Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

MPF em Concórdia realiza reunião sobre impactos sociais e ambientais causados pela Usina Hidrelétrica de Itá

30 de junho de 2015 Comentários desativados

O procurador da República Claudio Valentim Cristani participou de uma reunião na última sexta-feira, 26 de junho, no Ministério Público Federal em Concórdia, com representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e moradores afetados pela construção da Usina Hidrelétrica de Itá (UHE Itá). O objetivo foi discutir e buscar soluções para os diversos impactos sociais e ambientais que atingem a região próxima à Usina, a exemplo dos municípios de Itá-SC e Aratiba-RS, no Rio Uruguai, divisa entre os dois estados. Após a reunião, o MPF garantiu que irá colher informações junto ao Ibama, à Tractebel — controladora da UHE Itá — e às prefeituras locais sobre a possibilidade de “viabilização ambiental, econômica e social da região”. Também deverá ser feita uma verificação detalhada para averiguar se o empreendimento respeita o licenciamento ambiental e os projetos básicos ambientais. Depois, uma audiência pública com todos os envolvidos deverá ser convocada para “direcionar providências”, em um plano de desenvolvimento econômico e social da região atingida — principal reivindicação do MAB no encontro.

Comentários

comments

Não é possível comentar.