Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Moacir de volta

31 de março de 2015 8

O jornalista Moacir Pereira retorna ao blog nesta terça-feira e às colunas do Diário Catarinense e do Jornal de Santa Catarina na edição de amanhã. Aos leitores, agradeço a colaboração e a paciência e faço no convite para que visitem meu Bloco de Notas.

(Upiara Boschi, interino)

Comentários

comments

Comentários (8)

  • Osvaldo Peixoto diz: 31 de março de 2015

    JOAQUIM LEVY MENTIU PARA VALER PERANTE A COMISSÃO DO SENADO

    Já era esperado. Muita embromação e enganação. Dizer que a mudança do indexador das dívidas dos Estados é inócua para a maior parte dos estados, sem a menor dúvida, é menosprezar a inteligência alheia. Se a mudança é inócua, por que o governo luta tanto para evitar que ocorra? O ministro alegou também que as mudanças no pagamento de seguro-desemprego ajudarão a reduzir a rotatividade no mercado de trabalho. Como pode dizer uma bobagem dessas? Seu despreparo, portanto, é estarrecedor. Nas propostas de Levy, não há corte de custeio, o governo só cortará em investimentos, piorando a crise. Ele diz que se formou em Chicago, mas na verdade segue a teoria do professor francês Pangloss, inspirador da teoria econômica do “laisser faire”, que significa deixar como está. Uma decepção. Deveria voltar logo para o terceiro escalão do Bradesco.

  • Dr. Tatuira diz: 31 de março de 2015

    Volta, Angela Amin!

  • Georgino Melo e Silva diz: 31 de março de 2015

    Eminente Jornalista Upiara Boschi, a sua atuação como substituto do Colunista Moacir Pereira foi um momento alto de nosso jornalismo polítco.
    Parabéns e um forte abraço.

  • João dos Santos diz: 31 de março de 2015

    Imagino que volta com o bolso cheio de pedras para jogar na Dilma e no PT.

  • Henrique Costa diz: 31 de março de 2015

    O que o jornalista sempre tão imparcial, defensor da moral, da lei e dos bons costumes tem a dizer sobre a Operação Zelotes? Não quero saber o que o “Grupo” tem a dizer, mas sim o que um jornalista sério, independente (?) e sempre preocupado com a ética tem a dizer. Acompanho com frequência sua indignação diante dos casos de investigação (!) de corrupção no governo – federal, ressalte-se bem -, e gostaria de saber o que o senhor tem a dizer sobre a Operação Zelotes, por favor. Como bem deve saber, é um caso que envolve mais dinheiro público do que o petrolão, p. ex., razão pela qual ele é digno de atenção daqueles – como o senhor – sempre tão preocupados com o interesse público. Não é mesmo? Em virtude da sua independência, imparcialidade e credibilidade jornalística, certamente o fato do senhor trabalhar na empresa que teria sonegado mais de meio bilhão de reais e praticado corrupção das mais nocivas à República não o impedirá de comentar o caso com o costumeiro decoro e a indignação amiúde exaltada.
    Conto com essa credibilidade (a qual, claro, não tem preço).

    Grande abraço,
    Henrique

  • Costa diz: 31 de março de 2015

    Puxa vida, os petistas mais uma vez procurando erros dos outros para justificar os seus; cobrem, mas assumam a institucionalização do roubo.

  • Irineu diz: 1 de abril de 2015

    Como é que pode existir tucanos tão cara de pau, (Costa). Vem com peito estufado nas telinhas e apontar o dedo para o PT, chamando-o de ladrão. A saber que os tucanos abriram a desvio chamado mensalão (mensalão Tucano com Azeredo, em Minas), abriram o roubo na petrobrás (anos 1990, dito pelo Pedro Barusco). Os caras de pau, com óleo de peroba escurece a cara e por isto não se percebe se as pessoas que mentem ficam vermelhos. Tucanos este é papo de derrotados.

  • Márcio diz: 3 de abril de 2015

    Realmente irineu, você está certo: mentira e vermelho sempre andaram junto.