Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prefeito garante apoio às familias que tiveram casas destruídas pelo incêndio

28 de fevereiro de 2014 2

Nota distribuída pela Secom de Florianópolis informa que o prefeito Cesar Souza Júnior garantiu apoio as famílias que tiveram suas casas destruídas por incêndio hoje na Agronômica. Confira:

“O prefeito Cesar Souza Júnior esteve no início da tarde desta sexta-feira (28) na comunidade Santa Vitória, na região da Agronômica, onde um incêndio destruiu seis residências nesta manhã, deixando cerca de 30 pessoas desabrigadas.

Acompanhado do secretário municipal de Habitação e Saneamento Ambiental, Rafael Hahne, o prefeito garantiu total assistência às famílias. Por determinação dele, os moradores foram cadastrados pelas assistentes sociais da Prefeitura, para os procedimentos de fornecimento do aluguel social àqueles que o necessitem.

O prefeito destacou que as famílias serão cadastradas no programa de habitação de interesse social do município. Ele destacou ainda que vai solicitar ao governo do Estado a cessão de uma área no topo do morro da comunidade para a construção das novas residências.

Ocupação irregular iniciada há cerca de 30 anos, a comunidade Santa Vitória é uma das mais carentes da Ilha. A visita do prefeito trouxe conforto e esperança ao senhor Luiz Carlos Muniz, de 53 anos, que há 28 mora na área. Pai de oito filhos e avô de 14 netos, Muniz foi um do que tiveram a casa completamente destruída. De todos os 30 desabrigados, 25 são da família dele.

Renata Aparecida Miguel Genings, 26, também perdeu sua residência de madeira. Ao lado do marido, Odines Zanzoni Santana, 31, ela lembrava, com lágrimas nos olhos, os momentos de tensão e medo no início da manhã, quando as primeiras labaredas acordaram os moradores.”

Comentários

comments

Comentários (2)

  • SERGIO MURILO diz: 28 de fevereiro de 2014

    GESTO NOBRE DO PREFEITO, PORQUE NESSAS HORAS ESSAS PESSOAS PRECISAM MUITO DE APOIO. EU NÃO VOTEI NELE, PELO CONTRÁRIO ANULEI O VOTO, MAS RECONHEÇO QUE A ATITUDE É JUSTA E OPORTUNA COM AQUELES QUE MAIS PRECISAM.

  • liaseal diz: 1 de março de 2014

    Caridade com chapéu dos outros? Será que todas as vítimas de incêndio terão o mesmo tratamento? Se sim, parabéns! Se fosse em apartamento e não casa, teriam ajuda? Ou a ajuda é só pra quem está irregular a muito tempo? Todo mundo paga impostos, IPTU caro, portanto todos devem receber o mesmo tratamento, a mesma ajuda. Vamos ver quantas vezes a bondade vai se repetir porque quem perde tudo num incêndio, até os documentos e a comida, também sofrem sem um lugar pra morar depois e não ganha nada de terreno, ainda tem de continuar pagando prestação se for casa ou apartamento popular financiado, além de condomínio e IPTU que não quer saber se o cafofo sinistrado não está em uso, tem de pagar e fim. Se já estão ali há tanto tempo podem reconstruir no lugar, ou vão aproveitar o incêndio para tomar a área e não deixar que voltem? E os outros vizinhos ficam em iguais situações ficam? Pelo tempo não é tal área de ocupação consolidada e não podem ser removidos? Normalmente, quem tem de se virar são os familiares que dão abrigo, às vezes vizinhos e amigos, até recuperar o que se perde. Bom saber que agora a PMF banca ajuda e como o grana sai de todos os contribuintes, estes devem ter os mesmos direitos quando precisarem. Do contrário é populismo e demagogia. Ou a PMF vai dizer que procuremos ajuda de parentes e com o salário de fome cubra s reconstrução de tudo, uma vida inteira? O tempo dirá, né não? Topo de morro cedido para construção, devendo ser recuperado e preservado? só pode ser piada!