Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Colombo volta a criticar burocracia governamental

09 de agosto de 2013 14

O governador Raimundo Colombo fez esta tarde no 15º. Congresso Catarinense de Radiodifusão pesadas críticas à burocracia governamental, em todos os níveis.  E disparou também contra o excesso de fiscalização de órgãos públicos que hoje impedem os executivos a cumprirem suas promessas politicas e criam embaraços aos serviços e obras que atendem necessidades básicas da população.

Colombo começou falando sobre a destinação das despesas do Estado que praticamente inviabilizam investimentos, quando as dotações definidas pela Constituição praticamente comprometem quase toda a arrecadação.

Fez relatos sobre as ações de redução das despesas de custeio, a economia  obtida até agora e os financiamentos de 10 bilhões e reais conquistados em órgãos federais.

Comentários

comments

Comentários (14)

  • Giffoni diz: 9 de agosto de 2013

    Aí está a prova do total descompromentimento do sr. Raimundo para com as leis. Para ele, leis são incômodos que atrapalham os “negócios”. Interessante, já que todas as leis, os regulamentos, as auditorias, os controles foram criados exatamente para tolher pessoas como o sr. Raimundo que – desde sempre – não sabem diferenciar o público do “privado”. O pouco que temos à salvo, ainda, decorre não desses discursos de “meia pataca” dos raimundianos, mas, sim, das leis existentes que, mesmo assim, com a complascência dos MP (moralidade pública), dos TCE (tribunais de contas espertas) e da própria (in)justiça ainda pontuam as administrações públicas brasileiras. Devia ir preso só pelo descalabro de suas palavras. Haja paciência com essa gente.

  • José Da Silva diz: 9 de agosto de 2013

    Incapacidade administrativa
    Caro Moacir até agora não entendi para que o governador foi eleito. Se foi para reduzir as SDRs não percebi nenhuma ação neste sentido. Ora, quando foi candidato adversário do LHS prometeu reduzir as SDRs e afirmava que não passavam de cabide de emprego. CABIDE DE EMPREGO de partidários derrotados nos municípios de alcance das SDRs. Demos um voto de confiança a este governador, mas hoje percebo o grande equivoco que se estabeleceu em nosso estado. Sempre reclamando da falta de recursos, enquanto o número de gastos com cargos comissionados só aumenta. Chega de tanta falta de rumo. Fora Raimundo. Pelo fim do cabide de emprego em SC e a volta de investimentos em nosso estado…Pelo fim da tríplice aliança, que são vorazes por emprego em cargos comissionados…. VAMOS MORALIZAR A POLITICA EM SC.

  • Guido rezende diz: 9 de agosto de 2013

    Caro Moacir,
    Ele cita a burocracia que eu também concordo, mais colocar toda culpa na burocracia é insano. SC cresceu menos que o estado de Sergipe nos últimos três anos vc sabia? qual projeto ele tem para o estado? destruio a Cidasc, Fatma, Celesc, epagri…etc

  • Jodi Silva Jardin diz: 9 de agosto de 2013

    Moacir, ele desde o primeiro dia de governo vem reclamando de tudo é só isso que ele sabe fazer chorar. Não vai mudar em nada vai chorar os quatro anos o governador mais fraco depois de 1964. O LHS podia ter colocado o Eduardo de candidato elegeria do mesmo jeito, se elegeu o Paulo Bauer que era muito mais pesado o Eduardo seria fácil.

  • NEY ARAUJO SANTOS diz: 9 de agosto de 2013

    O QUE SE ESTÁ CONFIRMANDO É QUE O GOVERNADOR RAIMUNDO COLOMBO ESTÁ PERDENDO AS REDEAS DA GANANCIA ECONOMICA DOS SEUS ALIADOS, E ESTÁ SE ENFRAQUECENDO COMO RESPONSAVEL PELA APLICAÇÃO DOS INVESTIMENTOS CONTRATADOS COMO NO CASO DA PRIVATIZAÇÃO DA ÁGUA EM IMBITUBA ENCAMINHADA PELO PREFEITO JAISON CARDOSO (PSDB) COM O APOIO DO SENHOR SECRETÁRIO DE TURISMO JOSE ROBERTO MARTINS (PSDB)QUE ESTÃO REJEITANDO R$52 MILHÕES DO ESTADO ATRAVÉS DA CASAN PARA PARA SANEAR 50% DA CIDADE QUE TEM 33 KM DE LITORAL E ELES NÃO QUEREM POR QUE GOVERNADOR,??????

  • Valmir diz: 9 de agosto de 2013

    Raimunmdo Colombo deveria sair algemado do evento, como a maior autoridade estadual pode dizer uma anseira dessas, Meu Deus, e ainda faltam 1 ano e 4 meses para essa aberração poitica sumir do cenário catarinense.
    Esse coveiro reclama de endividamente e falta de recursos para investimento, ele ednivdou o estado em 10 bilhões, e todos festejam até a Imprensa, festeja os empréstimos como se eles não fossem ser pagos.

  • José Wilson do Prado diz: 9 de agosto de 2013

    Salve… Pena que não tem punição de verdade, pois se houvesse, esse senhor que se chama governador deveria ir para a cadeia pelo montão de mentiras que contou quando era candidato. Não fez simplesmente nada a té agora a não ser alimentar sempre e sempre mais as SDRs do LHS.

  • ricardo lima diz: 9 de agosto de 2013

    Não entendo do que este governo está reclamando. Ora, aqui na SDR de Maravilha nós tivemos dois ônibus contratados, de uma empres de Maravilha, para o CONAE em Chapecó, com somente 20 passageiros. Sabemos que vários representantes desistiram. Mas com tanta gente trabalhando na SDR de Maravilha, não poderiam ligar para os representantes e contratar apenas um micro. Um reclama que não há dinheiro, outros usam inadequadamente. Percebe-se que o governo não tem rumo e nem foco.

  • Curió diz: 9 de agosto de 2013

    65 secretarias. Não precisa dizer mais nada. Não. Precisa. Já foi dito mas precisa ser repetido. ” Deveria sair algemado do evento! ” O que nós catarinenses vamos sofrer na próxima década por causa deste homem!

  • Paulo Roberto diz: 9 de agosto de 2013

    Caro Moacir,

    diga-me qual foi a medida realizada pelo governador para diminuir a burocracia? Eu respondo: nenhuma. Outra coisa, os 10 bilhões de reais em empréstimos têm carência de 7 anos. Então, em 2020 iremos ler nos jornais e, provavelmente, no seu blog que SC está endividada e por isso paga juros e mais juros a União e que isso é um absurdo etc. Assim, como lemos a choradeira dos empréstimos e acertos feitos com governo Fernando Henrique Cardoso da década de 1990. O pior que esse Senhor com 27% de aprovação e 73% de reprovação é pré candidato a reeleição.

  • marcelocardosodasilva diz: 10 de agosto de 2013

    …Caro Giffoni;;; preso; em Sta. Catarina só Pre.., Pu.. e Pobre!!!………….E à “inJustiça” já mandou soltar ÔÔ “Caco”;;; caca lá das “RAÍZES” águas “ROUBADAS”; lá prás banda da Palhoça??? ………….Uma AUDITORIA “Bem Feita”, na CELESC e CASAN; prá colocar “otÔÔridades CACOS”;;; caca na CADEIA!!!

  • PROFESSOR diz: 10 de agosto de 2013

    Governico.Está colhendo oque plantou a vida toda como político.O Kolombo,passou 2,5 anos de seu governo enrrolando tudo e a todos,agora quer assinar ordem de serviço nos 4 cantos do estado,para enganar o povo.As obras que ele está prometendo,é campanha para reeleição,não vai cumprir com 30% delas.Falando nisso, e a revitalização da tabela do plano de carreira do magistério,cadê.Mais de 5 dezenas de secretarias não é burocracia?

  • Robson Arantes diz: 10 de agosto de 2013

    Esse discurso fere a inteligência de qualquer cidadão. A burocracia é uma ferramenta pra tentar obstar a corrupção e as arbitrariedades dos governantes. O que ele sugere? A redução do controle e o império da ilegalidade? NÃO É PRECISO ELE DIZER MAIS NADA.

  • Tristeza Souza diz: 11 de agosto de 2013

    Como é ruim esse desgovernador…
    70% de rejeição!