Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Joares Ponticelli vai ser candidato a vice-governador de Paulo Bauer

30 de junho de 2014 23

Selada a aliança entre o PP e o PSDB. Depois de mais de uma hora de reunião, o nome do deputado Joares Ponticelli, do PP, foi definido como vice-governador na chapa de Paulo Bauer, do PSDB.
Está mantida a aliança com o PSB, que terá Paulinho Bornhausen como candidato ao senado.
Na Convenção do PSB foi fechada a coligação com sete partidos.

Comentários

comments

Comentários (23)

  • Roberto Schutz diz: 30 de junho de 2014

    Pode contabilizar o meu voto!

    Não voto nunca mais em PT, tendo em vista o desastre que está esse país e, também, não posso ouvir falar em Raimundo Colombo e LHS, dois cânceres da política catarinense.

    Aécio, Bauer e Bornhausen!

  • André Espezim diz: 30 de junho de 2014

    Estou acompanhando a coluna desde o termino das convenções na ALESC… O blog é impar quanto aos desdobramentos do atual cenário político em SC. Parabéns!!!

  • Paulinho de São José diz: 1 de julho de 2014

    Agora ficou difícil para o Desgovernador Raimundo “traíra” Colombo.

    2 turno assegurado.

  • Edson M. Lessa diz: 1 de julho de 2014

    Agora não precisa nem mais traduzir. Pode-se afirmar categoricamente: Teremos segundo turno em SC e o bicho vai pegar!

  • Pedro diz: 1 de julho de 2014

    Engraçado…
    As vozes da convenção não clamavam por Amim?

    Não dá pra entender a insistência dessa executiva com esse Ponticelli…
    Já não está com o filme queimado o suficiente?
    Parece uma sangria pra lançar o destino do PP nas mãos da executiva (leia-se: Ponticelli, Pizzolatti e Aldo Rosa e Boeira).

    Aprendam a ouvir a voz da militância, ou a decepção pode ser grande…

  • Rogério Vieira diz: 1 de julho de 2014

    Baba ovo do governador levou uma rasteira e agora está alucinado atrás do poder. Bauer e Pontielli: duas figuras nefastas da política catarinense.

  • Andréa – SFS diz: 1 de julho de 2014

    Depois da rasteira que o PP levou do governador Colombo, ocasionada pelo amadorismo do deputado Joares Ponticelli, o partido comete mais um erro, não lançando candidatura própria ao governo. Que argumento vão usar nas propagandas, sendo vice de Paulo Bauer que se contradiz criticando o governo de qual fez parte a pouco tempo e as secretarias regionais que o mesmo apoiou em eleições anteriores. Aquele PP da época do Amim infelizmente já era!!!!!!

  • Luiz Nascimento diz: 1 de julho de 2014

    Vão ganhar bastante votos é dos professores esses dois aí, histórico muito lindo possuem com o magistério catarinense. Paulo Bauer quando secretário estadual de educação não implantou o PSPN ( Piso Salarial Profissional Nacional) aos professores da rede, e o nosso amigo Ponticelli nem precisa falar o que ele fez com o magistério catarinense, aliás nem sei o porquê que ele está com tanta moral no partido, tomando decisões e levando o partido ao buraco.

  • Carlos Antonino Siqueira diz: 1 de julho de 2014

    Paulo Bauer negociando com o Amin ?
    Será que tem que levar outra rasteira ?
    Com Amin só se recebe arrogância e se colhe discordia.

  • Alfredo diz: 1 de julho de 2014

    Caríssimo Esperidião, participei da convenção do partido e confesso que a muito tempo não o fazia. Prestei bastante atenção quando você falou sobre traição. Que somente pode ser traído quem é próximo, quem de alguma maneira você não espera. Pois bem, seu discurso foi maravilhoso, uniu o partido. A muito tempo não via uma possibilidade tão forte de fazer do PP um grande partido como sempre foi no estado. Traição então é isso… A SUA PROXIMIDADE COM OS SEUS, O SEU DISCURSO ALIADO A PRÁTICA. VER SUA COMEMORAÇÃO DUAS HORAS DEPOIS exibindo o candidato a vice na chapa de Paulo Bauer me dá a clareza de quem vossa senhoria realmente é. .. UM GRANDE TRAIDOR… Agora pela manhã saio do partido, levo comigo mais umas 30 pessoas e uma certeza absoluta. De hoje em diante vossa senhoria nunca mais contará com meu voto. Mas acima de tudo contará com o meu fiel compromisso de trabalhar contra tudo e todos que seu nome esteja envolvido. Pois traição pra mim agora tem nome. E chama – se ESPERIDIÃO AMIM.

  • Colombo e Dilma Tchau diz: 1 de julho de 2014

    Sou Paulo Bauer desde criancinha, Colombo e Dilma Tchau. Vai perder de feio, o povo catarinense não quer a DILMA, escreve o que eu digo..

  • Luciano diz: 1 de julho de 2014

    O Bauer não tem densidade eleitoral para ser cabeça dessa chapa, tampouco o Ponticelli também teria. Inegavelmente, o nome mais forte para esta coligação é o Amin ou mesmo a sua esposa…
    Mas política é como futebol … uma caixinha de surpresas. Apoiando o Paulinho pro senado e o Aécio para presidência, terão aporte financeiro para levar a campanha da chapa adiante. Agora gostaria de saber como anda a desinteressada amizade do Jorge Bornhausen e do LHS. O Jorge sempre defendeu os interesses partidários, mas antes de tudo defendeu os próprios interesses, e neste caso o interesse é o filho.
    Outra coisa que gostaria de saber é como será a pauta de campanha na mídia do Bauer, pois foi eleito senador pelo esquema político que agora quer derrotar. Vai falar mal das secretarias regionais e comissionados tendo ele nomeado ou indicado trocentos amiguinhos para as boquinhas? Até para não ser deselegante, deve sobretudo falar de propostas e de planos para o governo. Enfim, se o cabeça de chapa ou candidato a vice na chapa fosse o Amin, eles poderiam ter alguém com credenciais morais para atacar a descentralização do LHS e Colombo mas com o Bauer e o Ponticelli, qualquer critica neste sentido parecerá o sujo falando do mal lavado.

  • Betão diz: 1 de julho de 2014

    A eleição será no primeiro turno por aclamação, digo a reeleição. apenas bauer vai sugar os anti-petistas radicais, liberando assim deste compromisso o governador colombo…de um jeito ou de outro não existe uma alternativa viável na política para uma melhoria…pois aqui no sul demonizamos o pt e extrapola enxurrada de argumentos infantis do tipo pt multiplicou por um trilhão a corrupção…e muito outros blá blá blá….enquanto isso os corruptos de verdade dilapidam o estado…estou nem ai

  • guido rezende diz: 1 de julho de 2014

    Essa é a chapa dos Professores, fico imaginando como estão nossos Professores que sofreram na mão dos dois e continuam sofrendo na mão do Colombo….mais podem votar na cara nova.

  • PMDBista diz: 1 de julho de 2014

    Para alguns o que resta é o lenço para chorar.

  • Giffoni diz: 1 de julho de 2014

    Clareadas as posições, caro Colunista, como ficam as boquinhas apaniguadas e apadrinhadas distribuídas a esses todos – agora – oposicionistas? Serão todos defenestrados de imediato ou, seguindo o faz-de-conta-políticóide-catarinense, ninguém sai, todos ficam e no final das contas, ganhe um, ganhe outro, tudo fica como sempre esteve? E dizer que os catarinenses não se antenam de que é apenas jogo de cena? Que os de sempre fazem de conta serem situação e oposição, mas, na verdade são todos iguais em seus interesses mais particulares? Pobre Santa Catarina.

  • teco diz: 1 de julho de 2014

    O) que me iintriga, é saber qual seria o motivo para o Ponticelli abandonar
    a polícita tão jovem ainda .

  • jean diz: 1 de julho de 2014

    Voto em quem colocar na plataforma de campanha, a retirada das SDR’s.

  • Marco Torrezan diz: 1 de julho de 2014

    Mias uma vez, mostra o amadorismo do PP e do Joarez e toda sua truta. Puxaram o saco, defenderam o Governador até não da mais, e no ultimo minuto, levaram uma rasteira, e ficaram sem outro plano, a não ser, se contentar com o “vice”

  • Fábio diz: 1 de julho de 2014

    Bauer e Ponticelli? Os políticos que mais atacaram o magistério catarinense nos últimos anos. Não dá nem pra saída. A chapa é fraquíssima. Vivendo e não aprendendo.

  • betodo15 diz: 1 de julho de 2014

    Escrevam ai….Colombo no primeiro turno.!!! o PMDB (15) Unido, ninguém segura.!!!

  • Luiz E. diz: 1 de julho de 2014

    Mais uma vez os diretórios estão sendo desrespeitados, em nome daquele que minou desde o começo uma oposição efetiva do Partido Progressista, entregando e incitando a bancada ao entreguismo para um governo capitaneado, de fato, pelo PMDB. É evidente que o único que poderia contrapor o atual modelo de gestão, desastrosa, diga-se de passagem, por possuir densidade eleitoral, era Esperidião Amin – vide clima durante a convenção de ontem! Com seus erros e acertos, é mais competente que todos que estão no jogo. Nós filiados, aos poucos vamos perdendo a vontade e o amor pelo gigante que ajudamos a construir. Ao que tudo indica, ao PP restará mais fissuras e menos fichas no pano. Como diriam alguns, segue o enterro! Deprimente!

  • Mais Um Indignado diz: 1 de julho de 2014

    Sou PP de longa data, fiz campanha para o Ponticelli três vezes, mas…deu; não trabalho mais para este traíra, rasgo o titulo mas não voto nele, somente o AMIN me faz ainda permanecer no PP.