Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Titon aplica manobra jurídica nos colegas

30 de abril de 2014 6

O deputado estadual Romildo Titon (PMDB) aplicou uma manobra jurídica em que esperava por uma decisão dele sobre renunciar à presidência da Assembleia para evitar respingos no parlamento por seu afastamento do cargo pelo Tribunal de Justiça. No almoço da bancada do PMDB, ontem, os colegas ficaram de queixo caído com o argumento do deputado para não decidir: o acórdão do Órgão Especial do TJ-SC não ficou pronto.

Comentários

comments

Comentários (6)

  • rodrigo souza diz: 30 de abril de 2014

    Depois falam, que vcs sao pessoas serias coitado do povo

  • Curió diz: 30 de abril de 2014

    O parlamento catarinense está mais do que cagado.
    O judiciário está brocha.
    O executivo inchado como um baiacu.
    Quando soltar a última flatulência vai aos quintos dos infernos
    e o estado abre então finalmente a falência.
    E a culpa vai ser do governo federal… como sempre.
    VOTO SAL AMARGO! FORA COLOMBO!

  • FUDÊNCIO diz: 30 de abril de 2014

    Dá-lhe Upiara!

    STF conclui que as provas que condenaram Nelson Goetten são ilícitas.
    Ai tem a questão do Titon, isso é que é de PHODÊ!!!

  • CURTO&GROSSO diz: 30 de abril de 2014

    A situação de vagabundagem em que se transformou a vida pública/política deste país só tem uma explicação/origem que é a falta de vergonha na cara.
    O povo a perdeu há muito tempo e eles talvez nem saibam o que é isto !!!

  • Podoaldo da Silveira Matos diz: 30 de abril de 2014

    A bancada do PMDB é uma bancada de suplentes…..

  • Juju diz: 30 de abril de 2014

    O Procurador geral de Justiça que está enrolado em licitações fraudulentas e o presidente da alesc deputado Titon devem pedir licença dos seus cargos imediatamente!
    Não há saída !