Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Portos: governo renova concessão

12 de setembro de 2014 3

porto

Da coluna de hoje do Moacir Pereira

O secretário nacional de Portos, Cesar Borges, estará na próxima quinta-feira em Santa Catarina. Traz excelentes notícias. Vai assinar os atos de renovação de concessão dos portos de Imbituba e São Francisco do Sul, viabilizando investimentos milionários no sistema portuário.

O anúncio foi feito pelo próprio ministro ao receber o governador em exercício, Nelson Martins, em Brasília. Cesar Borges vai visitar os portos de Navegantes, Itajaí, São Francisco do Sul e Imbituba e conhecer as obras da ponte estaiada de Laguna.

Durante sua permanência no Estado, o ministro anunciará decisões de impacto sócioeconômico. Vai renovar a concessão do porto de São Francisco do Sul por 25 anos, o que permitirá investimentos privados de R$ 600 milhões para ali fazer funcionar o mais ágil e moderno terminal graneleiro do Brasil.

Outra renovação que terá repercussão na economia do Sul e de todo o Estado será a do porto de Imbituba, e agora por 23 anos. A que está em vigor, por dois anos, já terminou. Foi conquistada pelo governador Raimundo Colombo (PSD) e destacada pela presidente Dilma Rousseff (PT) na entrevista que concedeu ao Grupo RBS, em Brasília. A gestão daquele porto está a cargo da SC-Par. Ali também serão realizados novos investimentos para modernização e ampliação de todo o complexo. Imbituba tem o melhor calado do litoral catarinense.

Comentários

comments

Comentários (3)

  • Walmor diz: 12 de setembro de 2014

    Moacir, perguntar não ofende, porque não privatizar esses Portos de Santa Catarina, propiciando mais agilidade e melhor gestão, em consequência menor custo de operação, já que o poder público tem outras setores mais estratégicos para se preocupar, como segurança pública, educação, saúde e infraestrutura das cidades. Governo do Estado e Prefeituras não são empresário para tocar um setor importante para a economia como Porto, e nem possuem recursos disponíveis para investir. É só fazer comparação entre esses Portos em mãos do poder público e os nas mãos do setor privado como o de Navegantes e de Itapoá, para ver a diferença gritante nos custos de operação e na forma da sua gestão. Mas para alguns se privatizar algum Porto parece que o mesmo vai se mudar da cidade e as riquezas não continuarão a circular por ali, mas no fundo estão apenas interessados no preenchimento dos cargos com altos salários que esses Portos oferecem, nada mais.

  • Miguel José Teixeira diz: 12 de setembro de 2014

    Pode isso, Arnaldo ???

  • gualberto cesar dos santos diz: 12 de setembro de 2014

    http://www.facebook.com/OntoPsiquico

    Gostei dessa informação um Secretário Geral do Ministério Cesar Borges que já foi do mesmo Partido de ACM.
    Vem a SC para ratificar os compromissos de Dilma com o nosso Estado.