_gerais,385811/biometria-em-taxis-de-bh-estreia-mal.shtml

  • Walmor diz: 1 de agosto de 2013

    Prezado Cláudio, bastar instalar câmeras de monitoramento nos táxis para evitar o uso de dedo de silicone, como já ocorreu em hospital de São Paulo, e que você fez referencia no seu comentário. O problema é que o brasileiro arruma jeitinho para tudo, principalmente para burlar as normas estabelecidas, infelizmente é um problema cultural nosso.