Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A tragédia e o exemplo de família

17 de agosto de 2014 Comentários desativados

A natureza humana costuma ser generosa com os que morrem. Virtudes não proclamadas em vida despontam após o falecimento. Na vida pública, até os adversários passam a reconhecer qualidades que combatiam. Uns, por sinceridade e outros por oportunismo.

A semana encerra com um capítulo sinistro na história brasileira com o desaparecimento de Eduardo Campos. A noticia impactou a nação. Consternou todos os segmentos. Gente simples, que acompanhava à distância à distância a campanha presidencial, externou sua perplexidade pelo acontecido em Santos.

O amplo noticiário veiculado pela imprensa, em especial pelas redes de televisão, revelou um líder nacional muito mais preparado e completo do que aquele desenhado pelo perfil da tradição.

Reservado nos assuntos privados, Eduardo Campos despontou após a morte por outros atributos ignorados pela maioria. Além das inúmeras credenciais para o exercício de funções públicas, era um exemplar marido e dedicado chefe de família. O vídeo que seus filhos postaram no Dia dos Pais e agora amplamente divulgado pelas redes sociais, foi a última prova.

Numa época em que a família é tão massacrada, Eduardo Campos ofereceu um magnífico exemplo sobre princípios imutáveis na relação humana e social. Esposa e filhos, com coragem, estão repetindo na dor estes valores herdados do grande líder político sobre o significado da família para qualquer ser humano.

Comentários

comments

Não é possível comentar.