Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

As calamidades e a necessidade de um Fundo

29 de abril de 2015 2

“BOA NOITE.
CARO JORNALISTA, TODOS LAMENTAMOS OS ESTRAGOS FEITOS NO OESTE PELOS TORNADOS. OS BANCOS VÃO FINANCIAR A RECUPERAÇÃO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO, MAS TODOS TERÃO QUE PAGAR O FINANCIAMENTO. O POVO SOFRIDO VAI TER UMA AJUDA, MAS VAI GASTAR O FGTS E QUALQUER ECONOMIA QUE TIVER. GOSTARIA QUE, COM SUA INFLUÊNCIA, INICIASSE UMA CAMPANHA PARA QUE O NOSSO ESTADO OU MESMO O PAÍS CRIE UM FUNDO PARA SOCORRER TODOS OS QUE SOFREM DESASTRES NATURAIS, COMO ESSE E OUTROS, COMO SECA, ENCHENTE, INCÊNDIOS, ETC…
QUEM SABE NÃO SE PODERIA USAR PARTE DO VALOR DO TAL DIA DESCONTADO DE CADA TRABALHADOR EM BENEFÍCIO DOS SINDICATOS. OUTRA OUTRA MANEIRA QUALQUER, MAS O FUNDO É EXTREMAMENTE NECESSÁRIO.
CORDIAIS SAUDAÇÕES.
PROF. ANTONIO
ITAPEMA.”

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Paulo Ricardo diz: 30 de abril de 2015

    Parabens Prof Antonio por esta grande ideia e lembrança do valor pago ao sindicalismo como fundo para catastrofes naturais…+

  • wagner gonçalves diz: 1 de maio de 2015

    Mas quem vai administrar o fundo?
    Os ratos do governo(PT, PP, PMDB) que roubam centenas de milhões ou as ratazanas da oposição(PSDB) que pedem uma “berbinha”, 10 milhões, para não abrir uma CPI.