Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de outubro 2013

Vandalismo

31 de outubro de 2013 10

“Li o seu comentario hoje no DC. sobre vandalismo, tam bém sou contra a todo tipo de vandalismo…Porém o vandalismo da população é consequencia de um vandalismo maior que foi feito em suas mentes pelo nosso governo, que há muito tempo vandalizou a educação, criando essa geração de hoje, suas escolas teriam professores maus pagos, roubavam suas merendas, e os passavam não por mérito: escolas sucateadas e caindo aos pedaços, O governo começou o vandalismo, não só na educação, como também na saúde, remédios roubados e vencidos em depósitos, hospitais sem infra-estruturas, sem macas e desaparelhados, etc. Tem o vandalismo dos buracos nas rodovias onde arrebentam nosso pneus e o roubo do dinheiro do IPVA, sem falar de outros saques da nação “o mensalão é fichinha” . Senhor moacir fale também desse vandalismo do estado e legalizado por lei muitas vezes, vai ter muito o que falar, porque apenas sitei alguns casos. (Tem carros abandonados que são criadouros de mosquitos da dengue nos pátios da receita federal e policia federal, não leiloam e não fazem nada…etc.) Abraço, Edison  Calin dos Santos.”

-

 

Dilma confirma visita a SC

31 de outubro de 2013 1

A presidente Dilma Rousseff estará em Santa Catarina entre o final de novembro e início de dezembro para o anúncio de obras no Estado por meio de parcerias entre os governos estadual e federal. O convite foi feito na tarde desta quinta-feira, 31/10, pelo governador Raimundo Colombo, em audiência com a presidente em Brasília. A data oficial da visita será confirmada nos próximos dias.
Entre as obras a serem anunciadas, estão ações para prevenção contra cheias em SC. O governo federal já tem participação garantida em projetos no setor que, em parceria com o Governo do Estado, somam quase R$ 1 bilhão. Entre os anúncios a serem feitos na visita da presidente, estão as ordens de serviço para a ampliação das barragens de Taió e Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. Em caso de novas enchentes na região, a previsão é de que, com as obras concluídas, as melhorias permitam reduzir o nível da água em cinco metros em relação ao que ocorreria com a estrutura atual.
As obras nas barragens ocorrerão em duas frentes. A primeira consiste na sobrelevação das duas barragens, aumentando a capacidade de retenção da água. Hoje a capacidade da barragem de Taió é de 83 milhões de metros cúbicos e passará para 99,3 milhões de metros cúbicos, um incremento de 19,5%. A barragem de Ituporanga tem capacidade atual de retenção de 93 milhões de metros cúbicos e passará para 110 milhões de metros cúbicos, um aumento de 18% na sua capacidade. Além disso, será dobrada a capacidade de vazão, que é a liberação de água para proteger a estrutura das barragens. Após assinatura da ordem de serviço, o prazo previsto para conclusão dos trabalhos é de 18 meses.
A expectativa é de que a presidente Dilma também possa participar da inauguração do novo berço do Porto de São Francisco do Sul, no Norte do Estado, e do anúncio oficial das obras de dragagem do canal do Porto de Imbituba, no Sul.

Hotéis: Ministério Público sela acordo com Bombeiros

31 de outubro de 2013 Comentários desativados

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), por intermédio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Santa Catarina (CBMSC), assinaram Termo de Cooperação Técnica para a fiscalização das edificações residenciais transitórias – hotéis, motéis e outros estabelecimentos destinados a abrigar pessoas em caráter temporário e transitório.

O termo prevê a colaboração entre as instituições com o objetivo principal de garantir a segurança dos ocupantes desse tipo de edificação, especialmente em relação à prevenção de incêndios. Está previsto que o Corpo de Bombeiros informará ao MPSC irregularidades constatadas nas edificações residenciais transitórias vistoriadas. Se as irregularidades não forem sanadas, o MPSC adotará outras medidas judiciais ou extrajudiciais para garantir a regularidade do funcionamento, além das multas eventualmente aplicadas. Essas medidas podem consistir em Termo de Ajustamento de Conduta, Ação Civil Pública e até mesmo ação criminal, quando for necessário.

O termo foi assinado na terça-feira (29/10), na sede da Procuradoria-Geral do MPSC, pelo Chefe do Ministério Público, Lio Marcos Marin, pelo Secretário de Segurança Pública, César Augusto Grubba, e pelo Comandante-Geral do CBMSC, Coronel Marcos de Oliveira. Também estiveram presentes na cerimônia o Procurador de Justiça JoséGalvani Alberton, o Chefe do Estado-Maior Geral, Coronel Carlos Augusto Knhis, e o Secretário-Adjunto da SSP, Coronel Fernando Rodrigues de Menezes.

Luiz Henrique homenageia falecida esposa de Ibsen Pinheiro

31 de outubro de 2013 5

Ao lamentar o falecimento hoje a tarde de Laila Lontra Pinheiro, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) disse ter certeza que ela morreu de “metástase política” pela injusta cassação de seu marido, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Ibsen Pinheiro.

Falando em nome do Senado, Luiz Henrique declarou na Comissão de Relações Exteriores que “Laila morreu duas vezes”: na instauração do processo e na cassação do mandato político de Ibsen Pinheiro – “ a maior indignidade política desta República”.

O senador lembrou ter alertado da tribuna da Câmara dos Deputados que “a Casa iria cometer o maior erro da história brasileira recente ao cassar por dez anos os direitos políticos de um dos homens públicos mais íntegros do Congresso Nacional.”

- Eu e Nelson Jobim, então presidente do Senado, clamamos no deserto. Ibsen foi cassado. Interrompia-se, assim, uma trajetória que, certamente, o teria levado à presidência da república”, lamentou Luiz Henrique.

 

Temer: "Atos de vandalismo podem levar a uma crise institucional"

31 de outubro de 2013 10

Vice-presidente Michel Temer foi taxativo na fala com que abriu a Conferência sobre Democracia e Liberdade de Expressão, sobre os atos de vandalismo:  “Estas manifestações violentas, de depredações, tem que ser radicalmente combatidas por todos. Elas, sim, podem levar a uma crise institucional . Isso não podemos permitir”.   

Tarso Genro e o piso dos professores do RS

31 de outubro de 2013 13

Na reunião de Colombo  com os deputados, um dos temas levantados tratou de melhoria salarial para a saúde e a descompactação da tabela dos professores.  O secretário Gavazzoni explicou que foi o governador Tarso Genro quem criou o piso salarial domagistério, mas paga o benefício no Rio Grande do Sul.  E destacou que Santa Catarina paga o beneficio.

Morro dos Cavalos: licitação só em 2014

31 de outubro de 2013 2

Em audiência com o diretor executivo do DNIT, Tarcisio Freitas, o deputado Ronaldo Benedet(PMDB) insistiu na construção da quarta pista da BR-101 no morro dos Cavalos, como solução de urgência para evitar mais caos e acidentes no sul do Estado.   Soube que a licitação para construção dos túneis só sairá em fevereiro de 2014.

Barragens na audiência de Colombo com Dilma

31 de outubro de 2013 2

Governador Raimundo Colombo terá audiência hoje com a presidente da República no Palácio do Planalto.  Vai tratar da visita que Dilma Rousseff fará no final de novembro em Santa Catarina, para entrega das ordens de serviço de aumento das barragens de Taió e Ituporanga. Estas obras foram autorizadas por Dilma no Natal de 2011.

O pacotaço salarial da segurança e dos servidores

31 de outubro de 2013 32

Durante reunião com os deputados da base aliada, o governador  Raimundo Colombo apresentou o pacote de reajuste salarial dos policiais civis e militares e dos peritos.  Pretende remetê-lo a Assembleia Legislativa em uma semana,  antes de viajar para a Rússia.

O pacote deve incluir também o aumento da gratificação especial dos servidores de 12 secretarias e várias fundações estaduais de 60% para 100%, uniformizando a concessão deste benefício.

Vários secretários participaram do encontro na Casa da Agronômica. A principal exposição coube ao secretário  Antônio Gavazzoni, que vem negociando com os policiais civis e militares desde o início do ano.

Entre as mudanças  na legislação consta o fim das horas extras de todos os servidores da segurança pública e o pagamento em forma de subsídio, eliminando com os chamados penduricalhos.  O subsídio consta da pauta de reivindicações dos Delegados e Policiais Civis há vários anos.    Nos casos de adversidades ou emergências na área da segurança, seria acionado um fundo especial para pagamento dos policiais.

Colombo queria ouvir os parlamentares.  A maior preocupação está na Polícia Civil, cujo sindicato – o Sinpol – está dividido nas negociações e não aprovou a proposta governamental.

Um dos deputados presentes informou que o pagamento dos benefícios salariais será feito de forma parcelada.  Agentes de policia teriam direito a inicial de R$ 4.500,00, em agosto de 2014. Poderiam se aposentar com R$ 12.000,00.

Outro parlamentar presente fez os cálculos e realizou comparativos para afirmar que, se aprovado o projeto, a Policia Militar de Santa Catarina terá um dos melhores salários do Brasil.

Aldo Schneider cidadão de Agronômica

30 de outubro de 2013 1

O deputado estadual Aldo Schneider (PMDB) líder do governo na Assembleia, vai receber amanhã, 31 de outubro, o titulo cidadão de Agronômica, no Vale do Itajaí.. A sessão solene acontece a partir das 19h30 no plenário da Câmara de Vereadores de Agronômica na rua Leopoldo Cunha, 435 no centro da cidade.
A indicação é uma iniciativa do poder legislativo da cidade por indicação dos vereadores.
Além do deputado Aldo, mais 6 cidadãos serão homenageados com o titulo Cidadão Agronomense;
1 – ALDO SCHNEIDER (Deputado Estadual do PMDB);
2 – JOSÉ ERCOLINO MENEGATTI (Prefeito Municipal de Agronômica);
3 – HUMBERTO OHF DA ANDRADE e toda equipe das Rádios AMANDA FM e SUPER DIFUSORA AM;
4 – RONALDO COUTINHO DO PRADO (Sócio gerente da CLIMATERRA de São Joaquim/SC);
5  – CARLETO CANANI (Ex Presidente da Diretoria do Clube de Caça e Tiro MOSQUITO);
6 – OSMAR CATTONI (Ex Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Agronômica/SC);
7 – PAULO HENRIQUE ALEXANDRE (Pecuarista de Agronômica/SC).

=