Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Com adesão de Pizzolatti, PSD isola Amin

29 de abril de 2014 28

Upiara Boschi

Em seu discurso na pré-convenção do PMDB, o senador Luiz Henrique da Silveira desdenhou a importância da participação do PP na aliança pela reeleição de Raimundo Colombo (PSD). Comparou os progressistas à Gália invadida por Júlio Cesar, por estarem divididos em três. Os líderes dessa Gália, cada qual com seu projeto, seriam Joares Ponticelli, João Pizzolatti e Esperidião Amin.

– No máximo, a aliança contaria com duas das três partes – disse Luiz Henrique.

Ao anunciar de antemão que o PMDB vetaria o tradicional adversário, Luiz Henrique não olhava para a pré-convenção, que já considerava ganha. Mirava a briga pelo espaço e a tentativa de guardar a vaga para a remota hipótese de o PT aderir ao projeto. Ciente do movimento e do futuro respaldo, o PP apanhou quieto.
Encerrada a disputa peemedebista, Colombo e o PSD iniciaram o processo de juntar os cacos progressistas. Se o deputado estadual Joares Ponticelli já estava alistado no exército governista, ontem foi a vez do deputado federal João Pizzolatti, presidente em exercício da sigla, descer do muro e aderir à frente da reeleição.

– O mais importante para nós é voltar a ser governo. Voltar a ser governo, eleger o senador e grandes bancadas. Se algum partido tiver um problema, o problema não é nosso – afirmou Pizzolatti.

Com Ponticelli e Pizzolatti, os pessedistas garantem o controle do PP e o isolamento do deputado federal e ex-governador Esperidião Amin – apontado como o único que pode atrapalhar a reeleição de Colombo. A leitura dos pessedistas, palacianos ou parlamentares, é que a frase de LHS está incorreta: o apoio oficial do PP vale pelo que agrega e também pelo que exclui.

Comentários

comments

Comentários (28)

  • Pedro Paulo de Miranda diz: 29 de abril de 2014

    Bom dia!

    Fez metástase!
    Não podemos esquecer, a derrocada do Império Romano ocorreu basicamente por duas razões, sendo: interna e externa. A interna, responsabiliza-se única e exclusivamente ao Império com as suas mazelas, por exemplo, corrupção de toda ordem. A externa ocorreu em razão da contrariedade de muitos, denominados pelos romanos de bárbaros que lutavam por justiça e liberdade.
    Portanto, o “corpo doente” tem prazo de validade.

    Forte abraço!

  • Sérgio Brasil diz: 29 de abril de 2014

    O poder emana do Povo e em seu nome será exercido!

  • Curió diz: 29 de abril de 2014

    Está explicado senador.
    Gália invadida, tripartiu-se.
    Por Júlio Cesar, imperador.
    Como Santa Catarina destruída
    por teu caboclo mamador.
    Juntastes tudo que é caco, tudo que é traste empregastes.
    Sem suar muito o Eixo em torno de ti consolidastes.
    Lá vão minhas loas à nau dos indecentes
    singrando atoa e colhendo os remanescentes.
    Qual é o farol tão claro assim de dividir para reinar ?
    Agora… votar ?
    Eu ? Em vocês ?
    Nunca mais.

  • João Marcos diz: 29 de abril de 2014

    O ESPERIDIÃO AMIN tem mais de 1 milhão de votos.

    O Ponticelli tem 40 mil votos e o Pizzolatti se não estivesse elegível teria pouco mais de 100 mil votos.

    Nas urnas os progressistas vão responder aos ataques que vem sofrendo.

  • Barão diz: 29 de abril de 2014

    Notícia em primeira mão: agora também a PF e o MPF pretendem integrar essa aliança polidesafetiva, pois, desafeto por desafeto, todos de uma maneira ou de outra já se conhecem nos embates das lides eleitorais e em outras áreas jurídicas.

  • Costa diz: 29 de abril de 2014

    Não voto no PMDB e PT; portanto, espero que Amin tome outro rumo e isole os dois barras do partido; apoio não faltará. O estado já está farto das coligações corrosivas do dinheiro público. Pensei que ao menos Ponticelli fosse mais político que politiqueiro, pois o outro já se conhece.

  • Giffoni diz: 29 de abril de 2014

    Posso não gostar da maneira como o LHS “pratica” a política, mas, com certeza, sabe em quem bater: bate, bate e os mesmos (cargos, cargos e cargos) estão sempre à sua disposição. Bem que comentei anteriormente: razão tem o PT do Vignatti em não entrar na mesma fria da eleição passada, quando acreditou que o Moreira (mór) seria mesmo candidato. A traíragem come solta em SC. E o Bauer (que não existe politicamente e só é senador por que o LHS quis) é a próxima “vítima”. Se bobearem, até os bornhausen (socialistas desde criancinhas) estarão aplaudindo o LHS em comício pró colombinos. Depois, passam 4 anos reclamando… do governo federal.

  • Lina diz: 29 de abril de 2014

    No sábado, LHS chorou pelos 106 processos que responde na justiça. Ponticelli assina a maior parte das ações judiciais contra LHS. O mesmo Ponticelli que chamou Eduardo Moreira de ladrão na tribuna da Assembléia. O mesmo Eduardo Moreira que disse que cruzamento de cobra (PMDB) com jacaré (PP) é impossível. Enquanto isso, Colombo trai seus eleitores e apóia Dilma, o poste que Lula colocou pra continuar a corrupção na Petrobras, Eletrobras e em TODOS os ministérios. O mesmo Lula que disse que ia EXTIRPAR da política Jorge e Paulo Bornhausen. O mesmo Jorge Borhausen que inventou Colombo. Coloca o toldo que a política em Santa Catarina virou um picadeiro. Só que os palhaços somos nós.

  • Fabiano Correia diz: 29 de abril de 2014

    O resultado de outubro começa a ser desenhado com os isolamentos da base do PMDB (filiados e simpatizantes que queriam votar no 15!) e da base do PP (que reconhecem AMIN como seu grande líder, único capaz de falar pelos progressistas de ideais).
    Todos estes descontentes trilharão um único rumo no voto secreto de outubro: CLAUDIO VIGNATTI, o que restou de ESPERANÇA neste Estado onde os últimos 12 anos foram marcados pelo conchavo, pela politicagem dos cargos comissionados das SDRs, pelo aniquilamento dos serviços públicos essenciais (educação, saúde e transportes públicos).
    O Governador Colombo terá como único adversário o FORTE DESCONTENTAMENTO DO POVO E DOS EXCLUÍDOS DO PMDB E DO PP, que desaguarão no candidato do PT.

  • Fredy diz: 29 de abril de 2014

    Com certeza, não voto no Joares e muito menos no Pizzolatti que andou participando de encontros como o doleiro Yussef no Paraná. Nunca pensei em votar no PT em SC, mas já estou revendo esta posição.

  • Evandro Otavio diz: 29 de abril de 2014

    Isso é uma piada o Ponticelli não tem voto é um zé ruela, Pizzolati idem, ambos não nos representam. O governo do Colombo está péssimo, o PP jamais pode compactuar com essa vergonha. O Amin tem é que chutar o balde criar um fato novo e derrubar esses parasitas do PMDB.

  • Jr diz: 29 de abril de 2014

    Gostei de alguns comentários citados acima (Lina e Fabiano Correia). Eu tenho severas restrições a votar no PT, especialmente no federal. Reconheço no ex-governador Esperidião Amin a única pessoa de liderar nosso estado com dignidade. O LHS é um esperto. Bate no Amin para atrair os holofotes e votos para o seu lado. Certamente não votarei e farei campanha contra o deputado Joares Ponticelli, pois não nos representa. Se for o caso votarei e pedirei votos pelo Vignati e pelo Pavan (na ausência de alguém melhor e porque não vou ajudar a eleger senador do PT).

  • Fabiano Correia diz: 29 de abril de 2014

    É isto caro Fredy. O VIGNATTI será o grande adversário do atual Governador em outubro.
    Não porque o PT cresceu no Estado ou porque o VIGNATTI possui musculatura pessoal para enfrentar Colombo, mas pelo simples fato de que os políticos que comandam os partidos no Estado ainda não entenderam as vozes das ruas no ano passado e que vão se repetir a partir de junho deste ano.
    O POVO NÃO AGUENTA MAIS VER SEUS INTERESSES ADMINISTRADOS POR MEIA DÚZIA DE TUBARÕES QUE SE REÚNEM EM GABINETES E DECIDEM OS DESTINOS DE UM ESTADO E DE UM PAÍS.
    A Dilma já está despencando na sua popularidade por que também não entendeu o sentimento que está explodindo nos corações dos Brasileiros.
    Gosto da pessoa do Governador Colombo, em quem eu votei para Senador e para Governador também, mas estes conchavos que incluem juntar numa mesma salada PMDB e PP não dá para digerir. É o mesmo que a Dilma fez em Brasília.
    Voto no VIGNATTI por não ver nada mais esperançoso no momento, salientando que até o próprio VIGNATTI representa o sentimento do povo na medida em que DERROTOU IDELI SALVATTI dentro do partido que ela tentou mandar.

  • betodo15 diz: 29 de abril de 2014

    Como tem gente que sonha.!!! bem, sonhar faz bem.!!!

  • Esperançoso. diz: 29 de abril de 2014

    Excluidos do PMDB e PP, vamos começar uma jornada a favor do Vignatti como voto de protesto. Vamos mostrar aos catarinenses que o povo é maior que os cargos das SDR.

  • Fatima diz: 29 de abril de 2014

    Professor que tiver vergonha na cara não votará no Colombo…

  • artesão diz: 29 de abril de 2014

    Sou professor, JAMAIS votarei no LHS/Colombo!!! Já fui enganado uma vez (2006), que arrependimento!!! Até no Colombo, sozinho, apoiando a Dilma, eu votaria, mas no olho de peixe morto NÃO!!!!

  • Mari diz: 29 de abril de 2014

    Vignatti cresceu no huahuaaijahuhuahuaiuauhauhuhahua péra uhahuhuahuahuhuauhauha cada piadista…. petralha não faz 5% dos votos esse coitado

  • Joaninha sindical diz: 29 de abril de 2014

    Joares era chamado de ….. Pelo Eduardo.
    Eduardo era chamado de ……. Pelo Joares.
    Joares era chamado de ……. Pelo Luiz Henrique.
    Luiz Henrique era chamado de …… Pelo Joares.
    Cobra d’água e jacaré não se cruzam……

  • Paulo Franco diz: 29 de abril de 2014

    Como engolir essas alianças? Isso parece mais engodo eleitoral. Mas fico feliz de ver o Pinho Moreira e o LHS sacudir o Ponticelli, quem é que não sabia que os mdebistas iriam estirpar o ferrenho Ponticelli do poder. Dos 106 processos contra LHS pelo menos uns 100 foram arrumados por Ponticelli. Aliás dizem que até o coitiadinho do Titon foi vitima do rastaquera (como Ponticelli era chamado pelo LHS). Peemedebista que é peemedebista não aceitará estar numa mesma aliança que os pepistas.

  • guido rezende diz: 29 de abril de 2014

    Muitas emoções,
    Para quem acha que as eleições em SC estão definidas aguarde os momentos de emoções que virão!

  • fernando diz: 29 de abril de 2014

    As raposas velhas do PMDB e sua maracutais, ajudar Santa Catarina que é bom nada, é fácil se reelege saqueando o estado, com 36 secretarias regionais até o sindico do meu prédio ganha as eleições, cambada … o raça, essas eleições vão ser diferente, quem viver verá …

  • Julio Cezar Sampaio Teixeira diz: 29 de abril de 2014

    São os membros da Cosa Nostra e da Camorra tomando de assalto o “Loja da Brimo Amin.”

  • jean diz: 29 de abril de 2014

    Gostei de alguns comentários citados acima (Lina e Fabiano Correia). Eu tenho severas restrições a votar no PT, especialmente no federal. Reconheço no ex-governador Esperidião Amin a única pessoa de liderar nosso estado com dignidade. O LHS é um esperto. Bate no Amin para atrair os holofotes e votos para o seu lado. Certamente não votarei e farei campanha contra o deputado Joares Ponticelli, pois não nos representa. Se for o caso votarei e pedirei votos pelo Vignati e pelo Pavan (na ausência de alguém melhor e porque não vou ajudar a eleger senador do PT).(jr. 2014).
    Faço minhas as suas palavras.

  • Sandro Dalla Costa diz: 30 de abril de 2014

    - O mais importante para nós é voltar a ser governo. Voltar a ser governo, eleger o senador e grandes bancadas. Se algum partido tiver um problema, o problema não é nosso – afirmou Pizzolatti.

    É exatamente como PIZZOLATTI pensa em toda sua vida publica, negócio, negócio e negócio, usa a política como um balcão de negócios, não ta preocupado com SC, somente com seus interesses, só objetiva o poder custe o que custar, não tem moral, ética ou ideologia, se vende fácil, fácil ainda bem que está inelegível, menos um em SC pra corromper e ser corrompido. Vergonha para SC.

  • Carlos diz: 30 de abril de 2014

    O Pizolati não foi acusado pelo Roberto Jeferson por participar do mensalão ?
    Como é que escapou até agora ?
    Joares, que não tem voto mas quer cargos, vai levar o PP para o buraco se conseguir isolar os Amin que têm voto mas não criam cargos !

  • marcelocardosodasilva diz: 30 de abril de 2014

    …ÔÔ candidato ao Governo “Do Estado” de Sta. Catarina que propor à “eXXtinção/exxtermínio” DAS 37 SRDs; ………….levará ÔÔs “ASPONES” mil para à P. que P. ………….e/E “LEVARÁ” ÔÔ meu VOTO; consciente do efeito deste “CÂNCER” político, pago com “DINERO” Nosso/PÚBLICO!!! ………….SDRs, fora roedores!!!

  • felipe diz: 30 de abril de 2014

    jean diz:
    29 de abril de 2014
    Gostei de alguns comentários citados acima (Lina e Fabiano Correia). Eu tenho severas restrições a votar no PT, especialmente no federal. Reconheço no ex-governador Esperidião Amin a única pessoa de liderar nosso estado com dignidade. O LHS é um esperto. Bate no Amin para atrair os holofotes e votos para o seu lado. Certamente não votarei e farei campanha contra o deputado Joares Ponticelli, pois não nos representa. Se for o caso votarei e pedirei votos pelo Vignati e pelo Pavan (na ausência de alguém melhor e porque não vou ajudar a eleger senador do PT).(jr. 2014).
    Faço minhas as suas palavras.