Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bancada do PT no Senado dividida sobre PEC

29 de outubro de 2014 2

Bancada do PT no Senado está dividida sobre a Proposta de Emenda à Constituição 115/2011, criada pelo catarinense Paulo Bauer (PSDB) para zerar os impostos sobre remédios de uso humano. Com parecer favorável do relator, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), o tema aguarda votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), desde maio, quando Ana Rita, do PT do Espírito Santo, pediu vistas à iniciativa.

Na manhã desta quarta-feira (29), ela entrou em contato com Bauer tranquilizando-o. A consultoria técnica da Casa não achou nenhum problema na chamada PEC dos Remédios e ela devolveria o texto para ser votado. No entanto, duas horas depois, já na comissão, Gleisi Hoffmann, do PT paranaense, afirmou que a bancada ainda não tinha segurança sobre qual decisão tomar. A solução foi um acordo para que a PEC volte à pauta daqui duas semanas. Isso dará tempo para os governistas estudem mais o caso e decidam qual rumo tomar.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Irineu diz: 29 de outubro de 2014

    O PT tem que negociar com o veto do PMDB que fez ao projeto do Governo Federal sobre os conselhos comunitários. Negociar neste caso é bom, aprova-se os dois.

  • Adelino Renuncio diz: 30 de outubro de 2014

    Isto é muito, Moacir! Melhor será que neguem,pois, deve ter muito petista precisando de medicamentos, talvez a gente se livre deles…..