Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Diretoria da Acib ouve candidatos

12 de setembro de 2014 1

a próxima segunda-feira, dia 15 de setembro, a Associação Empresarial de Blumenau (Acib) abrirá espaço para ouvir mais quatro candidatos que concorrerão nas eleições de outubro. São eles: os candidatos a deputado estadual José de Souza, conhecido como Zeca Bombeiro (SD), e Jean Jackson Kuhlmann (PSD); o candidato ao Senado Federal Dario Elias Berger (PMDB), acompanhado pelo 1º suplente Paulo Gilberto Gouvêa da Costa; e o candidato a deputado federal Sérgio Boebel (PSDB).

Conforme decidido em reunião de Diretoria da entidade, cada candidato terá 15 minutos para expor suas propostas. Após a reunião, os candidatos receberão a Carta da Acib, um documento que reúne as premissas e bandeiras que a entidade defende.

Não serão permitidas perguntas. A imprensa não poderá participar das apresentações, mas poderá conversar com os candidatos e com representantes da Acib antes ou após a reunião.

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Jorge diz: 12 de setembro de 2014

    SÍNTESE DE PROPOSTAS.
    Fortalecer o ensino básico e implantar mais escolas técnicas.
    Valorizar os professores e os profissionais da saúde e segurança.
    Construir novos hospitais e aparelhar as unidades de saúde.
    Simplificar o sistema tributário, destinando diretamente a União, Estados e Municípios os recursos necessários para atender adequadamente as suas atribuições.
    Reduzir as alíquotas dos impostos para os que ganham menos.
    Estimular o trabalho formal e remunerar melhor o fundo de garantia.
    Conceder aumento real aos aposentados.
    Estender o adicional de 25% aos aposentados por idade e/ou tempo de contribuição que necessitam de cuidados permanentes.
    Encontrar um substitutivo ao fator previdenciário que atenda as necessidades da previdência sem ferir as expectativas dos segurados.
    Desenvolver e supervisionar os programas sociais.
    Investir para melhorar a mobilidade urbana.
    Cuidar do meio ambiente e realizar as obras necessárias de saneamento.
    Providenciar a infraestrutura para o desenvolvimento sustentável.
    Fazer um governo eficiente, participativo e transparente.