Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Donadon, o prisioneiro absolvido, e os ausentes de SC na Câmara

29 de agosto de 2013 11

“Caro Moacir

Pelo que li hoje da lista dos 104 deputados que faltaram à sessão de ontem (28.ago.2013), quando foi analisado (e rejeitado) o pedido de cassação do deputado Natan Donadon (ex-PMDB), de Rondônia, dois eram catarinenses, um o deputado Marco Tebaldi (PSDB-SC) – (61) 3215-5483 – dep.marcotebaldi@camara.leg.br e outro o deputado Pedro Uczai (PT-SC) – (61) 3215-5229 – dep.pedrouczai@camara.leg.br.
Não sei os motivos das ausências, e espero que sejam justificativas plausíveis, pois faltar numa sessão como essa me dá a entender que queriam votar pela não cassação do condenado.
E aí vão faltar na do Genoíno?
Ah, esse, o Genoíno, também não apareceu para votar ontem.
2014 é ano de eleição, só para lembrar.
Abraço

RODRIGO TITERICZ”

Comentários

comments

Comentários (11)

  • Claudio diz: 29 de agosto de 2013

    Caro Moacir,

    Todo cidadão tem o direito de se manifestar, mas VOCÊ, como colunista e detentor deste PODER, deveria ter feito uma consulta aos dois parlamentares antes de publicar a referida nota de protesto (acusador). Vai que estes dois Deputados tenham justificativa para a falta? Afinal VOCÊ que conhece como poucos os “Parlamentos”, sabe que faltar pode significar estar em algum evento importante para os catarinenses ou parcela desta. A final faltar ao Parlamento não significa estar em casa, vadiando, … Depois que estes vierem a público justificar a ausência, certamente não terão o mesmo tratamento, espaço e tempo junto à mídia!

    Portanto, deveria, antes de publicar a nota verificar os motivos da ausência. Desta forma nada mais é do que jogar merda!

  • Teco diz: 29 de agosto de 2013

    Acontecimnentos como esse são ótimos,pois são dados fornecidos pelos
    políticos que nos auxiliam a mensurar a qualidade dos que são enviados
    pelo povo para representá-los.

  • Walmor diz: 29 de agosto de 2013

    Rodrigo esses dois não estavam ausentes, pois conforme publica hoje a Folha de São Paulo em sua edição online, eles estavam entre os 50 Deputados presentes na Câmara dos Deputados e não foram votar, portanto foram omissos, conforme manchete do jornal Folha de São Paulo online, que transcrevo abaixo:

    Veja a lista
    50 deputados estavam na Câmara e não votaram no caso Donadon

    O presidente da Câmara declarou que esperou até as 23 hs para encerrar a votação na expectativa de mais parlamentares votarem. Perguntar não ofende, será que esses 50 parlamentares que a Folha de São Paulo relaciona como omissos, estavam no momento da votação da cassação assistindo os jogos de ontem na TV no recinto da Câmara, e por isso não foram ao plenário para votar?

  • Sérgio diz: 29 de agosto de 2013

    Pertinente o comentário, já tinha lido na folhaonline. Gostaria realmente de saber da razão dos ¨nobres deputados¨ não terem ido votar apesar de estarem na casa. Não sei se caberia, o silêncio da OAB e do Ministério Público também me surpreende. Alô eleitores desses dois, vão se ligar?

  • Aloisio Antoni diz: 29 de agosto de 2013

    Da forma desmoralizante que o Congresso está, dentro de pouco a população pedirá que se leiloe o Prédio da Câmara , sugerindo que as sessões parlamentares sejam feitas nas dependências da Papuda, para que o nobre colega parlamentar lá instalado não perca as reuniões.

  • Max diz: 30 de agosto de 2013

    Os poderes constituidos estáo de costas para a sociedade e, certos da passividade afrontam a inteligencia dos brasileiros. É cada vez maior a parcela da populaçáo que revoltada e indignada com a desfaçatez de seus dirigentes, flerta com ideias pouco republicanas como opçáo para a depuraçáo do sistema.
    Outros tempos e outra latitude – mas, Brasilia e a Bastilha podem ficar cada vez mais parecidas. Tanto na causa como nas consequencias.

  • Miguel José Teixeira diz: 30 de agosto de 2013

    Inovações PeTralhas:
    primeiro, a base alugada.
    Agora, a base condenada.

  • Paulo Roberto diz: 30 de agosto de 2013

    Moacir,

    fechem o Congresso e façam nova eleição, porque a esculhambação tem limites.

  • Décio diz: 30 de agosto de 2013

    Estes dois Deputados PEDRO UKZAI do PT e MARCOS TEBALDI do PSDB, registraram presença na sessão porem se acovardaram e simplesmente não registraram seus respectivos votos. Aos Catarinenses não resta outra alternativa a não ser nos lembrar que em 2014 teremos novas eleições, e não podemos repetir o erro elegendo este tipinho de gente.

  • Vilson Jones diz: 30 de agosto de 2013

    A crítica de Claudio foi totalmente “infeliz” questionando o fato de você não ter verificado os motivos da ausência dos “nobres” deputados, uma vez que as justificativas apresentadas pelos mesmos foram completamente pífias e não justificam nem um pouco a ausência em uma votação tão importante como esta. Simplesmente “amarelaram”, se acovardaram. como quem diz: “o próximo poderá ser eu, então…”

  • gilmar bnu diz: 31 de agosto de 2013

    BRASILIA INFORMA :

    CONDENADOS 2 X 0 JUSTIÇA

    GOLS DE
    RENAM camisa nº 15
    NATAN camisa nº 171

    O comentarista do jogo falou para todo Brasil…o jogo é jogado e o lambari é pescado… e segue jogo.. se continuar assim… a justiça pode jogar a toalha que não vai conseguir fazer acontecer… é o povo nas arquibancadas gritando… Brasil- BRASIL- BRASIL… não entendendo nada…