Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

TRE-SC mantém cassação do prefeito de Palhoça, Camilo Martins (PSD)

15 de setembro de 2014 6

16879765

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC) manteve a cassação do prefeito de Palhoça, Camilo Martins (PSD), em sessão na tarde desta segunda-feira. Por unanimidade, os juízes rejeitaram os embargos de declaração da defesa, que pode recorrer ao Superior Tribunal Eleitoral, onde será julgado o mérito da ação.

Caso a decisão final do processo de Camilo, depois dos recursos possíveis, seja pela cassação, será necessário realizar novas eleições em Palhoça. Isso porque o primeiro candidato das eleições de 2012, Ivon de Souza, também não assumiu o cargo por problemas na Justiça Eleitoral. Camilo e Ivon somam mais de 50% dos votos e, por essa razão, se o pessedista também for cassado, os eleitores do município terão que voltar às urnas.

O prefeito foi declarado culpado de abuso do poder econômico, após denúncia feita pelo Ministério Público. A conclusão foi que Camilo Martins utilizava recursos recebidos do poder público para promoção pessoal durante a campanha a prefeito na eleição de 2012.

A verba seria da ONG Viver Palhoça – entidade que Camilo presidiu por um tempo -, que recebeu R$ 153,8 mil no final de 2011 por meio de um edital da Secretaria Estadual de Turismo, Cultura e Esportes.

As informações são do jornal Hora de Santa Catarina.

 

Comentários

comments

Comentários (6)

  • Irineu diz: 15 de setembro de 2014

    A Vox Populi acabou de divulgar mais uma pesquisa da corrida presidencial. Dilma 36% – Marina 27% – Aécio 15%. Portanto Dilma com 09 pontos à frente de Marina.

  • Palhocense indignado diz: 15 de setembro de 2014

    Essa cassação é uma vergonha. Se for assim, deveriam cassar a “Presidenta Dilma” q continua inaugurando obras, vários secretários de estado que se lançaram candidatos, pois muitos, usaram e abusaram do $$ publico para fazer suas imagens. MP deveria denunciá-los tbm. Pq nao fazem? Qual o critério?
    A situação é a mesma, ou ainda pior, pq estes estão no governo usando a maquina publica a seu favor.

    Com isso tudo, quem perde é a nossa cidade, nosso povo, pq após todo esse tempo, realizar novas eleições, até novo prefeito assumir, vai ficar pouco mais de um ano no cargo e muito pouco terá feito, pq mal vai assumir e já vai começar a pensar em reeleição.

    Diante desta situação, deveriam olhar e ver o que o atual prefeito já fez durante 1 ano que está a frente da prefeitura. O MP e o TRE deveriam avaliar esse trabalho e ver se realmente uma mudança a esta altura será o melhor para o povo Palhocense. Tenho certeza que se realmente estivessem pensando no povo, o resultado seria outro, mas infelizmente, deve haver razões obscuras por trás dessa cassação!

  • João Paulo de Andrade diz: 16 de setembro de 2014

    Pq eles não vão investigar corrupção de verdade? Se sair o Camilo vai entrar outro e depois tem eleição e entra outro e troca todos os comissionados; todas as obras param; os pagamentos atrasam; a folha atrasa…
    Todo dia vejo político usando a máquina pública pra se promover, o Camilo não fez nada disso e tá sendo injustiçado.
    Não tem partido político e nem votei nele, mas pelo amor de Deus, a Palhoça não pode mais ficar trocando prefeito por bobagem. Chega disso!

  • Juliana Meurer diz: 16 de setembro de 2014

    Quando finalmente Palhoça tem um prefeito honesto e bem intencionado, a oposição consegue estragar tudo, lamentável isso, espero que o Camilo continue no seu cargo até o final.

  • Euzim diz: 16 de setembro de 2014

    É por causa de pessoas como o palhocense indignado que o Brasil está como está. Não importa se a pessoa está fazendo algo ou não pelo município, isso não deve ser o objeto de discussão, mais sim se ele realmente praticou o crime a que lhe foi imputado. Se realmente isso aconteceu, o que está mais do que provado, inclusive com condenação em 1ª e 2ª instância, ele deve sim ser punido. Devemos deixa de lado nossas convicções políticas, nossas filiações partidárias e realmente ver pelo lado do que é certo e errado e não tentar tapar o sol com a peneira. Se é realmente culpado deve pagar por isso e ponto final.

  • Fabio Ribeiro diz: 16 de setembro de 2014

    Eu como Palhocense estou indignadíssimo com essa vergonha que estamos passando, 1 ano e 9 messes sem prefeito eleito pelo povo.
    Chega de tanta humilhação, o povo Palhocense foi para a rua ontem, e mostramos, pois eles queriam adiar novamente, a pedido do prefeito, que está com medo de deixar o cargo.
    Palhoça é a unica cidade de SC sem um prefeito eleito pelo povo, esse que está governando está imposto pelo TRE.
    Cade a democracia.
    Uma pergunta, se ele fosse de outro partido, será que haveria essa lentidão no julgamento deste processo ? Tenho certeza que não.