Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Lagoa: reunião prévia termina sem acordo

13 de agosto de 2014 Comentários desativados

Durante uma reunião prévia da audiência na Vara Ambiental da Justiça Federal, a procuradora da República, Analúcia Hartmann, divergiu da opinião do juiz Marcelo Krás Borges, de que a decisão do Tribunal Regional Federal deve prevalecer sobre construções depois de 2005.

A posição foi manifestada na reunião com o juiz Kras Borges, a procuradora, o prefeito Cesar Souza Junior, o procurador Geral do município, Alessandro Abreu e o superintendente da Floram, Volnei Carlin. O juiz manteve a posição e a procuradora anunciou que vai apelar.

A reunião prévia terminou há pouco. Agora começa a audiência no auditório ministro Luiz Gallotti.

Comentários

comments

Não é possível comentar.