Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prefeitos do Planalto Norte cobram melhor infraestrutura para a região

29 de abril de 2015 Comentários desativados

AMPLANORTE DNIT

Sete prefeitos ligados à Associação dos Municípios do Planalto Norte
(Amplanorte) foram recebidos, ontem (28), pelo superintendente do DNIT em Santa Catarina, engenheiro Vissilar Pretto.

Na pauta, a necessidade do órgão federal empreender ações para melhorar
a precária estrutura de transportes – notadamente no modal rodoviário –
que corta a região. Além da duplicação da BR-116, eles insistiram na
necessidade de uma reestruturação completa da BR-280, no trecho que vai
de Jaraguá do Sul até Porto União. Além da construção urgente do
viaduto no entroncamento entre as duas rodovias federais, na altura do
quilômetro 12 da 116, trecho urbano de Mafra. Eles entregaram ofício ao
superintendente, solicitando que estes pleitos sejam incluídos no Plano
de Aceleração do Crescimento (PAC 3) do governo federal. Também pediram a adequação dos acessos  aos municípios de Três Barras, Bela Vista do Toldo, Irineópolis, Travessia Urbana de Canoinhas (marginais, passarelas e viadutos) e contorno da Cidade de Porto União.

Federalização da SC-477 e dívida histórica

Os sete mandatários presentes, além de lideranças empresariais, foram unânimes: o Estado e a União têm uma dívida histórica com o Planalto
Norte que precisa ser resgatada. Um ponto que deixou a comitiva animada
foi a possibilidade de federalização da SC-477, que liga Canoinhas a
Papanduva e também é um gargalo ao desenvolvimento da região.

Pretto foi receptivo aos pleitos, elogiou (a exemplo de Murilo Flores,
secretário de Estado do Planejamento, durante reunião na segunda-feira,
27) a união dos prefeitos, que cumprem extensa agenda de trabalho para
viabilizar o Plano de Desenvolvimento Regional, que engloba ações em
todas as áreas estratégicas para o Planalto Norte sair da estagnação
econômica: Atração de novas empresas, fortalecimento da cadeira
produtiva do leite,  Duplicação da BR-116, a reestruutração da BR-280
entre Jaraguá do Sul e Porto União, instalação de um Campus da
Universidade Federal da Fronteira Sul em Três Barras, fortalecimento dos
Consórcios de Saúde e Infraestrutura, modernização e qualificação das
administrações municipais.

Orçamento

Embora receptivo aos pleitos, Vissilar Pretto sinalizou que 2015 é um
ano de orçamento muito apertado. Acenou para 2016 como um ano em que a situação pode ganhar outros contornos. Ele informou ainda que as
questões que envolvem a BR-280, inclusive a duplicação do trecho
litorâneo, estão sempre na pauta do DNIT catarinense, que incluiu as
obras no Plano Plurianual de 2016-2019 e nos orçamentos anuais da União.

Participaram da reunião os prefeitos de Bela Vista do Toldo, Gilberto
Damaso da Silveira (presidente da Amplanorte), Canoinhas, Luiz Alberto
Rincoski Faria, de Irineópolis, Juliano Pozzi Pereira, de Porto União,
Anizio de Souza, de Mafra, Roberto Agenor Scholze, de Papanduva, Dario
Schicovski e de Três Barras, Elois José Quege.

Comentários

comments

Não é possível comentar.