Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Procurador Gilberto Callado lança livro hoje

30 de outubro de 2014 2

Corregedor Geral do Ministério Público Estadual, procurador Gilberto Callado, autografa hoje, as 19 h, seu novo livro, intitulado “Hermenêutica e Política do Direito”. Questiona decisões do Supremo Tribunal que o transformam em poder legislador. E sustenta que pelo princípio de “objeção de consciência”, os juízes não são obrigados a cumprir estes acórdãos. O lançamento será na sede do MP-SC, no hall de entrada da Casa do Barão.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Luiz Carlos diz: 30 de outubro de 2014

    No mínimo “inusitado” ouvir que os juízes não devem cumprir determinados acórdãos do Supremo Tribunal Federal…

  • josé diz: 31 de outubro de 2014

    “Inusitado” é a CF estabelecer que o casamento é entre homem e mulher e os Tribunais, imiscuindo-se na função legiferante que não lhes toca, aceitarem esse atentado à vontade soberana do povo. “Inusitado” é a CF proteger a vida humana e as Cortes aprovarem o genocídio intrauterino. “Inusitado” é a CF determinar que os crimes hediondos serão punidos com maior rigor e os Tribunais os tratarem como crimes comuns.