Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O veto ao PP na agenda politica

10 de maio de 2014 12

Raimundo Colombo e Luiz Henrique têm agendada para segunda-feira uma nova reunião na Casa da Agronômica para tratar das eleições em Santa Catarina. Uma prévia pode acontecer hoje durante viagem que ambos fazem para uma inauguração em Faxinal dos Guedes. O governador está visivelmente contrariado com o veto do senador a presença do PP na chapa da tríplice aliança.

Comentários

comments

Comentários (12)

  • A CRIANÇA PASSOU DOS LIMITES: diz: 10 de maio de 2014

    Me admiro que a imprensa publique ideias egoístas de tal tamanho será que mesmo lhe considera o rei sol da França Luiz XVI.

  • Irineu Roque Sberse diz: 10 de maio de 2014

    Eu convivo no meio de eleitores PMDBistas diariamente. Não falam outra coisa a não ser a entrada do PP na chama de Raimundo Colombo e de Pinho Moreira. Pelas rixas antigas entre estes dois partidos e ataques do Amin e seu partido contra o Luiz Henrique e o seu partido, não querem a presença de maneira nenhuma do PP na chapa. E dizem mais, a chapa de Raimundo Colombo e do Pinho Moreira, perde muito mais do que ganham com a entrada do PP na chapa.

  • osvaldo diz: 10 de maio de 2014

    Espiridião Amim se candidate ao governo que vamos tirar esta corja do poder, vai que Dá.

  • gualter diz: 10 de maio de 2014

    Nao adianta espernear “governador” , quem manda é o Luiz Henrique e o senhor sabe disso e nao é agora que vai desobedece-lo

  • Lageano Revoltado diz: 10 de maio de 2014

    Amime e Vignatti juntos, é só partir para o abraço, desde é claro que a campanha seja feita em torno do fim das SDR,s no meu entender qualquer candidato que assuma o compromisso de acabar com as SDRs, leva essa eleição na boa. A população não aguenta mais esses cabides de emprego que o Colombo antes criticava e agora é obrigado a manter pelo fato de ter de ficar devendo favores e dando satisfação de seu Governo ao LHS. O Colombo não é nem de longe o bom prefeito que foi em Lages, para se tornar Governador ele se submeteu a todas as condições impostas pelos outros partidos e perdeu o respeito que tinha, até com os lageanos da época em que foi prefeito e era admirado e respeitado. Mas ele pra chegar ao poder se vendeu e aceitou todas as condições que os outros partidos lhes impõe, mas eu com bom lageano que sou jamais aceito essas negociatas e não voto nessas coligações. Mudanças já o povo catarinense tem de aprender a votar se quiser parar de sofrer. Qualquer político que se vende não deveria ser eleito nunca, esse é o meu pensamento.

  • Marcello diz: 10 de maio de 2014

    Luiz XV tá de olho nas pesquisas presidenciais.

    Se o cenário mudar em Brasília ele abandona o Colombo e a Dilma e pula para o ninho tucano.

    Enquanto isso ele põe o PP como um bode na sala, para ficar “cozinhando” o Colombo.

  • Soldadinho de chumbo diz: 11 de maio de 2014

    Quem tem voto nessa chapa é o Pinho Moreira.
    O resto é figuração !

  • Belmiro diz: 11 de maio de 2014

    O veto do Luiz Henrique só tem uma causa: o seu reconhecimento à forte e marcante liderança do Amin em Santa Catarina. Luis Henrique nunca gostou de sombras. Tanto é que, em Joinville, não existe outra liderança politica dentro do PMDB. Então ele fica criando fantoches, como o Mauro Marione, que levou de São Bento e não deu certo, e agora o empresário Udo, que deu certo por ser conhecido mais pelo sucesso de sua empresa do que a indicação pelo governador Luiz Henrique.
    Mantido o Moreira na chapa de Colombo, isto é mais uma prova de que mesmo em todo o Estado de Santa Catarina, não existe nenhuma liderança marcante do PMDB. O Moreira é um peso morto. Fosse bom de voto, teria o sul do Estado todo nas mãos do PMDB, porém, é a região onde o PMDB mais sofre

  • Luiz Fernando diz: 11 de maio de 2014

    SÓ ESTÁ FALTANDO MANCAR A DATA PARA RAIMUNDO E LUIZ HENRIQUE DEIXAREM A DILMA DE LADO!
    ELA ATÉ QUE MERECIA O APOIO DESTES DOIS INCOMPETENTES, JÁ QUE ESTA É A MARCA COMUM DESTES 3 GOVERNOS (DILMA, LUIZ HENRIQUE E COLOMBO) !
    MAS, COMO TRAIDOR MOR DA POLÍTICA CATARINENSE, NÃO TENHAM DÚVIDAS DE MAIS UMA TRAIÇÃO DE LUIZ HENRIQUE, QUE SÓ FOI GOVERNADOR PORQUE O PT LHE DEU O PRIMEIRO MANDATO!
    QUANDO SEU CHEFE (DO RAIMUNDO E DO LUIZ HENRIQUE) MANDAR, ELES CURVAM-SE E CUMPREM SUA ORDEM!
    - QUAL CHEFE?
    - JORGE K BORNHAUSEN
    NÃO É DE HOJE QUE OS DOIS SE SUBORDINAM ÀS SUAS ORDENS!

    O PAVAN QUE O DIGA!

    P

  • Curió diz: 11 de maio de 2014

    A estas alturas o estrago peemedebeico já foi feito. Luiz Henrique levará o troco na própria carne. Vignatti vai precisar governar. Então… Precisa falar mais alguma coisa. Há gente demais descontente com o desgoverno eletrônico. Mundinho contrariado ? Conta outra… logo com quem. E outra, óbvia mas é necessário ser dito: desde quando votar ou ser cabo eleitoral precisa de filiação ou de coligação. Corre livre meu… Paga os trinta real do segurador de bandeirinha e ó… carrada de barro, dentadura, cirurgia represada, pintura de capela, tem de tudo ô loco!… Resumo da ópera: vai ser uma camassada de pau créeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeedo!

  • Dieter Liebsch diz: 11 de maio de 2014

    Raimundo Colombo passou quatro anos apenas ajeitando cargos frente a sede dos aliados (tríplice mafiança) nas SDRs. De obras e realizações??? nada… ou melhor, umas migalhas a 5 meses das eleições. O que se discutirá nessa reunião? projetos, programas, não…não mesmo!!!!, mas sim, cargos, quem fica com o que… como se o estados fosse refém das vontades e decisões de 2-3 pessoas. Coronelismo de rincões, isso que Sta Catarina se tornou…

  • Maria Sweiter da Silva diz: 12 de maio de 2014

    É vamos vê no que vai dá o Luiz XV Catarinense colocando as unhas de fora. Nosso Luizinho é assim mesmo, só pensa nele.Cuidado Colombo assim que que o Sr. para as negociações com o PP, nosso Luizinho irá cobrar, mais e mais, cada vez mais e mais, de forma que será insustentável.