Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bauer empolgado com visita de Aécio a Blumenau

25 de setembro de 2014 4

Senador Paulo Bauer liga para fazer um relato entusiasmado com o clima na visita de Aécio Neves em Blumenau. Contou 1.300 pessoas e a presença de Napoleão Bernardes, Esperidião Amin, Leonel Pavan, Paulo Bornhausen e Angela Amin. O prefeito lembrou que na Praça Dr. Blumenau há 59 anos, Juscelino Kubistchek profetizou sua arrancada para o Planalto.

Foto: J.L. Cibils, divulgação

Foto: J.L. Cibils, divulgação

Comentários

comments

Comentários (4)

  • Rosana Valéria diz: 26 de setembro de 2014

    familiar, e da esperança que que corria nas veias de meus professores em relação ao Tancredo Neves, hoje ao ver seu neto Aécio Neves percebo no povo a estória se repetindo.
    Concluo que esta eleição não é apenas mais uma eleição. No dia 05 de outubro não posso decepcionar as pessoas que me conduziram até aqui, e que a minha escolha definirá lo futuro de minha filha, e dos meus alunos.
    Nós precisamos ter a clareza de que a vida é feita de escolhas, e estas definirão nosso destino.

  • Vicente Krull diz: 26 de setembro de 2014

    Conceito.
    Catarinense acéfalo: é aquele que diz que vai anular ou votar em branco. Porque não sabe que o voto é uma conquista feita a duras penas. Um direito estendido também aos negros e as mulheres.

  • Giffoni diz: 26 de setembro de 2014

    Se o Bauer fala em l.300 pessoas, podemos, muito bem, arredondar para 300; o Bornhausen não é neosocialista e apoiador da Maria Osmarina? Ou é traíra? Já o Pavan não é réu em ação penal (ah, se a justiça funcionasse, não?); aliás, o Amin também está traindo a decisão da executiva nacional do PP (AH, se houvesse justiça eleitoral no Brasil); quer dizer que só em 1955 foi que o Jucelino se “antenou” (kkkkkkkkkkkkkkkkk).

  • Telemaco diz: 26 de setembro de 2014

    As vezes dá pena… De onde vem esta imensa capacidade de não questionar as coisas… Lobos em pele em cordeiro…Impressionante…E lá vão eles marchando em direção às urnas, e generosamente passarão o cheque em branco… E depois, champanhe, whisky, a lancha ancorada perto da mansão na praia X… Dá pena…Trabalhador, você é a riqueza deste País!